Um Projeto: Fundação Estudar
livros de negócios

15 livros de negócios que todo profissional precisa conhecer!

Por Tatyane Mendes

Para celebrar o Dia Nacional do Livro, o Na Prática separou uma lista com 15 livros de negócios mais influentes da área para te ajudar no seu desenvolvimento profissional. Confira a seleção!

Em 29 de outubro é celebrado o Dia Nacional do Livro. A data foi escolhida para comemorar o dia em que foi fundada a Biblioteca Nacional do Brasil. Para os amantes da leitura, o Na Prática separou uma lista com 15 livros de negócios que estão entre os mais influentes sobre o tema, a partir de rankings do Business Insider e do The Ladders. A seleção se baseia naquele com dicas voltadas para o desenvolvimento profissional e ferramentas relevantes para a carreira.

15 livros de negócios que você precisa conhecer

Considerado um dos homens mais ricos do mundo e referência no mundo dos negócios, Warren Buffett afirma que ler 500 páginas por dia é a chave para o sucesso. Outros profissionais de sucesso como Bill Gates e Mark Zuckerberg também são grandes incentivadores da leitura, e inclusive indicam alguns dos livros de negócios listados abaixo. Confira a lista dos favoritos dos empreendedores e profissionais de destaque:

#1 “Aventuras empresariais”, de John Brooks

O livro de negócios favorito de Bill Gates e Warren Buffett, “Aventuras Empresariais” é uma coletânea de 12 artigos sobre Wall Street publicados por John Brooks na revista New Yorker. Não é uma obra recente – a publicação é de 1969 –, mas as lições se mantêm relevantes. De acordo com Gates, o material é um ótimo lembrete de que as regras para comandar uma empresa forte e criar valor não mudaram e que as empresas precisam das pessoas certas para liderar empresas e implementar projetos relevantes.

#2 “O Dilema da inovação”, de Clayton Christensen

Professor da Harvard Business School conhecido por seus estudos sobre inovação, Clayton Christensen aborda na obra a teoria da inovação disruptiva. O livro parte do princípio de que fazer a coisa certa é o que leva as empresas ao fracasso. O material esclarece qual é o papel da inovação nas empresas, como os empreendedores podem evitar o fracasso e o impacto das mudanças tecnológicas no mercado.

#3 “O poder de pensar fora da caixa”, de William N. Thorndike

Analisando o desempenho de grandes empresas bem-sucedidas, a obra apresenta a sabedoria analítica por trás de uma carreira de sucesso em investimentos. O autor apresenta métodos e competências pessoais que contribuíram para que grandes líderes conseguissem resultados extraordinários, a partir de pesquisas e experiências com profissionais do mercado. Além disso, o livro de negócios apresenta um modelo de liderança alternativo para o sucesso.

#4 “Factfulness”, de Hans Rosling, Anna Rosling Rönnlund e Ola Rosling

Sobre a premissa de que opiniões devem ser baseadas em fatos, o livro desconstrói mitos com informações e estatísticas. Os autores apontam que é comum que as pessoas respondam erroneamente perguntas sobre tendências globais por estarem preocupadas com muitas coisas ao mesmo tempo. Eles defendem que é preciso se concentrar nas verdadeiras ameaças e se informar sobre o assunto. O livro ainda traz um questionário para testar conhecimentos sobre o mundo.

#5 “A estratégia do oceano azul”, de W. Chan Kim e Renée Mauborgne

O livro apresenta o conceito de “oceano azul” que diz que a melhor forma de superar a concorrência é parar de tentar superá-la. Ou seja, buscar mercados ainda não explorados. Na metáfora marítima, o oceano azul é um local em que se pode nadar livremente enquanto os mercados já saturados são o “oceano vermelho” em decorrência do sangue derramado nas batalhas entre os concorrentes. É o resultado de 10 anos de pesquisas dos autores em 150 empresas de 30 setores diferentes.

#6 “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”, de Dale Carnegie

Um dos grandes clássicos dos livros de negócios que fala de networking e persuasão. Desde que foi lançado, em 1936, o livro já vendeu mais de 15 milhões de cópias. Nele, Carnegie busca fornecer, de maneira bem direta, técnicas e métodos para lidar, agradar e influenciar pessoas. É um dos livros mais populares entre investidores de startups, os venture capitalists, por exemplo.

#7 “Quando os Gênios Falham”, de Roger Lowenstein

O livro conta a trajetória da gestora de recursos Long-Term Capital Management (LTCM), que era considerada um dos maiores fundos de cobertura da história nos anos 90. Poucos anos depois, a empresa se tornou sinônimo de fracasso depois de grandes perdas financeiras. A história de ascensão e queda da companhia mostra como mesmo uma empresa que tinha dois prêmios Nobel de Economia e profissionais de elite se tornou refém da cultura que estava inserida.

#8 “Comece pelo porquê”, de Simon Sinek

Palestrante motivacional, Simon Sinek defende que líderes inspiram as pessoas a agir quando conseguem implementar um forte senso de propósito em favor de uma causa expressiva. Essa causa seria o porquê das empresas existirem. O autor aponta que os profissionais só de dedicam a um trabalho se souberem qual é o propósito que existe por trás dele. Com isso em mente, ele aponta insights sobre as atitudes e estratégias adotadas por pessoas influentes para inspirar e motivar equipes.

#9 “Inteligência Emocional”, de Daniel Goleman

A inteligência emocional contribui com 80% do sucesso que conquistamos ao longo da vida. Essa é a premissa do grande best-seller “Inteligência Emocional”, escrito pelo renomado psicólogo e jornalista Daniel Goleman. Segundo o autor, o crescimento pessoal e profissional do ser humano é condicionado ao desenvolvimento da inteligência emocional, pois ela determina a consciência de si mesmo. Dessa forma, Goleman explica em sua obra o que é essa habilidade de percepção das emoções, e ensina como aplicá-la no dia a dia para evitar o estresse emocional, superar traumas vividos e tomar decisões assertivas.

Livro inteligência emocional, de Daniel Goleman

#10 “Faça acontecer”, de Sheryl Sandberg

“Faça Acontecer” é um livro de negócios sobre os desafios que as mulheres enfrentam para progredir em suas carreiras e a experiência pessoal da autora nessa trajetória. Foi escrito por Sheryl Sandberg, atual COO do Facebook, ex-vice-presidente de operações do Google e uma das dez mulheres mais poderosas do mundo segundo ranking da revista Forbes. A autora questiona as razões por trás das desigualdades entre homens e mulheres no mercado de trabalho e propõe soluções práticas para que as mulheres conquistem espaço e se destaquem.

#11 “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, de Stephen R. Covey

Um dos grandes clássicos sobre desenvolvimento pessoal e negócios, o livro de Stephen Covey é uma leitura quase obrigatória para profissionais que queiram ser produtivos e gerar bons resultados. Não à toa, a publicação resume mais de duzentos anos de materiais publicados sobre sucesso profissional e tenta extrair os grandes segredos por trás das conquistas de pessoas renomadas e elementos que ajudam profissionais a se tornarem pessoas altamente eficazes. Confira quais são os sete hábitos das pessoas altamente eficazes!

#12 “A coragem de ser imperfeito”, de Brené Brown

A inteligência emocional e o autoconhecimento podem ser aliados no processo de aceitação da vulnerabilidade, e é sobre isso que trata o livro “A Coragem de Ser Imperfeito”, escrito pela professora e pesquisadora Brené Brown. Nesta obra, a autora define o conceito de vulnerabilidade, e desconstrói a ideia dela estar associada à escassez e insatisfação, expondo argumentos sólidos para encorajar seus leitores a aceitarem quem são e seguirem em frente na jornada imperfeita da vida.

#13 “A startup enxuta”, de Eric Ries

No topo da lista de livros de negócios mais vendidos da Amazon, a obra de Eric Ries, empreendedor do Vale do Silício, desenvolve uma metodologia de gestão para startups que se tornou reconhecida mundialmente. O livro explica em detalhes como esse método funciona e como aplicá-lo utilizando cases que vão da Toyota ao Dropbox. Apesar do título, as ideias valem não só para startups mas para todo tipo de novidade, seja um pequeno negócio ou uma iniciativa dentro de uma grande empresa.

#14 “A terceira medida do sucesso”, de Arianna Huffington

Considerada uma das pessoas mais influentes do mundo pela revista Time, Arianna Huffington traz reflexões sobre qual é o real significado do sucesso. Ela observa como o atual modelo está adoecendo profissionais e propõe que um novo parâmetro seja implementado, levando em conta a saúde e bem-estar das pessoas. Além disso, com base em pesquisas científicas, ela ressalta o perigo relacionado à estresse no ambiente de trabalho, rotinas aceleradas e o uso excessivo de redes sociais,

#15 “A lógica do cisne negro”, de Nassim Nicholas Taleb

Um dos livros de negócios menos convencionais, em “A Lógica do Cisne Negro“, o autor defende que o mundo está sujeito ao acaso e acontecimentos inesperados, o que chama de Cisne Negro. Usando como base teorias das áreas de probabilidade, negócios e ciências cognitivas, Taleb ensina como lidar com essas situações e tirar proveito delas.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo