Um Projeto: Fundação Estudar
Questionário Proust

Conheça melhor a si mesmo (e aos outros) com o Questionário Proust

Por Suria Barbosa

Entenda o Questionário Proust, conjunto de perguntas aplicadas desde a Era Vitoriana, que pode te ajudar a conhecer aspectos inexplorados da sua personalidade – e da dos outros.

O Questionário Proust consiste em uma série de perguntas sobre a personalidade, conhecidas após a popularização das respostas do escritor francês que lhe dá o nome, Marcel Proust. Com temas que proporcionam a reflexão, o questionário favorece o autoconhecimento. Além disso, pode ser utilizado por quem busca compreender melhor outros – seu propósito inicial. 

Sua origem se deu no Reino Unido, durante a Era Vitoriana (de 1837 a 1901), a partir dos “confession books” (em português, “livros de confissões”), em que os participantes respondiam perguntas pessoais. As questões, que vão desde gostos a percepções, variavam de acordo com cada edição dos livros.

Leia mais: Roda da Vida: entenda a ferramenta de autoconhecimento para carreira e vida pessoal

À pedido de uma amiga, em 1886, Proust, na época adolescente, respondeu pela primeira vez às perguntas de um destes álbuns, chamado Confessions. An Album to Record Thoughts, Feelings, &c. Depois de sua morte, em 1924, quando ele já era reconhecido como grande escritor, o livro foi encontrado e seu conteúdo massivamente divulgado. Em 2003, o exemplar original respondido por Proust foi leiloado por cerca de 102 mil euros.

Marcel Proust
Marcel Proust / Reprodução Goodreads

 

Antes um passatempo da classe alta, depois de popularizado os questionários começaram a inspirar entrevistas contemporâneas – sendo os conjuntos de perguntas a que Proust respondeu os mais utilizados como base.

Bernard Pivot, apresentador do talk-show francês “Apostrophes”, foi um dos primeiros a fundamentar suas entrevistas no Questionário Proust. James Lipton, apresentador do programa americano “Inside The Actors Studio” se inspirou em Pivot e fez o mesmo. Outro exemplo é a famosa revista americana “Vanity Fair”, que regularmente submete figuras de diversas áreas, como Donald Trump e David Bowie, às questões.  

Perguntas que compõem o Questionário Proust

Questionário Proust
Questionário Proust / Reprodução Open Culture

 

Como mencionado, as perguntas eram diferentes a cada álbum “confessions”. No entanto, os questionários mais famosos são os que o escritor francês respondeu.

Ainda que algumas perguntas do Questionário Proust possam ser menos relevantes atualmente, a atividade oferece possibilidade de autorreflexão e pode levar à conclusões desconhecidas sobre si mesmo. Também serve se o intuito é conhecer melhor outra pessoa, basta compartilhá-lo.

Confira a lista de perguntas e as respostas originais de Proust, traduzidas do site Open Culture, pelo Na Prática.

1. Qual o aspecto mais marcante de sua personalidade?

“Um desejo de ser amado, ou, para ser mais preciso, ser acarinhado e mimado, muito mais do que ser admirado.”

2. Qual é a qualidade que você mais gosta em um homem?

“A inteligência e o senso moral.”

3. Qual é a qualidade que você mais gosta em uma mulher?

“Encantos femininos.”

4. Qual sua principal característica?

[em branco]

5. O que você mais valoriza em seus amigos?

“Ter carinho por mim e se a sua personalidade é extraordinária o bastante para que seu carinho seja ainda mais valioso.”

6. Qual é a característica que você menos gosta em você?

“Não saber, não ser capaz de ‘querer’.”

7. Qual seu passatempo favorito?

“Amar.”

8. Qual sua ideia de felicidade?

“Receio que ela não seja incrível o suficiente, não me atrevo a falar, tenho medo de destruí-la falando-a.”

9. Qual sua ideia de tristeza?

“Não ter conhecido minha mãe ou minha avó.”

10. Se não fosse você, quem gostaria de ser?

“Eu mesmo, como as pessoas que admiro gostariam que eu fosse.”

11. Onde gostaria de morar?

“Um país onde certas coisas que eu gostaria se realizassem como por mágica, e onde o carinho seria sempre retribuído.”

12. Qual sua cor favorita?

“A beleza não está nas cores, mas na harmonia delas.”

13. Qual seu pássaro favorito?

“Andorinha.”

14. Quem são seus escritores favoritos?

“Atualmente, Anatole France e Pierre Loti.

15. Quem são seus poetas favoritos?

“Baudelaire e Alfred de Vigny.”

16. Quem é seu herói favorito da ficção?

“Hamlet.”

17. Quem é sua heroína favorita da ficção?

“Berenice [de Jean Racine].”

18. Quem são seus compositores favoritos?

Beethoven, Wagner e Schumann.”

19. Quem são seus pintores favoritos?

Leonardo da Vinci e Rembrandt.”

20.Quem são seus heróis na vida real?

“Sr. Darlu, sr. Boutroux.”

21. Quais são suas heroínas favoritas da história?

“Cleópatra.”

22. Quais são seus nomes preferidos?

“Eu só tenho um de cada vez.”

23. O que você mais odeia?

“O que é ruim sobre mim.”

24. Quais são as figuras históricas que você mais despreza?

“Não sou instruído o suficiente.”

25. Qual o evento militar que você mais admira?

“Meu serviço militar!”

26. Que talento você mais queria ter?

“Força de vontade e sedução.”

27. Como você quer morrer?

“Melhorado – e amado.”

28. Qual é seu estado de espírito atual?

“Entediado por ter pensado em mim mesmo para responder a todas essas perguntas.”

29. Por quais defeitos você tem mais compaixão?

“Aqueles que entendo.”

30. Qual é seu lema?

“Tenho medo de que contar me traga má sorte.”

 

Dica do Na Prática:

Conhecer de perto as etapas de um processo seletivo e entender como acontece cada uma delas aumenta as suas chances de contratação. Se você ainda não se sente 100% confiante, não se preocupe, a Fundação Estudar reuniu as maiores referências no assunto em um curso online para te ajudar neste desafio. Inscreva-se agora com 20% de desconto com o cupom PROCSEL-20 clicando aqui.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo