Um Projeto: Fundação Estudar
dinâmica de grupo

Tome cuidado com este erro comum na hora da dinâmica de grupo

Por EXAME.com

No terceiro episódio da websérie do Na Prática em parceria com a EXAME, confira as melhores recomendações para o momento da dinâmica de grupo, atividade tão frequente nos processos seletivos atuais.

No primeiro vídeo da série, Felippe Caso, do Na Prática, explicou como o currículo tem a possibilidade de destacar um profissional em meio a milhares de perfis semelhantes ou pode fazer com que essa mesma pessoa seja descartada do processo ainda na etapa de triagem. No segundo vídeo, as dicas são para quem vai fazer testes online de inglês e/ou de lógica.

A dinâmica de grupo é uma fase mais comum nos processos de estágio e trainee e serve para avaliar o comportamento dos candidatos e seu fit cultural com a empresa.

Os recrutadores ainda não estão avaliando a inteligência ou habilidade nesse momento, então é preciso ficar atento para não se mostrar competitivo demais. “Tome cuidado também para não tentar mostrar serviço e acabar cortando outros candidatos, isso pode parecer um pouco arrogante”, explica Felippe Caso.

Leia também: 5 dicas que vão te fazer trabalhar melhor em equipe

O que acontece na dinâmica é uma proposta de cases reais do negócio para avaliar seu senso individual de resolução de problemas e o trabalho junto com um grupo. O formato da fase pode variar bastante, sendo comum o painel e jogos. “Pode ser algo tão simples como montar uma peça de Lego, mas a ideia muitas vezes é te tirar da zona de conforto e ver como você reage a uma situação inesperada”, diz Felippe.

A dica é chegar na dinâmica com a cabeça aberta e a disposição para desenvolver seu lado criativo.

E confira o terceiro episódio completo com todas as recomendações:

 

Esta matéria foi originalmente publicada em Exame.com.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo