Um Projeto: Fundação Estudar

Os 6 erros comuns na hora de empreender e como evitá-los

Por Tatyane Mendes

Com mais de vinte anos de experiência como empreendedor, o CEO da rede de coworking GoWork Fernando Bottura compartilha quais são e como evitar os erros comuns na hora de empreender.

Aproximadamente 77% dos brasileiros sonham em empreender, de acordo com uma pesquisa realizada em 2019 pela OnePoll.  Contudo, muitas dessas pessoas adiam seus sonhos por conta de inseguranças sobre como começar, falta de informação e preocupações sobre a probabilidade de sucesso do empreendimento. Para que os futuros empreendedores aprendam a evitar erros comuns na hora de empreender, o CEO e fundador da rede de coworking GoWork Fernando Bottura compartilha algumas dicas.

Erros comuns na hora de empreender

Com mais de 20 anos de experiência como empreendedor, Bottura afirma que existem 6 erros comuns na hora de empreender que estão entre os mais críticos. Conheça quais são eles e como evitá-los na hora de abrir o próprio negócio.

#1 Não ter produto no mercado e não fazer testes

Para uma empresa começar no Brasil, ela tem que estar muito bem planejada em relação ao seu desenvolvimento de caixa e sua capacidade de receita, de acordo com Bottura. “É muito importante o seu modelo de negócio começar de alguma maneira gerando receita à curto prazo. É a receita e o produto no mercado que vão validar a capacidade de crescimento da sua empresa. E para você colocar um produto no mercado, precisa ir fazendo testes para ver se ele funciona e atende a demanda”, explica.

 

 

#2 Apegar-se ao fracasso e não aprender

Atitude que aparece em destaque nos erros comuns na hora de empreender é focar no que deu errado e não utilizar a situação como forma de melhorar. “O empreendedor não erra, ele ganha experiência. Se você se apegar no seu erro e ficar sofrendo por ele, sem transformá-lo rapidamente em uma forma de se desenvolver, você não vai ter motivação para crescer”, garante Bottura.

#3 Apaixonar-se pela resolução e não pelo problema

O empreendedor aponta que as empresas que acabam dando certo são aquelas que trazem soluções para grandes problemas do mercado. Mas as soluções só nascem a partir dos problemas e é a fórmula encontrada pelo empreendedor para resolver a questão que vai gerar a receita. Quem quer abrir o próprio negócio não pode focar apenas na parte final, mas também entender todos os desafios e variáveis que estão conectados ao problema.

#4 Não contratar pessoas complementares e especialistas

Não é raro que jovens empreendedores errem quando o assunto é contratação. Para Bottura, a mentalidade de não contratar pessoas que possam ser mais capacitadas do que o dono do negócio costuma ter efeitos negativos. “Gente boa é ótima, mas você precisa de profissionais que sejam melhores do que você. Não se atentar a isso é um dos erros comuns na hora de empreender. Se você tem uma equipe qualificada e complementar, você tem capacidade de crescimento. Caso contrário, o negócio não irá florescer”, avalia.

#5 Não conhecer o mercado em que vai atuar

Outro entre os erros mais comuns na hora de empreender é não conhecer em profundidade o mercado no qual se quer atuar. “É mais fácil empreender depois de ter alguns anos de experiência no setor relacionado ao empreendimento do que ter uma ideia brilhante e focar em buscar soluções sem conhecer as especificidades do seu nicho. É provável que você não solucione de fato ou problema ou tenha concorrentes indiretos que podem ser fatais para o seu negócio. O empreendedorismo está em como colocar ideias em ação”, ressalta Bottura.

#6 Não ser resiliente

Por fim, o empreendedor afirma que é muito difícil tocar um negócio próprio sem ter resiliência. “Ter resiliência é errar e conseguir aprender com o erro em uma velocidade bastante agressiva para transformar o erro em um aprendizado e passar esse conhecimento para a sua equipe. É a resiliência que faz um grande empreendedor”, pontua.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo