Um Projeto: Fundação Estudar
trainee de gestão pública

ONG seleciona trainees para atuarem no governo em todo o país

Por Suria Barbosa

Processo seletivo da Vetor Brasil aceita qualquer curso, idade e nível de experiência. Selecionados serão alocados no setor público para programa de 12 meses, que inclui diversas oportunidades de desenvolvimento. Veja como se inscrever!

O Vetor Brasil, ONG que visa potencializar a gestão pública no país, está com inscrições abertas para seu programa de trainee de gestão pública, em que jovens são alocados em órgãos do governo. O processo seletivo é realizado de forma inteiramente online e aceita cadastros até 27 de setembro.

Fundada em 2015, o Vetor Brasil é uma organização suprapartidária e sem fins lucrativos, que atua em parceria com governos estaduais e municipais para atrair, selecionar e desenvolver profissionais que atuarão na área pública. Até este ano, cerca de 260 profissionais atuantes formam a rede da organização, presente nas cinco regiões do país.

Com duração de 12 meses, além de conectar as pessoas com vagas no governo, o programa de Trainee de Gestão Pública oferece um robusto acesso à rede engajada e oportunidades de desenvolvimento. No total, os selecionados passam por mais de 200 horas de formação, oferecidas online e presencialmente durante o programa. Há também sessões de coaching e de mentoria opcional para quem participa.

Leia também: Trabalhar com gestão pública pode ser a resposta para quem quer causar impacto social, de dentro e fora do governo

Quem pode – e como – participar do trainee de gestão pública

A seleção não faz distinção de curso de formação, instituição de ensino ou experiência profissional – o objetivo é identificar pessoas que tenham vontade de gerar impacto social em larga escala e com grande resiliência para resolver problemas complexos. Além disso, não há limite de idade ou de tempo após a formação para participar.

Entre os requisitos, estão curso superior completo ou estar cursando, com previsão de graduação até 31 de março de 2019. Também é preciso se comprometer a fazer a formação online e presencial. Outro ponto crucial é disponibilidade para se mudar, já que é comum que os trainees trabalhem em outros estados, que não o de sua residência.

Realizado completamente online, o processo seletivo do trainee de gestão pública conta com seis etapas: cadastro de informações pessoais, testes online, envio de vídeo de apresentação pessoal, desafio com tema de gestão pública, entrevista por competências e, por fim, entrevista com representantes do governo. Inscreva-se até 27 de setembro pelo site.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo