Um Projeto: Fundação Estudar
CEO do Evernote

4 regras do CEO do Evernote para ser produtivo todos os dias

Por Suria Barbosa

Evernote é um dos aplicativos mais populares para organização pessoal. Por isso, pode-se dizer que seu CEO, Chris O’Neill, conhece uma coisa ou outra sobre produtividade. Confira quatro regras que ele aplica para se manter produtivo durante a semana.

Como CEO do Evernote, um dos aplicativos de organização pessoal mais conhecidos do mundo, Chris O’Neill considera que é seu trabalho ajudar os outros a controlar excesso de informação e gerenciar o tempo. De fato, só com certa expertise no assunto conseguiria lidar com os nove calendários do Google que administra e suas mais de 10 mil notas no Evernote.

Em um texto publicado no site Fast Company, Chris explica como se organiza e se mantém produtivo – com e sem o Evernote.

#1 Atribuir um tema para cada dia da semana

Sua primeira regra é atribuir um tema para se focar em cada dia da semana. As segundas-feiras de Chris são dedicadas a lidar com os negócios do Evernote. Isso envolve reuniões semanais de liderança e conversas particulares com os membros do time para resolver problemas e discutir ideias de como inovar ou desenvolver ainda mais a companhia.

As terças-feiras são destinadas para reuniões com toda a empresa, inclusive escritórios de outras partes do mundo. Esta reunião tem objetivo de celebrar os funcionários e garantir que todos estejam na mesma página quando se trata de sua estratégia e missão a longo prazo, explica o CEO do Evernote.

Leia mais: Truques de produtividade de 6 CEOs brasileiros

Nas quartas-feiras, ele cuida das questões de marketing. “Somos sortudos porque a maior parte do crescimento do Evernote é orgânica e acontece a partir do boca a boca”, diz. Então, nas quartas, a equipe planeja como utilizar o feedback dos usuários para criar novas medidas.

Produto e recrutamento são os temas das quintas-feiras. Nestes dias, Chris analisa a fundo os produtos e o progresso da empresa. Além disso, participa dos processos de recrutamento, encontrando candidatos e se reunindo com o setor de recursos humanos.

Por último, suas sextas-feiras são dedicadas para todas as tarefas que não conseguiu cumprir durante os outros dias. O dia também é utilizado por Chris para refletir e se preparar para a semana seguinte.

“Claro, eu sei que haverá momentos em que eu sairei do trajeto – isso está fadado a acontecer. Mas organizar minha semana tematicamente pelo menos me dá um plano para seguir.”

#2 Planejar e priorizar (com ajuda de calendários)

Chris conta com nove calendários do Google – integrados ao Evernote -, um para cada aspecto de sua vida: alguns são para trabalho, outros para viagens, obrigações pessoais e até o cronograma dos seus filhos.

Embora não seja regra ter tantos calendários quanto o CEO do Evernote, eles cumprem uma função importante: ajudam a visualizar metas, priorizar tarefas e garantir tempo suficiente para todas as atividades do dia a dia.

#3 Não deixar os e-mails ditarem o dia

“Já foi dito que a caixa de entrada do seu e-mail é a lista de tarefas que outras pessoas escrevem para você, acho que isso realmente é verdade.”

Uma das regras de Chris é tentar evitar olhar seu e-mail pela manhã. Em vez disso, a primeira coisa que ele faz é consultar sua lista de tarefas que escreve na noite anterior. Essa lista contém suas três prioridades para o dia, em ordem de importância. Assim que começa a trabalhar, tenta resolver o problema mais difícil, que requer mais energia e criatividade.

Para checar seu e-mail, o que faz apenas duas vezes por dia, utiliza o método de gestão de tempo Getting Things Done. Além disso, ele programa filtros automáticos que arquivam os e-mails nas pastas certas, para organizar sua visualização.

Leia mais: Phil Libin, cofundador do Evernote, traz lições para startups direto do Vale do Silício

Duas regras que o CEO utiliza para lidar com seus e-mails:

  • Se leva dois minutos ou menos para resolver, ele o faz imediatamente.
  • Quando demora mais que dois minutos, encaminha a alguém do seu time ou envia para seu Evernote para resolver mais tarde.

#4 Realizar o mínimo de reuniões possível

Chris acabou com as reuniões de atualização programadas que costumavam ser realizadas a cada duas semanas na empresa. Atualmente, atribui o limite de oito pessoas por reunião e deixa claro que sem uma ordem do dia sobre o assunto e objetivo, não comparece.

“Acredito que não existe uma pessoa inerentemente produtiva ou improdutiva – há apenas métodos que melhoram a qualidade do seu trabalho ou não. A chave é encontrar a combinação certa para você”, aconselha, por fim, o CEO do Evernote.

 

Dica do Na Prática:

Conhecer de perto as etapas de um processo seletivo e entender como acontece cada uma delas aumenta as suas chances de contratação. Se você ainda não se sente 100% confiante, não se preocupe, a Fundação Estudar reuniu as maiores referências no assunto em um curso online para te ajudar neste desafio. Inscreva-se agora pagando somente R$ 39 com o cupom PROCSEL_20 clicando aqui.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo