Um Projeto: Fundação Estudar

4 passos para ter clareza sobre seus objetivos na carreira

Por Redação, do Na Prática

Em sua segunda coluna, o coach Henrique Molina apresenta os conceitos de Estado Atual e Estado Desejado e ensina 4 passos para ter mais clareza sobre seus objetivos futuros

Conheço muitas pessoas que estão infelizes no trabalho onde estão. Elas não gostam do que fazem, têm problemas com seus chefes, se sentem pressionadas, desvalorizadas e até chegam a ter problemas de saúde por conta do estresse. Outras pessoas estão infelizes com o curso que estão fazendo na universidade, sentem que aquilo não tem tanto a ver com elas – pelo menos não da forma que imaginavam quando entraram na universidade.

Você já se sentiu assim alguma vez na vida? Será que está passando por isso nesse exato momento?

Se por acaso a resposta for sim, ótimo! Vou dar algumas dicas para você superar isso. Se a resposta for não, melhor ainda. As dicas que vou dar continuarão sendo úteis, prevenindo que esse problema aconteça e ajudando a potencializar seus resultados.

O fato é que tanto para quem se sente assim quanto para quem está tranquilo em relação à carreira, uma coisa é essencial: clareza. Calma que eu vou explicar melhor… 

A importância de ter clareza

Por exemplo, se eu te convidar para jogar um jogo que você nunca jogou, não te explicar as regras e simplesmente sairmos jogando, qual é a chance de você se dar bem na partida? Quase zero! Agora imagine que esse jogo seja um jogo longo, de estratégia, tipo War. Aí sim sua chance será zero.

E por que isso acontece? Porque você não tem clareza sobre o que fazer, como fazer e nem quando fazer. Sua vida também é assim. Um jogo de longa duração, de estratégia e muita ação. A diferença é que nesse jogo não existe a opção de começar do início novamente. Você só consegue mudar o que acontece de hoje em diante, não o que já passou.

Portanto, quanto maior for sua clareza em relação aos seus objetivos e quanto antes você a tiver, mais motivado e comprometido você vai se sentir. Consequentemente, maiores serão suas chances de ser bem sucedido e de não se arrepender do tempo que perdeu fazendo coisas sem significado.

Leia também: A importância da autoconfiança para conseguir resultados excepcionais

E então você pode me perguntar: “Tá bom, Henrique, entendi o que é clareza. Mas o que ela tem a ver com eu estar feliz com a atividade que faço hoje? E como consigo ter mais clareza?”. Essas são duas ótimas perguntas!

A resposta para a primeira é: tem tudo a ver. Primeiro porque se você entende exatamente onde quer estar profissionalmente daqui a X anos, fica mais fácil perceber como o que você está fazendo hoje se conecta com sua meta futura. Para responder a segunda pergunta, vou te mostrar um plano de 4 passos que vão te ajudar a ter mais clareza e a conectar o presente com o futuro.

Antes disso, quero te explicar dois conceitos rapidamente e que vão nos ajudar nesse plano. O primeiro é o conceito de Estado Atual, que nada mais é que o seu momento de vida atual, a situação na qual você se encontra, o presente. O segundo se chama Estado Desejado, que é o que você deseja alcançar, sua meta, o futuro.

4 passos para ter clareza de objetivos

Também vou usar o exemplo de um personagem fictício chamado João, que vai te ajudar a visualizar o que quero dizer. Dito isso, vamos ao plano:

1º Passo: Entendendo o Estado Atual

No caso do João, seu Estado Atual é ser supervisor na área financeira de uma grande empresa. Seu trabalho não é dos mais legais e a cultura da empresa não tem muito a ver com ele, é formal demais. Sua postura durante o expediente é sempre de evitar desafios e fazer apenas o que lhe é pedido. Porém, o bom disso tudo é que ele recebe um bom salário e tem a oportunidade de aprender muito por lá, basta querer. Se alguém perguntar para o João aonde ele quer estar daqui a 5 anos, ele não saberá responder. Ou seja, não tem clareza.

E no seu caso, qual é o Estado Atual? Qual a sua ocupação? Você está feliz com ela? O que há de bom? E de ruim? Escreva tudo o que vier na sua cabeça, deixe as ideias fluírem. As vezes dentro da nossa mente é um pouco confuso, então colocar no papel nos ajuda a ter mais clareza. Você pode se surpreender com o resultado que o simples fato de escrever pode trazer.

2º Passo: Identificando o Estado Desejado

Depois de muita reflexão, João chega a conclusão de que ele quer ter o próprio negócio daqui a 5 anos, mais especificamente uma empresa que oferece serviço de planejamento financeiro. Ótimo, agora ele identificou o Estado Desejado. João costumava ir trabalhar forçado e se sentindo praticamente obrigado, mas agora ele tem uma boa chance de conseguir levantar da cama sem apertar o botão soneca e sem passar a odiar a música que colocou como toque do alarme.

E você? Qual é a sua visão? Onde quer estar daqui dois, três ou cinco 5 anos? O que você quer estar fazendo profissionalmente? Em qual setor quer estar trabalhando? Novamente, anote tudo o que vier à cabeça.

3º Passo: Validando o Estado Desejado

Identificar o seu Estado Desejado não é o bastante. Você precisa ir além, entender qual é a razão para buscá-lo. No caso do João, o que o motiva a ter o próprio negócio é ter autonomia, poder implantar seu modelo de gestão, ser responsável pelos resultados da empresa e ter controle sobre ela. João tem consciência de todos os desafios que empreender traz consigo. Porém, ele se sente atraído por esses desafios. Ou seja, essa meta está alinhada com os valores de João e com sua visão para o futuro.

Faça o teste de autoconhecimento da Fundação Estudar e descubra seus valores

Agora é a sua vez de validar o seu. Por que vai valer a pena conquistar esse objetivo? O que ele vai te trazer de positivo? O que você espera conseguir ao alcançá-lo? Por que isso é importante para você? Se a resposta for superficial e não estiver totalmente alinhada com os seus valores, talvez esse Estado Desejado não vá te manter focado por muito tempo. Por esse motivo é importante que ele esteja totalmente alinhado com o que você quer para a sua vida.

4º Passo: Planejamento

Após validar o Estado Desejado, é hora de criar uma estratégia para chegar até ele. Sabendo qual é o seu objetivo para o futuro, você pode analisar também o que te separa dele, ou seja, o que você precisa aprender, adquirir ou mudar para chegar lá. No caso do João, ele precisa aprender como administrar uma empresa, juntar recursos financeiros e mudar o seu comportamento no trabalho para adquirir conhecimento. Embora ainda existam alguns pontos com os quais ele não se identifica, agora João tem clareza do porque está na empresa e como ele pode usar a situação a seu favor, caminhando em direção à sua meta.

Para finalizar o plano, responda as seguintes perguntas: o que te separa do seu objetivo? Qual competência precisa desenvolver? Existe algum comportamento que você precise mudar? Quanto mais detalhista você conseguir ser, melhor será o resultado. Tendo elaborado o plano, agora só falta colocar a mão na massa e ir fazendo ajustes ao longo do caminho.

Um ponto de atenção

Durante a criação do seu plano, algo inesperado pode acontecer. Pode ser que você chegue à conclusão de que o seu Estado Atual não faz sentido e não vá aproximá-lo do seu Estado Desejado.

Aliás, esse é um cenário muito frequente. Inúmeras pessoas com as quais trabalhei nos meus processos de coaching e programas do Na Prática mudaram de emprego, curso da faculdade, de país ou até o status de relacionamento no Facebook após definirem seu Estado Desejado com clareza.

Então se isso acontecer com você, não se preocupe. Você está apenas corrigindo o curso da sua vida e seguindo por um caminho que faz mais sentido. Está tudo bem, acredite! O ponto positivo é que junto com a clareza vem a coragem para se tornar protagonista da própria vida e assumir a responsabilidade por suas decisões e resultados.

Afinal, mudar a sua realidade e ter a vida que deseja só depende de você.

henrique molina
Henrique Molina
, colunista do Na Prática, é formado em Engenharia de Produção pelo Centro Universitário FEI e possui certificação profissional da Sociedade Latinoamericana de Coaching. Atua como Coach profissional, com foco em planejamento e desenvolvimento de carreira para jovens. Você pode acompanhar seu trabalho em sua página oficial. É também multiplicador do LABx e facilitador do Catálise, respectivamente os programas de liderança e autoconhecimento do Na Prática.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo