Um Projeto: Fundação Estudar

Carreira em business: como crescer e se desenvolver como executivo de empresas

Por Tatyane Mendes

Com mais de dez anos de experiência na posição de Business Director, a executiva da Construtora Tenda Daniela Ferrari compartilha como se desenvolver e trilhar uma carreira no segmento.

Muitos profissionais sonham em ocupar cargos executivos e se consolidar na área de business (ou negócios, em português). Mas ainda existem muitas dúvidas sobre como chegar lá e se desenvolver até conquistar uma posição C-Level. Com mais de dez anos de experiência como Business Director na Construtora Tenda, a executiva Daniela Ferrari revela como evoluir e conquistar novos desafios na carreira business.

Do técnico ao business: assumindo posições estratégicas

Formada em engenharia civil, Daniela trocou o campo pela área executiva ainda no início da carreira quando trabalhava na Gafisa. “Eu ingressei no estágio em obras já no primeiro ano da faculdade, pois era técnica em edificações, passei por várias obras. Depois de dois anos de formada, assumi um cargo gerencial na área de negócios. É uma mudança importante quando você muda da área técnica para uma área administrativa. Naquele momento a decisão me pareceu uma bifurcação na carreira, não foi uma transição aos pouquinhos”, explica.

Foi por escolha própria que ela decidiu trocar a área de atuação, mas a jovem também foi motivada por um gestor que demonstrou bastante confiança em seu potencial. “Para fazer essa transição, você precisa do apoio de algum gestor. Foi quase como começar uma carreira totalmente nova. Em um primeiro momento, tem muita coisa para aprender. Mas, ao longo da carreira business, você percebe que toda a base de formação técnica que você teve anteriormente começa a se tornar muito útil, principalmente na tomada de decisão”, revela.

Ocupando o cargo de gerente, Daniela já sabia que queria crescer e assumir maiores responsabilidades. “Foi durante um momento de crescimento, a fusão de duas empresas, que tomei coragem de lutar por esse objetivo. Percebi que era um momento difícil, com muitos desafios e que eles iam precisar de gente com experiência e coragem para fazer tudo acontecer. Coloquei toda minha bagagem para trabalhar ao meu favor e deixei claro ao meu gestor meu objetivo. Essa confiança e parceria foram fundamentais para ingressar nesta carreira, já dentro da Construtora Tenda, que foi adquirida nesse processo, e estou na posição desde 2007″, celebra.

Hoje, o trabalho da executiva está focado em liderança de um time e na gestão estratégica de negócios, cuidando da regional que representa 40% do faturamento da Construtora

Mas o quê eu preciso saber para fazer a transição?

Algumas habilidades colaboraram muito para que a Business Director conseguisse ascender na carreira até a posição atual. Mesmo quando ainda tinha uma atuação mais técnica, Daniela afirma que competências em gestão de pessoas e planejamento eram imprescindíveis. “Em obras, você lida com um time muito grande em várias atividades. É preciso desenvolver competências de liderança e ao mesmo tempo ter humildade para aprender com o time de campo, que está colocando a mão na massa no dia a dia. Além disso, tem que ter uma troca com o que você aprendeu também”, indica.

Já mais inserida no mundo business, Daniela continuou se desenvolvendo e buscando pontos para se aprimorar. “Senti que precisava conhecer um pouco mais de administração de empresas, da área financeira e de gestão de processos. Você tem que entender mais sobre negócios de forma geral, ou seja, enxergar o todo e não só uma parte da empresa. Para melhorar nessas questões, fiz, inicialmente, uma pós graduação em Engenharia de Produção e, posteriormente, um MBA em finanças, porque eu estava em uma área bem focada em análise de investimentos”, esclarece.

A executiva afirma que a experiência foi essencial para que ela entrasse capacitada no mundo business, entendendo melhor sobre negócios, finanças e práticas gerenciais. Outras competências que contribuíram foram a vontade de aprender e se desenvolver, curiosidade, atenção ao que acontecia ao seu redor e bons exemplos de resiliência ao lidar com frustrações. Além disso, a diretora ainda aponta que precisou desenvolver ainda mais seu relacionamento interpessoal e que habilidades de comunicação são extremamente importantes.

“Tudo isso me ajudou a gravar o conhecimento que a gente adquire no dia a dia, que estão em cases, não em algum curso. É com os problemas que aprendemos, e nas empresas onde trabalhei as reuniões sempre foram muito focadas na resolução estruturada de problemas, buscando uma melhoria contínua. Boa parte do meu aprendizado vem disso. A outra vem dos relacionamentos, porque sempre vão aparecer coisas novas e precisamos buscar referências e experiência com outras pessoas, com essa visão mais colaborativa de aprendizagem. E precisamos nos comunicar bem para passar com clareza a mensagem em que acreditamos”, garante.

Conteúdo para quem quer seguir carreira na área

Para assumir uma posição como executivo, é preciso preparo. Para ajudar jovens interessados na área, Daniela indica alguns conteúdos para quem quiser se aprofundar no assunto:

  1. O livro Como fazer amigos e influenciar pessoas, de Dale Carnegie. Ainda que um pouco antiga, a diretora afirma que é uma leitura interessante para quem está começando, principalmente na busca por conquistar seus objetivos. “É um livro que te ajuda a entender que é importante que você tenha um bom conteúdo para argumentar e defender suas ideias, mas também aponta que é preciso técnica e habilidade. Você precisa se relacionar bem com os demais e estar seguro das suas convicções e o livro vai te dar alguns caminhos para fazer isso”, argumenta.
  2. Antifrágil, de Nassim Nicholas Taleb. “O autor fala sobre aprender a trabalhar mesmo quando as coisas estão caóticas. Você cria a habilidade de conseguir fazer acontecer mesmo em ambientes incertos e imprevisíveis. Acho importante isso porque muitas vezes as pessoas acham que na área de business tudo dá certo, mas não. Todo dia você tem desafios e precisa se adaptar. Quando você aprende a lidar com isso, começa a resolver problemas de forma produtiva e muito objetiva”, afirma.

Antifrágil: um modelo de pensamento que reverte as crises a seu favor

  1. Aprendizados de Gisele Bündchen & Minha história de Michelle Obama. Daniela traz uma sugestão em dobro com livros de mulheres inspiradoras que estão fazendo a diferença no mundo. “A Michelle fala muito com os jovens, desse momento de você acreditar mais em você e batalhar pelo seu sonho grande. A gente precisa desse empurrão, dessa mão estendida. O livro traz um apoio. Já a Gisele é uma profissional altamente comprometida. O cachê dela pode ser alto mas a produtividade, o conteúdo e a entrega dela fazem valer cada centavo pela qualidade. Muito disso se deve por ela ser muito respeitosa, comprometida e humilde com os contratos que ela faz. Esse comprometimento é um valor muito grande. Valores constroem nossa carreira e passamos a ser reconhecidos por eles”, finaliza.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo