prêmio para mulheres empreendedoras

O Banco Mundial recebe até 30 de junho as inscrições para a iniciativa “SDGs and Her”, destinada a reconhecer e oferecer um prêmio para mulheres empreendedoras. Como o nome sugere, as selecionadas devem contribuir para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (SDG, na sigla em inglês) por meio de seus negócios.

Para ser elegível, é necessário ter um empreendimento há, no mínimo, três anos e contar ao menos com um funcionário. Para se encaixar nesse requisito, o máximo de empregados deve ser de nove pessoas. Outros critérios determinados pelo Banco Mundial podem ser verificados pelo site oficial da iniciativa.

Como se candidatar ao prêmio para mulheres empreendedoras

A inscrição deve ser feita por meio do formulário padrão, disponibilizado pelo Banco Mundial. Nele, é necessário descrever o próprio negócio e de que forma ele contribui para um ou mais dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

 

 

Todas as candidaturas passam pelo crivo da universidade parceira, a Wharton School da Universidade da Pensilvânia, além de serem avaliadas por especialistas.

Como prêmio, as mulheres empreendedoras selecionadas embarcam para um evento das Nações Unidas em Nova York, em setembro deste ano. E, ainda, passam por um treinamento em liderança, bem como por um programa de mentoria.

Para saber mais sobre a iniciativa, focada em mulheres empreendedoras, basta acessar o site.

Esta matéria foi originalmente publicada pelo portal Estudar Fora, da Fundação Estudar

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!
Casdastro realizado, fique ligado para os conteúdos exclusivos!
Seu cadastro não foi realizado, tente novamente!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: