Um Projeto: Fundação Estudar
edificios arranha ceus vistos de baixo

9 CEOs revelam quais são suas melhores perguntas em entrevistas

Por Rafael Carvalho

De cantar em público a lembrar de seus sonhos de infância, líderes da China aos EUA querem saber quem é o candidato de verdade

Em uma matéria recente publicada pelo portal Quartz, CEOs e executivos em cargos altos de liderança contaram quais são suas perguntas mais “matadoras” na hora de avaliar um candidato.

Quando se chega a um nível tão avançado de entrevistas, o território é outro e mesmo o currículo mais incrível do mundo fica em segundo plano. Os executivos explicam que, nessa hora, o que conta é entender a mentalidade de cada um. Será que ele pensa como um líder? Veja como abaixo!

QUER TRABALHAR COM EMPREENDEDORISMO E TECNOLOGIA OU NA ÁREA JURÍDICA? 
INSCREVA-SE GRATUITAMENTE NAS MELHORES CONFERÊNCIAS DE CARREIRAS

1. Você prefere ser respeitado ou temido?
Segundo Michael Gregoire, CEO da CA Technologies, a pergunta revela qual é o estilo de liderança de cada um. E as necessidades variam de acordo com cada negócio. Em um ambiente colaborativo, por exemplo, é melhor ser respeitado. Se a empresa vai mal, melhor o bastão que a cenoura, e por aí vai.

2. Por que está aqui hoje?
Gordon Wilson, CEO da Travelport, está em busca de uma resposta simples: falar dos benefícios do trabalho também do ponto de vista da empresa, não só do indivíduo. O que o candidato trará à mesa se for aceito?

3. Qual é seu maior sonho?
A trajetória de Zhang Xin, CEO e fundadora da SOHO China, tem tudo para virar filme. Das economias feitas em uma fábrica de roupas em Hong Kong aos bilhões de dólares resultantes da maior incorporadora chinesa, ela sabe que nenhum sonho é impossível. Por isso, quando questiona possíveis funcionários, busca quem tenha espírito livre – e muita ambição.

4. Pergunto como foram tratados
Rick Goings, CEO da Tupperware –  que integra a iniciativa IMPACT 10x10x10, da campanha HeForShe –, está acostumado a pensar fora da caixa. Por isso, sua pergunta mais incisiva não é para o candidato em si, mas para todos que lidaram com ele, como motoristas, assistentes e recepcionistas. “É assim que você aprende como uma pessoa age”, diz.

5. Qual é sua propriedade favorita no jogo Banco Imobiliário e por quê?
A questão inusitada vem de Ken Moelis, CEO e fundador do banco de investimento Moelis & Co. Voltada para jovens recém-saídos de um MBA, serve para que ele avalie como alguém lida com riscos e recompensas.

6. Conte-me sobre quando você falhou
Essa vem de Roger Crandall, CEO da seguradora MassMutual. A ideia é saber não apenas sobre a humildade e resiliência de um candidato, mas sobre como ele ou ela superam obstáculos e se aprimoram no processo.

7. O que você queria ser quando tinha sete ou oito anos?
Barbara Byrne, vice-presidente do banco de investimentos Barclays, criou o teste do avião. “Eu conseguiria passar um vôo de Nova York a Los Angeles ao seu lado e não ficar terrivelmente entediada?”, pergunta. Daí vem o viés da memória afetiva. “Você consegue se conectar de verdade com a pessoa.”

8. O teste do vinho
Charles Phillips, CEO da Infor, tem uma abordagem curiosa. Ao invés de sentar em uma entrevista formal, leva o candidato para jantar com outros executivos sêniores e lhe entrega a carta de vinhos. O que acontece e como a pessoa se explica – se pede ajuda, se escolhe o mais caro, se convence o grupo que domina o tema – fazem parte do teste, assim como o tratamento do garçom.

9. Faça o que fala
Entrevistas com Atul Kunwar, presidente e CTO da Tech Mahindra, podem deixar alguns tipos mais ansiosos totalmente loucos. Ao invés de fazer perguntas específicas, ele deixa as paixões do candidato guiarem a conversa. Se o currículo diz que a pessoa gosta de cantar, por exemplo, Kunwar pede para ouvir um pouco. Quando dá certo, significa uma pessoa apaixonada por algo e capaz de construir suas próprias habilidades. “E quando chega uma crise, ele não trava”, conclui.

INTERESSADO EM EMPREENDEDORISMO E TECNOLOGIA OU NA ÁREA JURÍDICA?
Inscreva-se em nossas Conferências de Carreiras gratuitas até 3/9!

Os eventos, que acontecem em São Paulo nos últimos dias de outubro, contarão com grandes escritórios, empresas e organizações de vários setores – todos em busca de novos talentos. Conheça melhor o mercado e converse pessoalmente com quem trabalha na área!

Na Conferência Na Prática Jurídica, em 31/10, saiba tudo sobre mercado de capitais, M&A, reestruturação, insolvência, concorrencial, contencioso, tributário e jurídico de empresas e converse pessoalmente com as melhores empresas do ramo.

Na Conferência Na Prática Empreendedorismo e Tecnologia, em 30/10, conheça fintechs, lawtechs, social techs, startups de educação e de mobilidade, além de empresas de tecnologia de grande porte em busca de profissionais.

As vagas são limitadas e as inscrições encerram em 3/9. Garanta sua inscrição gratuita agora mesmo!

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo