Um Projeto: Fundação Estudar
dica para currículo para se destacar nos processos seletivos

Quer se destacar nos processos seletivos? Faça isto no seu currículo!

Por EXAME.com

Confira o primeiro vídeo da websérie “Processos Seletivos”, uma parceria entre Na Prática e EXAME idealizada para ajudar quem procura emprego. O assunto? Currículos. Neste episódio, dicas essenciais para qualquer candidato.

Aberta a temporada de seleções de trainees e estágio, milhares de profissionais, sobretudo em começo de carreira, estão em uma verdadeira maratona de disputa de vagas.

Pensando nisso, EXAME em parceria com o Na Prática, portal da Fundação Estudar, lançam hoje uma série em vídeos com dicas para quem quer mandar bem e se destacar nos processos seletivos.

Toda sexta-feira um novo vídeo será publicado no canal Na Prática. O primeiro episódio da websérie é sobre a fase inicial da busca de emprego: a elaboração ou atualização do currículo.

Felippe Caso, da equipe do Na Prática, explica que o currículo tem o poder de destacar um profissional ou de descartá-lo logo de cara durante a etapa de triagem.

Mas não é colocando cores, fotos ou escolhendo formatos inusitados, que o candidato garante que o seu currículo vai se destacar da multidão. Para a maior parte das empresas, o formato tradicional do documento é o mais bem aceito. “A melhor forma de fazer um currículo inovador com um formato tradicional é não desperdiçar espaço com coisas óbvias”, diz Caso.

Leia também: O que o recrutador avalia com suas respostas sem você saber

Isso quer dizer que se você trabalhou no departamento financeiro de uma empresa ou em banco não precisa mencionar experiência em pagamento de contas, por exemplo. Use o espaço para apresentar números e resultados que ajudem a quantificar o seu desempenho na função e destacar projetos em que a sua participação foi essencial.

E que não tem experiência profissional? Fellipe Caso também tem dicas para quem está tentando estrear no mercado de trabalho. “Deve focar outras experiências obtidas ao longo da faculdade ou em trabalho voluntário, algo que tenha feito e que consiga agregar para sua experiência”, diz.

 

Esta matéria foi originalmente publicada em Exame.com.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo