Um Projeto: Fundação Estudar
Ada Lovelace, uma das mulheres que impactaram a tecnologia

5 mulheres que impactaram o mundo da tecnologia (e poucos sabem!)

Por Suria Barbosa

Parece que o mundo da tecnologia é pautado pelos homens, certo? Errado. No Dia Internacional da Mulher, o Na Prática traz a contribuição decisiva de cinco mulheres (das muitas) que impactaram a realidade, processos e relações com trabalhos inovadores.

Quando pensamos na história evolutiva da tecnologia que mudou a forma com que as atividades e relações se dão profundamente, nomes como Steve Jobs, Bill Gates, mais recentemente, Marck Zuckerberg. A verdade é que há muitas mulheres que impactaram a tecnologia nesse meio do caminho, pavimentando o que viriam a ser essas grandes revoluções – ou lançando essas grandes revoluções.

São muitas as pioneiras de tecnologia, frequentemente negligenciadas. No Dia Internacional da Mulher, o Na Prática traz a contribuição de cinco delas.

5 mulheres que impactaram a tecnologia de forma decisiva

Ada Lovelace: criou o primeiro programa de computador

Ada Lovelace, uma das mulheres que impactaram a tecnologia
Ada Lovelace / Reprodução

 

Ada Lovelace (Ada Augusta King, Condessa de Lovelace), que vive entre 1815 e 1852, é conhecida como a primeira programadora de computador do mundo. Isso porque ela elaborou planos de como uma máquina chamada Analytical Engine deveria realizar cálculos. A Analytical Engine foi inventada por seu amigo matemático Charles Babbage – e é considerada o primeiro computador.

Segundo especialistas, os aplicativos de Lovelace se relacionam em grande parte à forma como os computadores são usados hoje.

Sua contribuição foi tão impactante que a programadora é lembrada anualmente no Dia Ada Lovelace, comemorado na segunda terça-feira de outubro. O dia internacional celebra as mulheres nos campos da ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM).

Analytical Engine
Analytical Engine / Reprodução

Katherine Johnson: realizou cálculos críticos para a segurança das viagens espaciais

Katherine Johnson
Katherine Johnson / Reprodução

 

Nascida em 1918, a física, cientista espacial e matemática Katherine Johnson ajudou a confirmar a precisão dos computadores eletrônicos usados ​​pela NASA, além de ter realizado cálculos críticos que garantiram viagens espaciais seguras a partir dos anos 1950.

Ela é coautora de um relatório de pesquisa que usou equações para voos espaciais orbitais em 1960 e também responsável ela análise de trajetória para o primeiro voo espacial humano, em 1961.

Leia também: Ciberfeminismo, o movimento que quer mais mulheres nas carreiras de tecnologia

Margaret Hamilton: desenvolveu os softwares que levaram o homem à lua

Margaret Hamilton
Margaret Hamilton / Reprodução

 

Margaret Hamilton, nascida em 1936, é uma cientista de computação e engenheira que liderou a Divisão de Engenharia de Software do Laboratório de Instrumentação do MIT.

De acordo com a NASA, Hamilton é responsável por cunhar o hoje popular termo “engenharia de software”.

Hamilton trabalhou no desenvolvimento do programa para a Apollo 11, primeira espaçonave a completar uma viagem para a Lua, em 1969. Especialistas creditam o sucesso da missão – e a segurança dos astronautas – à insistência da cientista da computação em realizar inúmeros testes.

Leia também: Carreira em tecnologia para mulheres: quais são os obstáculos e o que fazer para superá-los?

Karen Spärck Jones: estabeleceu as bases para os mecanismos de busca

mulheres que impactaram a tecnologia
Karen Spärck Jones / Reprodução

 

Os mecanismos de busca que usamos diariamente, como Google, contam com as descobertas sobre processamento de linguagem feitas pela cientista da computação Karen Spärck Jones, que foi ativa no campo de linguagem e computação desde os anos 70.

As realizações mais notáveis ​​de Jones, que faleceu em 2007, lançaram as bases para o tipo de recuperação de informação que usamos hoje, para o reconhecimento computacional de palavras atual e até para a priorização de termos dos programas de busca.

Donna Dubinsky: lançou o antecessor dos smartphones

Donna Dubinsky
Donna Dubinsky / Reprodução

 

Antes dos smartphones mais próximos do que são hoje, o primeiro assistente digital pessoal (PDA, do inglês, personal digital assistant), veio o Palm Pilot.

A pessoa responsável por introduzir o percursor dos celulares, e por ampliar o mercado para os que viriam posteriormente, foi Donna Dubinsky, em 1997, por meio da companhia Palm, Inc., da qual foi CEO.

Hoje ela é CEO da Numenta, que ela ajudou a criar. Mas, depois de sair da Palm, Dubinsky fundou a Handspring, lançando o “Visor”, PDA capaz de armazenar dados e acessar programas, além de apenas o calendário e poucos jogos. Parece com algo que você conhece?

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo