Não pode ler agora nossa matéria sobre Vídeo de Apresentação? Ouça este conteúdo clicando no player:

Em uma época em que a maioria das pessoas está a (literalmente) um toque de tirar fotos ou gravar qualquer coisa, a tendência vem se expandindo para os recrutamentos. É comum, atualmente, que o candidato se depare com uma etapa de vídeo de apresentação profissional nos mais diversos processos seletivos.

Fique por dentro das melhores oportunidades e dicas de carreira com as nossas Newsletters. Assine!

Há vantagens para os recrutadores – e por isso a tendência é que esse formato seja cada vez mais adotado nas seleções. É mais uma chance de avaliar as habilidades que o candidato alegou ter, ou que são relevantes para a posição em questão. O fato de ser imagem torna tudo ainda mais fácil e claro para quem avalia.

Do lado do candidato, o vídeo pode ser visto como uma chance de expor com mais precisão a sua personalidade. Se o currículo tradicional não oferece “espaço” para descrever traços próprios, por exemplo, gravar uma apresentação é uma oportunidade que possibilita se destacar nesse sentido.

Como gravar o melhor vídeo de apresentação profissional

#1 Aspectos técnicos

Primeiro, separe o equipamento em que irá gravar e o prepare. Pode ser uma câmera, um celular, ou até uma webcam. O importante é que ele seja feito no formato horizontal e gravado durante o dia, para aproveitar a luz natural. Vale, inclusive, gravar perto de uma janela.

Em câmeras ou smartphones, tente estabilizar a imagem utilizando apoios ou tripés. Lembre-se também de verificar (antes!) como está a captação do áudio pelo dispositivo que você escolher usar.

#2 Ambiente

Escolha um lugar silencioso e organizado para gravar sua apresentação. Qualquer barulho exterior pode dificultar a captação do som. Certifique-se de que não haja distrações ao seu redor – tanto para você, quanto para o espectador.

Pitch de elevador: como fazer uma boa apresentação em 60 segundos

#4 Aparência

Vista-se como se você fosse a uma entrevista presencial. Baseado na sua pesquisa sobre a empresa e a vaga, escolha entre uma roupa mais formal ou mais casual. É importante que o traje não fuja do contexto ou se destaque mais do que o conteúdo.

O recrutador vai prestar atenção em todos os detalhes do seu vídeo de apresentação profissional, então demonstre a importância que dá para a oportunidade. Isso pode ser feito por meio de pequenos detalhes que deixem claro o cuidado que teve, tanto com sua aparência, quanto com o ambiente.

#5 Postura

A postura é grande responsável pela imagem que se passa e pode ajudar a demonstrar confiança no que diz. Uma especialista até alega que a postura pode te ajudar a conseguir um emprego. Outra dica: tome cuidado pra não deixar o vídeo relaxado ou descontraído demais. Guie-se pela formalidade exigida pela vaga.

#6 Conteúdo do vídeo de apresentação profissional

Mais um quesito em que é importante passar confiança. Por mais que seja um vídeo curto – a não ser que o regulamento da vaga tenha requisitos, o ideal é entre 1 e 2 minutos -, serve para instigar o recrutador. O objetivo é fazê-lo se interessar pelo seu perfil e te chamar para a próxima etapa!

Por isso, aparecer lendo não é uma boa ideia. Escreva um roteiro simples e objetivo, que resuma bem quem você, ao menos profissionalmente. Leia várias vezes e fale para a câmera com segurança.

Entrevista de emprego: um guia completo para você conseguir qualquer vaga que deseje

Se gravou e o vídeo não ficou bom, não tem problema: grave de novo. Treine o que vai dizer até que consiga passar a mensagem. E de um jeito – pelo menos, aparentemente – espontâneo.

Comece o vídeo se apresentando. Em seguida, fale sobre sua formação acadêmica e experiência profissional. Informe seus objetivos, competências e realizações e ressalte suas qualidades.

Por último, escolha projeto pelo qual tem bastante orgulho. Dê preferência para o que tenha relação com a vaga a que está se candidatando. Descreva-o e comente suas contribuições.

Bônus: aposte numa apresentação PITCH

A técnica do Pitch é utilizada por empreendedores que se apresentam a investidores. No entanto, ele também pode servir para um profissional ou estudante se apresentar, em algumas circunstâncias. É o que acontece nas Conferências Na Prática, onde os jovens têm alguns minutos para “vender seu próprio peixe” para os recrutadores presentes.

Além disso, o cinema também utiliza o pitch com frequência. A ideia é a mesma, de tentar convencer. Porém, em vez de ser sobre um empreendimento, é sobre um produto audiovisual, ou um roteiro.

Pitch X Elevator pitch

O Elevator pitch é uma modalidade de pitch ainda mais rápido, com cerca de dois minutos – e o Na Prática já explicou sobre ele nesta matéria. A palavra “elevator” (elevador, em português) é uma referência ao fato de que de a apresentação é tão veloz, que poderia ser feita em um encontro no elevador.

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!
Casdastro realizado, fique ligado para os conteúdos exclusivos!
Seu cadastro não foi realizado, tente novamente!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: