Um Projeto: Fundação Estudar
Renata Moraes, fundadora e CEO da startup de liderança feminina Impulso Beta

O que essa empreendedora aprendeu com uma startup que promove a liderança feminina

Por Redação, do Na Prática

Fundadora da Impulso Beta, uma startup que oferece soluções para promover igualdade de gênero no mercado de trabalho, Renata Moraes fala sobre desafios e empoderamento feminino

Entre 2010 e 2015, a jovem Renata Moraes trabalhou na na Fundação Estudar, então uma organização composta por poucas pessoas que faziam de tudo um pouco.

A experiência com essa mentalidade empreendedora e com os cursos de formação de liderança da ONG – que está com inscrições abertas para seu programa de trainee até 08/10 – se cristalizaram numa vontade de trabalhar para promover a liderança feminina de maneira inovadora.

Baixe o ebook: Tudo Sobre Liderança Feminina

“Ficou claro para mim que as mulheres precisavam de conselhos diferentes”, explica. “E começamos a perceber que era necessário trabalhar com as empresas para que elas mudassem suas políticas e processos.”

Ao conciliar a vontade de empreender e seu propósito – promover a igualdade de gênero no mercado de trabalho –, surgiu a Impulso Beta, uma startup com viés bastante prático e que oferece soluções para promover a igualdade no mercado de trabalho e alavancar a carreira das mulheres.

Através de cursos, diagnósticos e workshops, entre outros produtos, a Impulso Beta ajuda tanto a capacitar mulheres quanto auxiliar empresas que querem construir ambientes corporativos inclusivos para atrair, reter e desenvolver talentos femininos de forma estratégica.

Naturalmente, empreender traz uma série de desafios.

Criar algo novo num terreno ainda pouco explorado no país – que, como o resto do mundo, ainda tem muito a fazer quando se trata de atingir a igualdade de gênero no mercado de trabalho – traz um número maior ainda.

Começar a reflexão, no entanto, é o primeiro passo. O segundo é transformá-la em ação e colocar a mão na massa. “Estamos fazendo nosso papel”, fala Renata. “Sinto que realmente estamos mudando o Brasil, pouco a pouco.”

Leia também: O sonho grande de ter mais mulheres brasileiras na liderança


4 dicas de liderança feminina da Impulso Beta

  1. Rompa crenças limitantes
    Realização pessoal e profissional podem andar juntas mesmo se suas ambições de carreira forem enormes.
  2. Escolha bons parceiros
    Se for se casar, certifique-se que a pessoa torce pelo seu sucesso e valoriza tanto sua carreira quanto a dela.
  3. Escolha uma empresa que acredita em mulheres
    Há empresas comprometidas em encontrar soluções para incluir mulheres: busque-as! Para empreendedoras, isso pode ser aplicado em relação aos clientes.
  4. Não espere que seu trabalho fale por você
    Trabalhe duro, mas saiba se autopromover, buscar visibilidade e construir relacionamentos. Ninguém fará isso por você.

Baixe o ebook: Tudo Sobre Liderança Feminina

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo