Um Projeto: Fundação Estudar
Jack Welch

O legado de Jack Welch, o “gestor do século”

Por Tatyane Mendes

Considerado gestor do século pela revista Fortune, o executivo da General Electric Jack Welch faleceu no primeiro dia de março. Conheça algumas de umas falas mais famosas e lições de carreira para jovens lideranças.

A carreira do executivo Jack Welch é um modelo de inspiração para muitos líderes. Suas habilidades de liderança são tão notáveis que durante sua atuação na presidência da General Electric ele transformou a companhia na maior empresa de capital aberto dos Estados Unidos, aumentando seu valor de mercado em mais de trinta vezes, alcançando o valor de US$ 410 bilhões. Welch faleceu no começo desta semana, aos 84 anos, de insuficiência renal mas deixa importantes lições de carreira.

O legado de Jack Welch

Welch começou a trabalhar com oito anos de idade, como auxiliar de jogadores de golfe, profissionais que andam pelo campo carregando os tacos. Ele continuou na área até os 18 anos. Já na vida adulta, ele se formou em direito e engenharia química, sendo que na última área chegou a conquistar o título de doutor. Em 1960, ele começou a trabalhar na General Electric, empresa que iria revolucionar, como engenheiro químico. Dezenove anos depois, ele assumiu a vice-presidência.

Sobre os primeiros anos na empresa, ele relembrou em uma entrevista sobre uma vez em que explodiu o teto da fábrica. “Fui chamado para Nova York para explicar o que aconteceu para o chefe do chefe do meu chefe. Então, conheci Charlie Reed pela primeira vez. Eu não o conhecia, então não sabia o que esperar. Mas eu esperava ser demitido. Ele me guiou pelo método socrático. ‘Você sabe por que isso aconteceu?’, ‘O que você faria de diferente?’, ‘Porque você fez isso?’, ‘Por que você não fez isso?’ Ele estava me ensinando – e não poderia ter sido mais legal comigo, garante.

Leia também: 6 jeitos de saber se você trabalha em uma empresa realmente boa

Sobre o episódio, Welch conta que aprender a nunca chutar alguém que está mal e que isso mudou sua trajetória. “É muito mais fácil chegar em uma empresa e ver suas fraquezas de baixo para o meio, do que ser trazido como um herói diretamente ao topo e não saber nada sobre a infraestrutura ou sobre as vibrações do local”, observou.

Em 1981, ele assume a presidência da General Electric, onde ficou por 20 anos. Durante sua gestão, a companhia se tornou uma das mais valiosas do mundo. No legado de Jack Welch estão conquistas como ser eleito gestor do século pela Fortune e um dos três líderes empresariais mais admirados do mundo pela Financial Times.

5 fatos sobre seu sucesso como gestor

Referência em processo de gestão, Welch frequentemente dava declarações e palestras sobre conceitos que ajudam as empresas a alcançarem seus objetivos de forma eficaz. Confira alguns momentos de destaque da trajetória do executivo e estratégias de sucesso utilizadas..

 

 

#1 Crescimento financeiro

As ações da General Electric subiram cerca de 4000% enquanto Welch era presidente. O crescimento da multinacional foi tão expressivo enquanto Welch esteve no comando que o valor de mercado da organização foi de US$ 14 bilhões para mais de US$ 400 bilhões.

#2 Mudanças organizacionais

Ainda nos anos 80, quando o conceito ainda não era tão difundido, Welch adotou uma cultura organizacional que chamou de “sem fronteiras”. A proposta era remover a burocracia entre hierarquias e tornar a empresa mais aberta para ouvir ideias de vários setores, dentro e fota da empresa.

#3 Visão de longo prazo e do coletivo

“Quando você se torna um líder, o sucesso tem tudo a ver com o desenvolvimento dos outros”: A declaração é uma das mais famosas do engenheiro e demonstra sua visão de que seu sucesso também é medido pelo desempenho das pessoas que trabalham com ele. Mesmo tendo sido considerado o melhor gestor do século 20, ele afirmou que seu sucesso será determinado por quanto seu sucessor crescer nos próximos 20 anos.

Durante a gestão de Welch, a General Electric foi considerada a maior fomentadora de grandes líderes do mercado americano. Os executivos que faziam parte do quadro de pessoas eram considerados como os os melhores do mundo e o centro de treinamento em gestão da empresa é considerado um dos melhores do mundo.

#4 Liderança participativa

Ao contrário do que era feito na época, o executivo não tentava controlar todas as operações da empresa. Ele adotou métodos de trabalho que contribuíram para o sucesso das operações como construir missões e valores bem definidos, manter a comunicação com todos os níveis hierárquicos, diferenciar profissionais com bom desempenho com promoções e fazer tomadas de decisão inteligentes. Pela sua liderança, ele foi eleito gestor do século pela Fortune e um dos três líderes empresariais mais admirados do mundo pela Financial Times.

#5 Trabalho constante

Mesmo depois de se aposentar, Jack usou suas expertises para prestar consultoria para CEOs da Fortune. Ao lado da esposa Suzy, ele também produziu uma coluna sobre negócios respondendo dúvidas de profissionais.

Para saber mais sobre o “gestor do século”

Quer aprender mais sobre o legado de Jack Welch? Confira esses conteúdos para entender melhor as ideias utilizadas pelo executivo.

9 conselhos profissionais de Jack Welch, um dos melhores gestores do mundo

Em um longo bate-papo na HSM Expo 2017, um evento em São Paulo, Jack utilizou seu meio século de experiência profissional para compartilhar conselhos úteis para gestores, empreendedores, líderes e jovens que estão num momento de decisão de carreira. “Trabalhe incansavelmente para mostrar onde está indo, como chegar lá e qual o benefício para os funcionários. Aí sim você terá um efeito de bola de neve, que cresce e cresce, e uma relação de confiança e verdade”, é um de seus conselhos.

5 momentos decisivos na carreira de alguns dos maiores CEOs do mundo

Em uma participação no podcast Freakonomic, Welch relembra o episódio de quando explodiu o teto da fábrica e como a forma com que a situação foi lidada moldou seu estilo de liderança e trabalho.

Os primeiros empregos inusitados de 5 executivos poderosos

Apesar de ter chegado ao topo do mundo, Welch começou em uma posição bem mais humilde, como citado anteriormente. Junto a outros líderes, ele relembra a experiência e a importância para o seu desenvolvimento.  “Ser caddie foi o melhor aprendizado que já tive. Presenciei cada aspecto do comportamento humano”, revelou.

5 livros para desenvolver (e melhorar) habilidades de liderança

Entre muitos feitos, o legado de Jack Welch também inclui publicações sobre liderança e gestão empresarial. Sua obra mais popular é o livro “Paixão por Vencer”, no qual ele detalha os princípios que utilizou para fazer da General Electric a potência comercial que ela se tornou.

Jack Welch no podcast Freakonomics

Por fim, o episódio série “The Secret Life of C.E.O.s”, do podcast Freakonomics com ex-CEO traz insights e segredos sobre o mundo corporativo e suas estratégias de sucesso.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo