Um Projeto: Fundação Estudar
trabalhar com educação

Como é a carreira de quem trabalha para transformar a educação

Por Suria Barbosa

Em conversa com o Na Prática, analista e CFO da Arco Educação falam sobre os diferenciais da carreira em educação – e apontam as competências essenciais para profissionais que querem trabalhar (e se destacar) no setor.

Com frequência, quem escolhe trabalhar com educação o faz por considerar que é uma forma certeira de promover mudanças positivas. Não é à toa. “O principal diferencial é que na educação você consegue gerar impacto diretamente na vida de alguém”, destaca Manuelle Rodrigues, analista de Novos Negócios na Arco Educação, grupo formado por empresas com foco em soluções educacionais. Impacto esse, duradouro e profundo, segundo ela “no caráter da pessoa, em como ela vai se relacionar daqui para frente com todas as outras.”

Atuando na companhia desde 2016, quando entrou como estagiária do setor financeiro, Manuelle conta que sua decisão pelo setor partiu do seu propósito pessoal, exatamente de impactar os outros. Na Arco, onde vê que entregas de alta qualidade afetam a experiência do aluno final, encontrou o ambiente adequado para seguir seus valores e missão.

Descubra profissões que fazem sentido para seu perfil com nosso teste vocacional!

“Tem um prazer diferente trabalhar com propósito”, concorda David Peixoto, Chief Financial Officer (CFO) e vice-presidente de Business Development na empresa. Para ele, os efeitos são visíveis tanto na maneira com que o profissional se aprofunda em relação ao produto como no (maior) nível de interesse nos temas que circundam sua atividade.

Cursos da Fundação Estudar

E-book gratuito: “8 mitos sobre carreira em educação”

Qual é o perfil buscado para trabalhar com educação

A Arco se tornou uma das mais novas startups unicórnio do país, o que significa que ela atingiu 1 bilhão de valor de mercado antes de abrir seu capital (conhecido como IPO, Initial Public Offering) em setembro. Para crescer, ampliou seu escopo na busca por talentos diversificados, trazendo principalmente expertise em gestão.

“A multidisciplinaridade do time é um fator muito valorizado, já que a combinação de gestão e educação é entendida como essencial para um negócio que busca impactar com entregas de qualidade, de forma escalável e sustentável”, aponta o CFO.

Embora existam algumas habilidades valiosas no radar da companhia. A primeira, para ele, é a capacidade, a vontade de aprender. “Não importa o quanto você tem de conhecimento hoje, ele vai se tornar ultrapassado em algum momento.” Em segundo, ele destaca que ter paixão pelo que se faz é o que garante bom desempenho e dedicação acima da média, ou além do “necessário”.

Outro aspecto essencial para quem busca oportunidade na área é o de conhecer os problemas reais em sala de aula. Por isso, o primeiro comando de quem entra na Arco é conhecer escola e ouvir os professores. “Depois você volta e usa toda a sua criatividade para contribuir conosco”, completa David.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo