Um Projeto: Fundação Estudar

Se você não planejar sua carreira, vai deixar outra pessoa fazer isso por você

Por Tradução do LinkedIn

Especialista em design de estratégias e liderança, Greg McKeown apresenta uma reflexão de 8 passos para ter a carreira que você quer

O inglês Greg McKeown é hoje CEO da THIS, Inc., uma agência de design de estratégias e liderança no Vale do Silício. É também autor de bestsellers como Essencialismo – A disciplinada busca por menos, um dos jovens líderes escolhidos pelo Fórum Econômico Mundial e dono de um MBA da Stanford Graduate School of Business.

Em um post no LinkedIn, ele garante que tudo isso é consequência direta de uma reflexão profissional que teve quando ainda morava do outro lado do oceano. São oito passos que passam a limpo os últimos doze meses e criam uma trilha para os próximos doze, tudo em torno de um grande objetivo.

A crença de McKeown – de que se você não tomar as rédeas de sua carreira, outra pessoa tomará – ecoa a opinião de Tâmara Andrade, responsável pela seleção e desenvolvimento de talentos do Vetor Brasil, programa de trainees que leva jovens de alto potencial para trabalhar na gestão pública. “Se você não escolhe, acaba sendo levado pelo caminho que alguém está traçando para você. Uma não-escolha também é uma escolha”, disse ela ao Na Prática.

Leia abaixo a tradução do Na Prática e teste você mesmo o sistema de McKeown:

Certa vez, um cliente respondeu uma de minhas perguntas dizendo: “Greg, estou muito ocupado vivendo para pensar sobre a vida!” Seu comentário espontâneo destacou algumas armadilhas em que caímos às vezes. Em apenas um exemplo: é fácil ficarmos tão focados em nossas carreiras que esquecemos de realmente pensar nelas.

Para evitar essa armadilha, sugiro que você arrange algumas horas durante as férias de fim de ano para seguir esses passos simples e refletir sobre sua carreira.

Passo 1: Recapitule os últimos 12 meses

Revise o ano, mês a mês. Faça uma lista de onde passou seu tempo: inclua seus grandes projetos, responsabilidades e conquistas. Não precisa complicar demais.

Passo 2: Pergunte-se: “O que é novidade?”

Olhe sua lista e reflita sobre o que realmente está acontecendo. Pense como uma jornalista e se pergunte: por que isso importa? Quais são as tendências aqui? O que acontece se essas tendências continuarem?

Passo 3: Pergunte-se: “O que eu faria se pudesse fazer qualquer coisa na carreira?”

Apenas faça um brainstorming sem se deixar levar pelas autocríticas. Apenas escreva as ideias que vierem à cabeça.

Passo 4: Volte e passe mais tempo no Passo 3

Frequentemente começamos nosso planejamento de carreira com a segunda melhor opção em mente. Sabemos mais ou menos o que amaríamos fazer, mas imediatamente empurramos a opção de lado.

Inscreva-se no curso por e-mail: Como se autodesenvolver

Por que? Tipicamente porque “não é realista”, código para “não consigo ganhar dinheiro com isso”. Nessa economia – em qualquer economia –, entendo porque fazer dinheiro é um ponto crítico. No entanto, às vezes deixamos passar caminhos de carreira legítimos porque os deixamos de lado depressa demais.

Passo 5: Escreva 6 objetivos para os próximos 12 meses

Faça uma lista dos top seis objetivos que você gostaria de conquistar em sua carreira esse ano e organize-os em ordem de prioridade.

Passo 6: Elimine os cinco últimos

Quando você estiver de volta ao redemoinho de trabalho, vai se beneficiar de ter um único objetivo de carreira como sua “estrela guia” durante o ano.

Passo 7: Faça um plano de ação para esse mês

Faça uma lista de conquistas fáceis que você gostaria de obter nas próximas 3-4 semanas.

Passo 8: Decida para o que vai dizer “não”

Faça uma lista das coisas “boas” que serão obstáculos para a conquista de seu “grande” objetivo de carreira. Pense em como deletar, negar ou delegar essas outras tarefas. Ralph Waldo Emerson disse que “o crime que leva homens e nações à falência é deixar de lado seu propósito principal para fazer um trabalho aqui e ali”.

Há muitos anos, eu segui esse processo e – sem exagero – mudou minha vida. O insight que ganhei me fez deixar a faculdade de Direito, sair da Inglaterra, mudar para os EUA e começar minha trajetória como professor e autor. Você está lendo isso por conta dessa escolha. Segue sendo a decisão de carreira mais importante da minha vida.

Duas horas bem aproveitadas durante as próximas semanas podem facilmente aprimorar sua qualidade de vida durante as próximas 8760 horas do ano que vem – e talvez muito além delas. Afinal, se não projetarmos nossa carreira, vamos deixar para outra pessoa.

Leia também: 4 passos para ter clareza sobre seus objetivos na carreira

Artigo originalmente publicado no LinkedIn

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo