Um Projeto: Fundação Estudar
Símbolo de de emails zerada

11 hábitos de pessoas muito produtivas (e que você também pode ter)

Por Tradução do LinkedIn

Especialista explica como ser produtivo em ambientes dinâmicos, enfrentar as surpresas sem perder o ritmo e porque multitasking não vale a pena

Você trabalha, trabalha, trabalha e parece que não avançou. Ou chega ao fim do dia e percebe que perdeu um tempo que nem tinha e nem sabe como. Essas duas sensações devem ser familiares para basicamente 100% das pessoas.

Essa insatisfação com a própria produção é tão comum que não faltam artigos e outros tipos de materiais para quem busca produzir mais e melhor, sem enlouquecer.

O próprio NaPrática.org tem dois cursos por e-mail gratuitos sobre o assunto – um cheio de life hacks para ser mais produtivo e outro para produzir mais com as ferramentas do Google –, além de uma série de matérias que podem ajudar.

O importante é selecionar aquilo que funciona para você, já que ser produtivo é algo bastante subjetivo. Há quem prefira manhãs e quem não as suporte, quem goste de reuniões e quem as considera perda de tempo e por aí vai.

Inspiração para eliminar ou pelo menos diminuir as sensações de pouca produção, no entanto, nunca é demais.

No artigo abaixo, publicado primeiro no LinkedIn, o psicólogo e especialista em inteligência emocional Travis Bradberry apresenta 11 hábitos de pessoas ultra produtivas.

Um deles pode funcionar para você!

Leia abaixo uma versão traduzida do texto feita pelo Na Prática:

11 hábitos de pessoas produtivas

Quando o assunto é produtividade, todos enfrentamos os mesmos desafios: há apenas 24 horas num dia.

Ainda assim, algumas pessoas parecem ter o dobro desse tempo e uma habilidade sobrenatural para fazer as coisas. Mesmo quando equilibram múltiplos projetos, conquistam seus objetivos sem falhar.

Todos nós queremos mais da vida. E não parece haver nenhum modo melhor de conseguir mais que encontrar jeitos de fazer mais com o precioso tempo que nós temos.

É uma sensação incrível sair do escritório após um dia ultra-produtivo. É um difícil superá-la.

Com a abordagem certa, você conseguirá fazer isso acontecer todo dia.

E não precisa trabalhar mais – precisa trabalhar melhor.

As pessoas ultra-produtivas sabem disso e usam hacks de produtividade para serem mais eficientes. Elas utilizam cada gota de cada hora sem esforço extra.

A melhor parte desses hacks é que são fáceis de implementar. Tão fáceis que você pode começar a implementá-los hoje.

Dê uma lida, teste-os e veja sua produtividade disparar.

Veja abaixo a websérie do NaPrática.org para quem quer produzir mais e melhor sem enlouquecer!

1. Elas nunca tocam algo duas vezes

Tocar em coisas duas vezes é uma enorme perda de tempo. Não guarde um e-mail ou ligação para mais tarde. Assim que algo entrar no seu radar, você deveria tomar uma decisão, delegar ou deletar.

2. Elas organizam o dia de amanhã antes de sair do trabalho

Pessoas produtivas encerram cada dia se preparando para o próximo. Essa prática conquista duas coisas: ajuda você a solidificar o que conquistou hoje e garante que amanhã será um dia produtivo. Só é preciso alguns minutos e é um ótimo jeito de encerrar seu dia de trabalho.

3. Elas comem sapos

“Comer um sapo” é o melhor antídoto para a procrastinação e pessoas ultra-produtivas começam cada manhã com essa delícia. Em outras palavras, fazem a coisa menos gostosa e mais chata da lista de tarefas antes de qualquer outra. Depois disso, estão livres para lidar com o que as inspira e anima.

Leia também: 5 maneiras de aumentar sua produtividade (e se conhecer melhor ao mesmo tempo)

4. Elas lutam contra a tirania do urgente

A tirania do urgente se refere à tendência que as pequenas coisas que devem ser feitas agora tem de entrar no caminho do que realmente importa. Isso cria um enorme problema, já que ações urgentes frequentemente têm pouco impacto.

Se você se rende à tirania do urgente, pode se encontrar passando dias ou mesmo semanas sem lidar com as coisas importantes.

Pessoas produtivas são boas em enxergar quando apagar incêndios está entrando no caminho de suas performances e estão dispostas a ignorar ou delegar as coisas que entram no caminho do progresso de verdade.

5. Elas mantêm o cronograma durante reuniões

Reuniões são a maior perda de tempo que existe. Pessoas ultra-produtivas sabem que reuniões vão se estender para sempre se deixarem, então informam todos logo no começo que o cronograma inicial será mantido. Isso cria um limite que motiva todos a serem mais focados e eficientes.

6. Elas dizem não

“Não” é uma palavra poderosa que pessoas ultra-produtivas não têm medo de usar. Quando é hora de dizer não, elas evitam frases como “não sei se posso” ou “não tenho certeza”.

Dizer “não” a um novo compromisso honra seus compromissos existentes e lhe dá a chance de cumpri-los com sucesso.

Pesquisas feitas pela University of California em São Francisco mostram que, quanto mais dificuldade você tem para falar “não”, maior a chance de se sentir estressado, ter burnout ou mesmo depressão.

Aprenda a usar o “não” e isso vai melhorar seu humor, assim como sua produtividade.

7. Elas só checam e-mails em períodos designados

Pessoas ultra-produtivas não permitem que e-mails sejam uma interrupção constante. Além de checar e-mails em certos horários, aproveitam opções que priorizam mensagens de acordo com quem enviou.

Ativam alertas para os vendedores mais importantes ou os melhores clientes e deixam o resto para ler quando chegar a hora.

Algumas pessoas inclusive colocam uma resposta automática para deixar claro quando vão checar seus e-mails novamente.

Leia também: Aplicativo Pomodoro: confira 3 opções gratuitas para melhorar sua produtividade

8. Elas não são multitaskers

Pessoas ultra-produtivas sabem que multitasking, ou fazer várias tarefas ao mesmo tempo, é um matador de produtividade.

Pesquisas da Stanford University confirmam que multitasking é menos produtivo que fazer uma coisa de cada vez.

Os pesquisadores descobriram que pessoas que são constantemente bombardeadas com diversas fontes de informação eletrônica não conseguem prestar atenção, lembrar de informações ou trocar de uma tarefa para outra tão bem quanto aquelas que completam uma coisa de cada vez.

Mas e se algumas pessoas têm habilidade natural de multitasking? Os pesquisadores de Stanford compararam grupos baseados em sua tendência para multitasking e sua crença de que isso ajuda na performance.

E descobriram que os multitaskers intensos – aquelas que fazem várias tarefas ao mesmo tempo com frequência e acham que isso melhora sua performance – eram na verdade piores multitaskers que aqueles gostam de fazer uma coisa de cada vez.

Os multitaskers frequentes tiveram uma performance pior porque tiveram mais trabalho para organizar seus pensamentos e filtrar informações irrelevantes e eram mais lentos na hora de trocar entre tarefas. Ouch.

O multitasking reduz sua eficiência e sua performance porque seu cérebro só consegue focar em uma coisa de cada vez.

Quando você tenta fazer duas coisas ao mesmo tempo, seu cérebro não tem a capacidade de fazer ambas com sucesso.

Leia também: Os segredos de produtividade do ex-presidente Barack Obama

9. Elas saem do radar

Não tenha medo de sair do radar quando precisar. Dê um número de emergência para alguém em quem você confia e deixe que aquela pessoa seja seu filtro.

Tudo precisa passar por ela e tudo que não for repassado para você deve esperar. Essa estratégia é infalível para completar projetos altamente prioritários.

10. Elas delegam

Pessoas ultra-produtivas aceitam o fato de que não são as únicas espertas ou talentosas em suas organizações. Elas confiam que outros farão seu trabalho e assim podem focar no seu próprio trabalho.

11. Elas deixam a tecnologia trabalhar a seu favor

Tecnologias são muito criticadas por serem uma distração, mas podem ajudar a manter o foco. Pessoas ultra-produtivas colocam a tecnologia para trabalhar a seu favor.

Além de configurar filtros em seus e-mails para que as mensagens sejam organizadas e priorizadas automaticamente, usam apps como IFTTT, que configura contingências em seu smartphone e alerta quando algo importante acontece.

Desse jeito, quando uma ação atinge um dado preço ou você recebe um e-mail de seu melhor cliente, vai saber. Não é preciso checar seu telefone constantemente em busca de updates.

Conclusão

Todos estamos em busca de jeitos para aumentar a produtividade ou eficiência. Espero que essas estratégias o ajudem a encontrar aquele toque extra.

Artigo originalmente publicado no LinkedIn.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo