Um Projeto: Fundação Estudar
por que negociar salário

Por que negociar salário? Entenda o que os contratantes acham da iniciativa (e como levar a negociação)

Por Suria Barbosa

O último episódio da websérie sobre processos seletivos, resultado de parceria do Na Prática com a EXAME, explica por que negociar salário é tão importante. Entenda o que é indispensável para uma boa negociação.

A websérie “Processos Seletivos”, uma realização do Na Prática em parceria com a EXAME, já trouxe três episódios com dicas sobre as diversas fases dos recrutamentos. No primeiro, Felippe Caso, do Na Prática, abordou o currículo – como o candidato pode fazer para se destacar já nessa etapa.

Os testes onlines mais comuns das seleções foram o tema do segundo vídeo. No terceiro, recomendações sobre as dinâmicas de grupo, que servem para avaliar o comportamento dos candidatos e seu fit cultural com a empresa.

No último episódio, Felippe discute a negociação que se dá entre o profissional e o contratante – confira:

Por que negociar salário (e como?)

As empresas veem com bons olhos os candidatos que negociam, afirma Felippe. “Se você negocia, demonstra competência e seriedade e também mostra que tem outras opções, além daquela, para escolher.”

Porém, não há problema em não ter, realmente, uma segunda oferta. No vídeo, Felippe dá ideias de como levar a negociação se você só está participando de uma seleção.

De qualquer forma, um dos pontos que não se pode esquecer nessa etapa, no entanto, é ter “tudo por escrito”. Assim, pode rever suas anotações para avaliar melhor a oportunidade – e elimina a dependência da memória para refletir.

Dar motivos para a negociação é uma das últimas – e mais importantes – dicas. “Assim, você não parece ganancioso”, explica Felippe.

E, se a etapa não correr como esperado, por exemplo porque a empresa não é flexível quanto ao salário, o candidato pode recorrer a outros aspectos para melhorar as condições da oportunidade. Veja todas as dicas no vídeo!

Você sabe como se preparar para todas as etapas de uma seleção? Descubra com o Processos Seletivos Na Prática

 

 

 

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo