Um Projeto: Fundação Estudar
represa de indaiazinho

Omega Energia na prática: conheça o CEO da empresa

Por Tiago Mittraud

Antonio de Bastos Filho conta sua trajetória profissional e dá dicas aos jovens que estão começando sua carreira

“Desde os 12 anos, já sabia que queria empreender. O que eu não tinha claro era como seria o caminho até me tornar de fato um empreendedor”, diz Antonio de Bastos Filho, que hoje é fundador e diretor presidente da Omega Energia. A empresa – controlada pela gestora de recursos brasileira Tarpon – atua na prospecção, desenvolvimento, aquisição, implantação e operação de ativos sob rigorosos padrões de sustentabilidade. Possui projetos hidrelétricos de médio e pequeno porte e eólicos.

O primeiro passo de Antonio na direção de empreender foi estudar Administração de Empresas, na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo. “Eu tinha tanta ansiedade para colocar a mão na massa, que já no início da faculdade comecei a estagiar numa Trading Company, companhia que importa e exporta bens e commodities. Participava de processos de estruturação financeira e intermediando negócios de financiamento, mas tive a oportunidade de mudar de posição dentro da empresa várias vezes”, conta.

Depois disso, ele foi convidado para trabalhar com internet. “O setor nunca tinha me chamado a atenção, mas fui motivado pelo desafio e o grau de relevância e inovação do projeto em que ia trabalhar. Sentia que poderia impactar muita gente”, diz. Da mesma forma, agarrou com todas as forças a oportunidade de dirigir uma empresa de energia renovável, que também tem um impacto imenso na vida das pessoas. “Ter um impacto positivo no Brasil e nas pessoas é o principal motivo pelo qual sempre quis ser empresário. E a eletricidade é hoje algo fundamental para qualquer um, do industrial à dona de casa que participa do Luz para Todos (programa de eletrificação rural do governo)”, destaca. O principal legado que espera deixar para o Brasil é energia limpa vendida a um preço justo.

[Antonio de Bastos Filhos, CEO da Omega]

Aos jovens que estão começando em sua carreira, ele dá algumas lições:

Marca pessoal

“Seja fiel ao seu próprio jeito e observe seus pontos fortes. Muitas vezes, o mercado vai te puxar para a média, mas você deve buscar ser o melhor no que já é bom.”

Escolhas profissionais

“Busque conhecimentos em tudo o que faz sentido para você, e assim poderá atuar bem em múltiplos setores na sua trajetória. Ser eclético não quer dizer ser superficial.”

Gestão de pessoas

“Um bom líder sabe compartilhar sua visão e é capaz de mobilizar pessoas. Um bom líder toma riscos, ousa, tenta fazer diferente. E tem que haver coerência entre o que se fala e o que se faz.”

Motivação no trabalho

“Garantir que as pessoas estejam felizes no trabalho não é simples, mas você pode colaborar para que elas se sintam úteis e tenham relevância naquilo que fazem todos os dias. Para isso, é preciso ter sensibilidade para entender o que conecta cada uma delas com a empresa e seu propósito.”

Indústria de energia

“A complexidade do setor energético é muito grande, especialmente pela quantidade de stakeholders com perfis e interesses diversos. É preciso manter as “best practices”, ter valores enraizados, lutar muito para ser melhor todos os dias, e nunca se corromper.”

Cultura empresarial

“A cultura de uma empresa deve ser introduzida pelo exemplo. Se você executa mal o que prega, tudo pode se desfazer. Na Omega, trabalhamos em rede, não ligamos para hierarquias, crescemos pelo mérito. E trabalha com a gente quem compartilha do nosso propósito e dos nossos valores.”

Recrutamento e seleção

“O jeito de pensar e a atitude define quem escolhemos para trabalhar na Omega. Não adianta o candidato ter todos os conhecimentos técnicos para a vaga, se ele não tem nosso DNA. Ajustar as pessoas ao nosso modelo não funciona, e não é bom nem para ela, nem para nós.”

Sonho grande

“Nunca abra mão dos seus sonhos e busque associar-se com pessoas que os compartilhem e que tenham os mesmos valores que você. É preciso ter simbiose para trabalhar bem em conjunto.”

Leia também: Energia, bons ventos no setor

Esta reportagem faz parte da seção Explore, que reúne uma série de conteúdos exclusivos sobre carreira em negócios. Nela, explicamos como funciona, como é na prática e como entrar em diversas indústrias e funções. Nosso objetivo é te dar algumas coordenadas para você ter uma ideia mais real do que vai encontrar no dia a dia de trabalho em diferentes setores e áreas de atuação.


O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo