“Por que você quer trabalhar aqui?” é a pergunta e tema do terceiro vídeo da série Entrevista Na Prática. Para quem ainda não conhece, trata-se de série de vídeos do canal Na Prática no Youtube em que desmistificamos as principais perguntas dos processos seletivos.

Leia também: Entrevista de emprego: guia completo para você conquistar a vaga dos seus sonhos

Com apresentação de Patrícia Aguiar, gerente de Gente & Gestão da Fundação Estudar – organização da qual o canal e portal Na Prática é uma das iniciativas –, a série tem objetivo de te ajudar a entender que tipo de informação o entrevistador busca em cada uma das questões que ele faz ao candidato.

Afinal, por que você quer trabalhar aqui? 

O que o recrutador quer saber?

Pode não parecer, mas essa é uma questão muito importante para o recrutador. Ele quer saber o quanto você pode agregar àquela empresa e se está entrando por motivos que condizem com o que a empresa procura.

Na realidade, um fator que vem sendo cada vez mais avaliado é o match entre candidato e instituição, conhecido como fit cultural. Na prática, isso é: o quanto seu perfil profissional combina com a cultura da organização, que é, basicamente, o conjunto de comportamentos valorizados e incentivados.

Atualmente, recrutadores reparam bastante se os seus valores e propósitos combinam com os da empresa. Por isso, é ideal pesquisar antes e ir para a entrevista afiado, com todas as informações que você pode precisar na ponta da língua.

Leia também: Como (e por que) se preparar para os processos seletivos

A resposta

Evite trazer só os pontos de salários e benefícios, porque a maior parte das empresas hoje não considera estes motivos fortes o bastante para te fazerem ficar e construir uma carreira sólida. Em vez disso, em sua resposta, foque em pontos como:

  • o que você vê de diferente na organização
  • o quanto você se identifica com o objetivo da organização
  • o quanto quer crescer com a organização

Se você não quer colaborar para o desenvolvimento da empresa ou não se vê trabalhando ali daqui a alguns anos, se puder, repense o quanto a oportunidade, de fato, compensa para sua carreira a longo prazo.

Falar sobre evolução na carreira e desejo de enfrentar novos desafios também são ótimas respostas. Você vê que a empresa está crescendo e acha que é uma boa oportunidade de evoluir, aprendendo com essa expansão? Ou a organização é tão sólida que te daria as bases fundamentais para se tornar um profissional experiente?

Confira os episódios anteriores da série Entrevista Na Prática

#1 O que o recrutador avalia com suas respostas?

Em uma entrevista de emprego, o que se fala e como se fala importam ainda mais do que parece. Isso porque até as perguntas mais simples têm objetivos implícitos de conhecer melhor alguns aspectos do perfil profissional do candidato. Afinal, que tipo de informação dá para captar com suas respostas? E o que o recrutador avalia sem você saber?

#2 Quais são seus hobbies?

Há diversas formas de fazer essa pergunta, mas de forma geral ela é muito comum durante um processo seletivo. Essa pergunta interessa na medida em que pode ajudar a compor seu perfil para o recrutador. Na realidade, mostra muito sobre seus interesses e comportamento, busca por atividades enriquecedoras (ou não).

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!
Casdastro realizado, fique ligado para os conteúdos exclusivos!
Seu cadastro não foi realizado, tente novamente!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: