Um Projeto: Fundação Estudar
BRASA

Associação de brasileiros no exterior oferece bolsas de estudo

Por Gustavo Sumares

A BRASA oferece bolsas de estudos integrais no exterior a jovens de baixa renda que já tiverem sido aceitos em uma universidade de excelência. Inscrições abertas até 14 de abril!

A BRASA, associação de brasileiros no exterior que conta com mais de 4.500 jovens, está oferecendo bolsas de estudo para jovens de baixa renda. As bolsas têm o objetivo de auxiliar os jovens a realizar uma graduação em universidades no exterior, em universidades de excelência. As inscrições vão até 14 de abril.

A bolsa cobrirá integralmente os custos dos estudos do bolsista no exterior. Além disso, a BRASA também arcará com as despesas de manutenção (“moradia, transporte, alimentação, oportunidades acadêmicas e/ou material acadêmico essencial”) do estudante. Ainda segundo o regulamento do programa, o valor exato da bolsa “será definido de acordo com o perfil acadêmico do(a) candidato(a), sua condição socioeconômica, o suporte financeiro que já possui de terceiros, os custos da universidade e a duração do curso que realizará”.

Candidatura para o programa da BRASA

Para se candidatar às bolsas de estudo para jovens de baixa renda da BRASA, é necessário já ter sido aceito em um curso de graduação completa de alguma universidade no exterior, com formatura prevista a partir de dezembro de 2019.

Leia mais: O impacto de estudar fora para uma carreira internacional

Além disso, o candidato também precisa ser brasileiro nato ou naturalizado, e deverá também comprovar necessidade financeira.

O primeiro estágio do processo é inscrever-se no site do programa de bolsas. Para isso, será necessário responder a um questionário sobre sua vida profissional e acadêmica e fazer um vídeo de até dois minutos contando sua trajetória e explicando seu interesse na bolsa.

Por fim, o candidato deverá fazer upload dos seguintes documentos:

  • Comprovante de matrícula ou carta de aceite da universidade de destino;
  • Histórico escolar do ensino médio e da universidade (se disponível);
  • Resultados dos testes realizados para admissão na universidade (como TOEFL, IELTS, CAE, CPE e SAT, ACT, etc.);
  • Carta de recomendação de um professor (uma segunda carta de recomendação também pode ser enviada opcionalmente);
  • CV;
  • Certificados de participação em cursos, olimpíadas, hackathons, etc;
  • Documentos financeiro dos pais ou responsáveis para comprovação de baixa renda.

Nas etapas seguintes, os candidatos serão convidados para entrevistas individuais via Skype ou Hangouts, painéis com membros da BRASA e convidados, e painéis com os presidentes da BRASA.

Os bolsistas serão escolhidos de acordo com os seguintes critérios:

  • Histórico de excelência acadêmica;
  • Alinhamento com os valores da BRASA de proatividade, excelência e comprometimento com o Brasil;
  • Trajetória pessoal de destaque e impacto;
  • Envolvimento em atividades extracurriculares notáveis;
  • Habilidades de liderança;
  • Engajamento com a comunidade BRASA;
  • Elevado padrão ético.

As inscrições vão até 14 de abril. As demais etapas do processo da BRASA serão realizadas ao longo dos meses seguintes.

 

Esta matéria foi originalmente publicada no portal Estudar Fora, outra iniciativa da Fundação Estudar.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo