Um Projeto: Fundação Estudar
Homem com o queixo apoiado na mão

8 conselhos para encarar (e superar) uma crise na carreira

Por Suria Barbosa

Muitos fatores podem desencadear uma crise na carreira e, por vezes, a solução é uma transição completa – até de campo. Escritor dá sugestões para sobreviver à adversidade e conseguir reestruturar sua vida profissional.

Muitos fatores podem desencadear uma crise na carreira e, por vezes, a solução é uma transição completa de função, área, ou até de campo de atuação. Pode ser uma insatisfação que se desenvolve, novos interesses que surgem, busca de um novo propósito. Ou, até, fatores externos, como uma demissão.

Não importa a idade, ou a fase profissional: todas as pessoas são suscetíveis a passar situações do tipo, que exigem mudanças na carreira. Para superar a crise, no entanto, é importante ser paciente, ao mesmo tempo em que se toma atitudes visando novos resultados.

Passando exatamente por uma transição de carreira – causada por mudanças na área, transformações no mercado e a própria alteração de foco -, o escritor Tim Denning deu 15 conselhos sobre como encarar esta etapa.

O Na Prática selecionou as suas 8 melhores sugestões para sobreviver à adversidade e conseguir reestruturar sua vida profissional – e, finalmente, se sentir realizado.

Leia mais: Por que a maioria dos brasileiros está insatisfeita com a carreira?

#1 Parar de apontar o dedo

“O momento em que você percebe que é responsável por tudo que acontece na sua carreira é o momento em que tudo muda.”

Para Tim, culpar os outros – a empresa, o chefe, o sistema, etc. – não vai ajudar em nada. A crise, provavelmente, é resultado de decisões próprias que antes faziam sentido.

É importante entender isso porque ninguém pode (e, provavelmente, nem vai) te ajudar; só você consegue mudar as circunstâncias que causam sua insatisfação profissional.

#2 “Abandonar o navio”

Se você estivesse em um navio e percebesse que ele afunda, saberia que o melhor seria abandoná-lo. Esta é a metáfora que o escritor usa para dizer que o melhor a se fazer, assim que tiver certeza que o descontentamento com a carreira é permanente, é correr atrás do que é preciso para mudar.

O processo de mudança de profissão, por si só, demora, e procrastinar só vai atrasá-lo mais.

#3 Resgatar hábitos que davam bons resultados

Lembre dos hábitos que te ajudaram a sair de outras fases difíceis e resgate-os. Em tempos de crise na carreira, eles podem ser bem úteis. Não importa no que eles consistam, seja conversar com quem te dá bons conselhos, obter conhecimentos novos ou definir, aos poucos, outra rotina.

Leia mais: Mudança de carreira: do mercado financeiro ao empreendedorismo em educação

#4 Entender que a crise na carreira também traz oportunidade

Use a crise para alavancar sua carreira em outra direção, que te fará se sentir mais realizado profissionalmente. Tim diz que ela “pode, muitas vezes, ser o disfarce de uma excelente oportunidade”.

Ficar preso nos mesmos hábitos é cômodo. É o momento difícil, desconfortável, que vai exigir novas atitudes e, consequentemente, trazer outros resultados.

#5 Lembrar dos antigos contatos

Em uma crise de carreira, a melhor coisa a se ter são opções e sua rede profissional pode ajudar com isso. Assim que a insatisfação começar a se instalar, é uma boa ligar para seus contatos. Com um tom positivo, explique a situação e envie o seu currículo.

#6 Ser paciente porque os resultados demoram

Leva tempo do momento em que os primeiros sinais da crise surgem até a mudança profissional propriamente dita. Então, ter paciência é chave.

Para o autor, é importante lembrar que “nada que vale a pena, em questão de carreira, vai acontecer da noite para o dia”.

Leia mais: Saiba quais são as carreiras quentes para 2018

#7 Manter hábitos saudáveis

Mantenha seus hábitos saudáveis, se os tiver, e, se não, crie pelo menos alguns. Para superar a crise na carreira, você vai precisar de energia e, mais do que nunca, de saúde.

É a qualidade dos seus hábitos que vai ditar – direta e indiretamente – o quanto você consegue se dedicar às atividades que vão te ajudar a sair do momento difícil.

#8 Persistir na transição

A insatisfação com a carreira pode fazer qualquer um se sentir fracassado, rejeitado e muitos outros sentimentos negativos. Por este motivo, pode parecer que é mais fácil tentar superar – ou, basicamente, esquecer – o descontentamento e continuar na situação.

Mas o comodismo não é uma solução que vai ser tolerável para sempre. A não ser que você viva com a insatisfação – o que, com certeza, não é a melhor opção.

“Seu sucesso final em sua carreira virá a partir desta situação menos que ideal.

Persistir em encontrar seu caminho é o que vai trazer os resultados que você quer – e precisa.

 

Dica do Na Prática:

Faça como mais de 3 mil jovens e construa uma carreira mais alinhada com quem você realmente é. Inscreva-se agora no Autoconhecimento Na Prática com 10% de desconto usando o cupom AUTO-10. É só clicar aqui!

 

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo