Um Projeto: Fundação Estudar
crise financeira

5 conteúdos para entender mais sobre a crise financeira e o que está acontecendo

Por Tatyane Mendes

O Na Prática convidou dois especialistas em finanças e investimentos para sugerir conteúdos relevantes que ajudem os leitores a entender a crise econômica global atual e seus desdobramentos. Confira a seleção!

Em 2008, os Estados Unidos foram o epicentro de uma crise financeira que se alastrou pelo mundo e é hoje considerada uma das mais graves da história. Mesmo doze anos depois, os acontecimentos continuam impactando economias globais e o crescimento ainda é tímido em muitas regiões. Com a crise do coronavírus, a preocupação com a economia retorna ainda mais forte. Especialistas já tentam prever o efeito da pandemia no setor econômico, mas também é preciso ter em mente o cenário do qual o mundo ainda estava se recuperando.

Entendendo a crise financeira

Para ajudar na seleção de conteúdos relevantes que expliquem a crise financeira que o mundo enfrenta e os desdobramentos dela, o Na Prática convidou o CEO da Real Valor, fintech voltada para a performance de carteiras de investimentos, Eduardo Belloti e Érika Pivetta, especialista de investimentos da Magnetis, gestora de investimentos digital. Confira abaixo as escolhas da dupla:

#1 Filme “A Grande Aposta”

crise financeira
Cena do filme / Reprodução

 

Indicado a melhor filme no Oscar de 2016, a Grande Aposta (foto em destaque) é uma das grandes referências de obras cinematográficas sobre o colapso do mercado financeiro. A trama explica os acontecimentos que levaram à crise financeira de 2008 com um enredo que mistura a tragicomédia e a narração biográfica.

 

 

“Eu costumo vê-lo pelo menos uma vez por ano e sempre aprendo com ele. Ele traz de forma envolvente como funcionou a crise de 2008, desde o início até a queda vertiginosa na bolsa. Se pararmos para pensar, a crise do coronavírus pode ter uma causa diferente, mas vai ter impactos parecidos e potencialmente piores do que o da crise de 2008 na economia e na bolsas mundiais”, analisa Belloti.

#2 Filme “Grande Demais Para Quebrar”

Também focado na crise financeira de 2008, o filme conta a história do ponto de vista do então secretário do tesouro estadunidense Henry Paulson. Para Érika Pivetta, o grande diferencial dessa produção é trazer para os espectadores as movimentações nos bastidores no Banco Central norte-americano. Destaque para as discussões que ocorreram entre o órgão e os principais CEOs de grandes instituições financeiras pouco antes do banco Lehman Brothers pedir concordata, medida que precede a declaração de falência e consiste em um acordo para de quitação de dívidas.

Cena do filme / Reprodução

#3 Documentário “Trabalho interno”

Ainda abordando outras perspectivas da crise financeira de 2008, o documentário Trabalho Interno traz um olhar mais sóbrio sobre o colapso financeiro. Com entrevistas com agentes do setor financeiro, políticos e jornalistas, o filme busca entender a ascensão e queda do sistema. “O roteiro expõe uma série de conflitos de interesses que estavam por trás da crise, envolvendo políticos, reguladores, algumas instituições acadêmicas e agências de rating. Algumas das provocações são interessantes”, aponta Érika.

Cena do documentário / Reprodução

#4 Livro “A Lógica do Cisne Negro”

Para quem prefere ler e entender o tema de forma mais generalista, Eduardo Belloti sugere o livro do analista de riscos Nassim Nicholas Taleb. Em A Lógica do Cisne Negro, o autor defende que o mundo está sujeito ao acaso e acontecimentos inesperados, o que chama de Cisne Negro. Usando como base teorias das áreas de probabilidade, negócios e ciências cognitivas, Taleb ensina como lidar com essas situações e tirar proveito delas.

“Ele mostra como os eventos mais importantes da história costumam ser extremamente imprevisíveis e com impactos expressivos. Isso acontece tanto para o bem, como a invenção da penicilina, quanto para o mal, como foi o caso da crise financeira de 2008. A pandemia do coronavírus é um outro bom exemplo disso. O livro aborda como esses eventos costumam funcionar e como podemos mudar nossa forma de lidar com eles para amenizar os impactos negativos”, explica o CEO.

Leia também: As inovações que estão por vir no mercado financeiro brasileiro

#5 Vídeo “How the economic machine works”

Explorando os mecanismos econômicos de forma mais generalista, o vídeo traz o bilionário gestor de fundos Ray Dalio ensinando de forma didática como funcionam os ciclos da economia. “Além disso, ele mostra por que eles existem e o que os governos podem fazer para interferir de maneira positiva ou negativa em uma recessão ou crise financeira. Acredito que o coronavírus empurrou o mundo inteiro para uma recessão e faz sentido compreender o que isso significa com uma visão mais sistêmica”, pontua Belotti.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo