Um Projeto: Fundação Estudar
Amy Cuddy

Essa técnica de 2 minutos pode te ajudar a conquistar um emprego

Por Redação, do Na Prática

Você já deve ter percebido como o seu estado mental altera a sua linguagem corporal, mas já parou para pensar se o contrário também ocorre? Saiba o que diz a psicóloga Amy Cuddy e como isso afeta suas chances

Por Gabriel Vinholi

De acordo com Amy Cuddy, psicóloga, autora e professora da Harvard University, nossa mente e corpo estão constantemente conversando.

Suas pesquisas, que lhe renderam uma TED Talk viral em 2012, mostram como a linguagem corporal é capaz de mudar nosso comportamento e ter efeitos sobre nossa mente.

Em sua palestra na HSM Expo 2017, ela compartilhou resultados que mostram como a postura pode impactar comportamentos e os resultados de ações.

Uma das pesquisas mostra que bastam dois ou 3 minutos em uma posição corporal de poder, como Cuddy chama, para que uma pessoa triste tenha melhoras significativas em seu humor.

Essas posições de poder nada mais são do que fazer seu corpo parecer o maior possível, adotando uma postura expansiva.

Inscreva-se no curso por e-mail: Life Hacks Para Fazer Seus Dias Renderem Mais

De acordo com a pesquisadora, esse é um comportamento é apresentado por todos os animais quando querem comunicar poder. No caso dos humanos, posturas expansivas são muito características quando conquistamos uma vitória: o sinal característico é a pessoa levantar seus dois braços, mesmo para deficientes visuais que nunca viram o gesto. 

E não é só a postura corporal durante o dia que nos afeta. Outro estudo fazia com que participantes anotassem a posição em que dormiram e seu nível de ansiedade assim que acordassem. Pessoas que dormiam em poses mais expansivas acordavam se sentindo menos ansiosas. Efeitos semelhantes foram percebidos quando as pessoas se espreguiçavam.

Um outro estudo mostrou ainda que pessoas que costumam adotar posturas mais expansivas possuem um sentimento de que elas se movem no tempo, enquanto pessoas com uma postura mais retraída possuem a sensação de que o tempo é que se move sob elas, chegando a alterar a percepção de controle que têm sobre a vida.

Assista à TED Talk de Amy Cuddy:

Leia também: 3 passos para se preparar para uma entrevista de emprego

Como aumentar suas chances de conquistar um emprego

Se sentir menos ansioso, elevar seu nível de humor, ter uma sensação de controle maior… Todos são benefícios que podem ajudar  em situações em que é importante manter a calma e ter confiança, como entrevistas de emprego.

Uma outra pesquisa comentada pela psicóloga comparou pessoas que adotaram poses expansivas antes de uma entrevista e comparou com outras pessoas que não foram aconselhadas a fazer o mesmo.

As pessoas que adotaram a postura recomendada performaram de modo significativamente melhor durante a entrevista. De acordo com Cuddy, o segredo para se sentir confiante é estar presente, pois só assim é possível acessar e expressar seu melhor “eu”.

Um segredo para estar presente é simplesmente adotar as posições de poder durante dois ou 3 minutos antes da sua entrevista ou de uma apresentação importante.

Para colher os benefícios dessas posições, você não precisa levantar os braços para cima na sala de espera da entrevista de emprego: basta sentar com a coluna ereta, ombros para fora, peito estufado e respirar de modo mais profundo.

Inscreva-se no curso por e-mail: O Passo a Passo para Sobreviver aos Processos Seletivos Mais Concorridos

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo