“Como fazer amigos e influenciar pessoas”: 4 aprendizados do livro

0
12
livro Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

O clássico “Como fazer amigos e influenciar pessoas” foi escrito por Dale Carnegie há mais de 80 anos e ainda continua figurando entre os livros mais lidos do mundo. 

Publicado pela primeira vez na década de 1930, milhões de cópias já foram vendidas e os seus ensinamentos parecem estar mais atuais do que nunca. 

Segundo o próprio autor, o livro exige máxima atenção e deve ser lido por várias vezes. Ele também aconselha que você mantenha um lápis por perto durante a leitura, para fazer anotações e realmente estudar cada capítulo.

 

 

Assim, será possível aprender lições valiosas sobre como aplicar estratégias de comunicação para conseguir melhorar as suas relações interpessoais e crescer profissionalmente. 

O livro é dividido em 4 partes principais e, a partir de cada uma delas, separamos alguns aprendizados valiosos para você.

4 aprendizados de “Como fazer amigos e influenciar pessoas”

#1 Técnicas fundamentais para lidar com pessoas

Durante todo o livro, Dale Carnegie destaca a importância da empatia nos nossos relacionamentos. 

Muitas das práticas sugeridas buscam mostrar a relevância de se colocar no lugar do outro, com o objetivo de compreender diferentes formas de pensar.

Com isso, passamos a entender o racional por trás das opiniões e argumentos utilizados por outras pessoas.

Entre as técnicas mencionadas pelo autor na hora de conseguir criar bons relacionamentos, as principais são:

  • Não criticar ninguém diretamente e de maneira rude;
  • Fazer elogios sinceros, quando puder;
  • Buscar entender o objetivo das pessoas antes de tentar convencê-las de algo.

#2 Como fazer com que gostem de você

Se você quer ser uma pessoa querida, o mais importante é criar conexões genuínas.

Com foco neste objetivo, o autor lista uma série de comportamentos que podem te ajudar. São eles:  

  • Mostrar real interesse pela vida das pessoas com as quais você se relaciona;
  • Sorrir;
  • Saber (e usar) o nome das pessoas;
  • Encorajar as pessoas a falarem sobre elas ao invés de sair falando sobre você;
  • Entender quais são os maiores interesses da outra pessoa e buscar maneiras de interagir dentro disso; 
  • Fazer com que todos ao seu redor se sintam importantes e únicos.

#3 Como convencer pessoas 

Você sabia que existem estratégias certas para conseguir persuadir outras pessoas a concordarem com o seu ponto de vista?

Por vezes, queremos que nossas ideias sejam aceitas a qualquer custo e o que encontramos, é ainda mais resistência. 

Para evitar que isso aconteça, algumas dicas de Dale são: 

  • Aprenda que você dificilmente vai convencer ninguém durante uma discussão. Tente ver os pontos de conciliação e exponha as suas ideias de maneira educada. Mesmo assim, não espere uma mudança de ponto de vista do seu “oponente” naquele momento;
  • Nunca diga diretamente que a outra pessoa está errada. Isso só serve para deixá-la na defensiva;
  • Se você errou, admita! E sempre comece qualquer conversa sendo amigável e elogiando a outra pessoa (caso tenha algo verdadeiro a dizer).

Leia também: 15 livros de negócios que todo profissional precisa conhecer

  • Divida seus argumentos em pequenas partes e preste atenção para começar com perguntas e afirmações que você sabe que crenças gerais;
  • Deixe todos falarem sobre as suas ideias;
  • Busque ver a situação sobre outros pontos de vista, levando em consideração diferentes  ideias, sentimentos e objetivos.
  • Nunca use o que você quer ou deseja como argumento principal. Tente colocar em primeiro plano um motivo mais forte, como a visão do cliente ou um objetivo em comum para a equipe.
  • Se nada parece funcionar, desafie a outra pessoa. 

#4 Como gerar mudanças significativas em outras pessoas

Talvez a tarefa mais difícil em uma liderança seja conseguir desenvolver outras pessoas.

Durante a última parte do livro, Dale foca bastante em princípios que devem ser aplicados por líderes que desejam ter um alto poder de influência dentro das organizações. Entre eles, estão:

  • Use o elogio a seu favor: sempre comece com um e reconheça cada pequena coisa que for feita da forma como você quer;
  • Fale sobre os seus próprios erros para mostrar vulnerabilidade e se conectar com as pessoas;
  • Ao invés de dar ordens diretas, escolha fazer sugestões ou perguntas;
  • Nunca reforce a culpa sobre ninguém, principalmente em público;
  • Encoraje as pessoas a encarar novos desafios e faça com que elas entendam quais são os pequenos passos necessários para terem sucesso. 

Leia também: 5 dicas para desenvolver o hábito de leitura e ler mais em 2021

Caso você comece essa leitura, já se prepare para um livro denso e até “cansativo”. 

O próprio autor reconhece isso e explica que os vários exemplos de explicações técnicas são propositais para que quem está lendo consiga extrair o máximo de conhecimento possível. 

Apesar de cansativas, são essas exemplificações que tornam o livro tão especial porque facilitam o entendimento de cada um dos princípios e fazem pensar em como aplicar cada um deles no dia a dia. 

Durante a leitura, é possível entender a importância da linguagem que utilizamos em situações de debate e fica fácil perceber o quanto a  escolha errada de palavras pode trazer agressividade ao discurso. E é exatamente isso que vai fazer com que o seu interlocutor dificilmente aceite uma nova ideia.

Entre tantas lições valiosas, “Como fazer amigos e influenciar pessoas” é um clássico atemporal que deve ser lido por qualquer pessoa que deseja melhorar os seus relacionamentos para crescer na carreira. 

Que tal colocar na sua lista de leituras de 2021?

 

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!
Casdastro realizado, fique ligado para os conteúdos exclusivos!
Seu cadastro não foi realizado, tente novamente!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: