Um Projeto: Fundação Estudar
À procura da felicidade é um dos filmes sobre carreira da seleção do Na Prática

6 filmes com lições valiosas de carreira

Por Suria Barbosa

Dá para aproveitar momentos de lazer para se desenvolver. No caso, se preparar para as mais diversas circunstâncias profissionais. Confira a seleção do Na Prática de filmes com lições valiosas sobre o mercado, carreira, desenvolvimento e comportamento.

Na hora de escolher um filme, é possível aliar o lazer com aprendizado. Por isso, o Na Prática selecionou seis filmes sobre carreira, que trazem algumas lições valiosas sobre o mercado de trabalho, comportamento e desenvolvimento. Imperdíveis para quem quer se preparar bem para qualquer tipo de circunstância profissional. Confira!

6 filmes sobre carreira

Jerry Maguire, a Grande Virada (1996)

Filme Jerry Maguire
Jerry Maguire, a Grande Virada / Reprodução

 

A premissa do filme Jerry Maguire, a Grande Virada é simples: Maguire (o personagem dá nome ao filme) é um agente esportivo arrogante, que não se importa com a forma com que trata os outros, contanto que consiga o que quer.

Depois de um colapso, ele decide adotar um novo tipo de comportamento, contrário. De início, a sua “boa vontade” não traz resultados positivos, já que ele é demitido por conta dela.

No fim das contas, depois de diversas dificuldades seguintes – inclusive, para conseguir novos clientes -, ser uma pessoa melhor não o tornou pior no que ele faz. A trajetória de Maguire demonstra um fato: agir de forma egoísta e arrogante não são requisitos para crescer profissionalmente, dá para obter sucesso e também ser uma pessoa boa.


Um Senhor Estagiário
 (2015)

filme Um Senhor Estagiário
Um Senhor Estagiário / Reprodução

 

O filme mais recente da lista, Um Senhor Estagiário traz Ben, um senhor de setenta anos, viúvo, que consegue um estágio em uma startup de moda, para trabalhar com a fundadora, Jules. Com dificuldades de lidar com as muitas responsabilidades operacionais (e ter equilíbrio entre a vida profissional e pessoal), ela encontra em Ben um apoio.

Além de mostrar como não há idade para começar uma carreira, o filme traz diversas lições sobre o mundo profissional. Entre elas, reforça o fato de que não é possível fazer tudo. Saber delegar e se apoiar em seu time é tão importante quanto ser eficiente – e uma habilidade indispensável para os líderes.

Um Senhor Estagiário também traz temas como mentoria e coaching – mais especificamente, a diferença entre os dois – e reforça o fato de que “importante” não é o mesmo que “urgente”, e vice-versa (um fato frequentemente esquecido no cotidiano profissional).


Julie & Julia 
(2009)

Julia & Julia
Julie & Julia / Reprodução

 

Julie & Julia traz a história de uma mudança drástica de carreira. Julie, uma funcionária de call center, infeliz em sua profissão, encontra felicidade e conforto ao cozinhar depois do trabalho.

Aos 30 anos e bastante frustrada com sua vida profissional, ela decide passar um ano cozinhando as 524 receitas do livro de Julia Child, Para acompanhar seu progresso, ela cria um blog onde relata sua trajetória.

Mudar de carreira é algo possível, não importa em que ponto se está. Julie & Julia mostra isso, mas também que a verdadeira vocação pode estar em um hobby, na atividade que realmente lhe dá prazer em fazer. Há formas de juntar o que se gosta com o trabalho, e isso é uma das formas de garantir uma carreira alinhada à sua identidade.


Jiro Dreams of Sushi
(2011)

Jiro Dreams of Sushi
Jiro Dreams of Sushi / Reprodução

 

Ter um foco de carreira dá certas vantagens, e uma delas é o fato de que você pode direcionar seus esforços para um desenvolvimento mais acelerado e aplicado. É o caso de Jiro Ono, cuja história é retratada no documentário Jiro Dreams of Sushi.

Com um objetivo claro, ele direcionou suas ações e, não só abriu seu próprio restaurante, mas fez ele ser um sucesso. De público e de crítica: o Sukiyabashi Jiro possui três estrelas Michelin, guia que condecora os melhores estabelecimentos.

Ao longo do filme, o espectador acompanha sua rotina e tem a chance de presenciar suas habilidades, atenção a detalhes, foco e dedicação, que fazem do sushi man e empreendedor um grande profissional.

Leia também: 10 podcasts para impulsionar sua carreira


À Procura da Felicidade
(2006)

filme À Procura da Felicidade
À Procura da Felicidade / Reprodução

 

O quinto indicado na lista de filmes sobre carreira, À Procura da Felicidade é baseado em uma história real. Nele, Chris Gardner, um vendedor, se encontra em apuros depois de uma série de dificuldades. Uma delas, o fato de que há baixíssima procura pelo produto que ele vende, um “escaneador de ossos”, que é um pouco melhor do que as máquinas de raio-x, mas muito mais caro.

Com uma série de problemas financeiros – e responsabilidades crescentes – Gardner decide se dedicar a uma carreira nova (e não relacionada). Enquanto ele busca se desenvolver e aprender tudo o que precisa sobre a nova profissão, as dificuldades continuam a aumentar.

Mesmo assim, o vendedor não desiste de trabalhar duro na transição, e acaba vendo frutos do seu trabalho duro. Um exemplo claro da importância de se ter resiliência mesmo quando as circunstâncias são totalmente desfavoráveis.


Uma Manhã Gloriosa
(2010)

filme Morning Glory
Uma Manhã Gloriosa / Reprodução

 

Becky Fuller, uma produtora de televisão é contratada para tentar salvar a audiência de um programa matutino. Para complicar, ela está rodeada de pessoas que fazem sua missão se tornar mais difícil. Aliás, desde o início, a produtora não recebe muito apoio e motivação externos.

Depois de ser demitida de seu antigo emprego, no início do filme, sua mãe lhe diz: “Quando você tinha oito anos, era adorável. Quando tinha dezoito, era inspirador. Aos 28, é oficialmente vergonhoso. Eu só quero que a gente pare antes de começar a ser desolador.”

A esse e aos outros momentos de desencorajamento, ela responde com resiliência e tenacidade. Apesar de ser muito benéfico ter um grupo de suporte e colegas que o ajudam em seu objetivo, também é possível agir (e chegar mais perto do que deseja) do contrário.

 

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo