Um Projeto: Fundação Estudar
cultura de outros países

8 dicas para conhecer a cultura de outros países sem sair do Brasil

Por Gustavo Sumares

Viajar é algo que exige bastante planejamento. Mas mesmo sem sair do Brasil, é possível ter um contato bem próximo com culturas diferentes! Confira oito locais que possibilitam esse contato.

Como a gente sempre diz por aqui, não faltam opções de cursos de excelência no exterior, em todos os continentes e nos mais diversos países. É claro que, antes de decidir onde estudar fora e até mesmo antes de embarcar para o intercâmbio, o ideal seria já conhecer o lugar, afinal é lá que você passará por uma experiência inesquecível.

Entretanto, nem sempre é possível estar “fisicamente” no local, e é por isso que o Estudar Fora reuniu várias dicas para você conhecer outras culturas sem sair do Brasil! Por aqui não faltam opções de lugares com forte influência estrangeira. Itália, Alemanha, Inglaterra, Suíça, Japão e até Finlândia estão no pacote.

Além disso, aproveitando a época de fim de ano, também reunimos algumas dicas de filmes para você se sentir em outro país sem sair do Brasil. Confira!

Cidades e regiões brasileiras que parecem outro país

Holambra

A charmosa cidadezinha turística paulista que fica próxima a Campinas, no interior do estado. Não bastasse ser conhecida como “cidade das flores”, também é uma referência para se sentir na Holanda sem sair do Brasil. Isso porque o município recebeu forte influência dos imigrantes holandeses que se instalaram por ali no pós-guerra, pouco antes dos anos 50.

Campos do Jordão

A também paulista Campos do Jordão recebe o apelido de “Suíça brasileira”. Localizada no alto da Serra da Mantiqueira, o município se destaca pela altitude e, consequentemente, pelo clima sempre frio e pelas belas construções europeias.

Paranapiacaba

Aqui não se trata propriamente de uma cidade, mas de uma vila inglesa que pertence a Santo André, na Grande São Paulo. Formada por integrantes da companhia britânica São Paulo Railway, responsáveis pelo sistema ferroviário da Serra do Mar, Paranapiacaba faz com que a gente se sinta em Londres. E não é só pela colonização, mas também pelo clima (de repente você está andando e a neblina encobre tudo ao redor!) e principalmente por ter uma réplica do Big Ben.

Pomerode

Localizada em Santa Catarina, essa cidade recebe o título de “a mais alemã do Brasil”. A colonização alemã se faz presente nas construções de Pomerode e também na cultura alemã predominante, com costumes germânicos preservados e, claro, os sabores da culinária alemã!

É importante destacar que, no sul do país, ainda há outros municípios com forte presença da cultura europeia em geral, como Gramado e Canela (no Rio Grande do Sul) e Blumenau, em Santa Catarina.

Penedo

Na cidade de Itatiaia, região sul do Rio de Janeiro, encontramos um bairro peculiar: Penedo. Quem passa por ali pode ter um gostinho de como é estar na Finlândia, já que a cultura local foi fortemente influenciada por uma colônia finlandesa que se instalou no Brasil.

Concursos internacionais abertos para brasileiros

Bairros paulistanos que parecem estrangeiros

Liberdade

No centro de São Paulo pulsa a cultura japonesa pelas ruas da Liberdade! Gastronomia, comércio popular e festa: um pedacinho do Japão vive no bairro mais oriental do Brasil.

Mooca

Até o jeito de falar de quem é da Mooca (meu!), na zona leste, há pistas claras de que os italianos que se instalaram ali se fazem presentes muito além das agradáveis cantinas. Assim como a Mooca, o bairro do Bixiga, na região central, também celebra a cultura italiana que o tornou conhecido. Nesses cantinhos especiais de São Paulo, religiosidade e sabor se misturam para trazer uma sensação clara de pisar na Itália.

Bom Retiro

O bairro do centro da capital paulista preserva a cultura dos judeus, sendo sede da sinagoga mais antiga do Estado, a Kehilat Israel, que fica no Memorial da Imigração Judaica. Além disso, na região, essencialmente comercial, também vivem e trabalham muitos sul-coreanos.

Esta matéria foi originalmente publicada no portal Estudar Fora, outra iniciativa da Fundação Estudar.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo