Um Projeto: Fundação Estudar
Mariana Mayumi

Liderança feminina: uma trajetória para se inspirar

Por Suria Barbosa

Conheça a história da Gerente Geral de Relações com Investidores e Tesouraria da Votorantim S.A., Mariana Mayumi, e aprenda lições valiosas para a sua carreira - dentro ou fora da área de finanças.

Você sabia que as organizações que possuem pelo menos uma mulher em seu time de executivos são mais lucrativas e crescem muito mais rápido? Segundo um estudo sobre diversidade conduzido pela consultoria McKinsey, que comparou gênero e dados financeiros, empresas com esse perfil têm 50% a mais de chances de aumentar a rentabilidade e 22% de crescer a média da margem Ebitda. Mas apesar destes resultados, apenas 32% das organizações participantes da pesquisa afirmaram ter pelo menos uma representante feminina entre seus executivos.

A Gerente Geral de Relações com Investidores e Tesouraria da Votorantim S.A., Mariana Mayumi, faz parte dessa minoria de líderes mulheres. Na empresa há 8 anos, atualmente ela ocupa uma posição de destaque na área financeira. Entre outras atividades, é responsável pela gestão do caixa e do relacionamento com investidores.

Formada em Administração, ela diz que começou a sua carreira como muitos de seus colegas de faculdade: trabalhando em um banco. Quando decidiu ir para o outro lado da mesa, no entanto, começou a procurar oportunidades na área financeira de grandes empresas.

Programa de contratação

Acabou, enfim, entrando na Votorantim S.A. como Consultora de Tesouraria, atuando como uma especialista em emissão de dívidas externas e em estruturação de operações.

“No início, eu tinha uma visão bem especialista, mas com o tempo, fui agregando outros tipos de produtos financeiros dentro da minha atividade. Isso foi bem interessante porque aprendi muitas coisas novas e conheci diversos tipos de operações”, comenta.

Para ela, quando o quesito é aprendizado, trabalhar em uma holding com várias frentes é um grande diferencial: “pude aprender muito mais por ser um conglomerado de empresas.”

As características essenciais para quem quer crescer na carreira

Para chegar até a posição de liderança que ocupa hoje, ela acredita que o desenvolvimento da parte técnica foi essencial, mas sozinho não bastaria. O desenvolvimento de habilidades também relacionadas à gestão de pessoas foi fundamental.

“Eu acho que a construção do meu time foi a parte mais interessante. Cuidar de gente, de quem trabalha todo dia comigo, é muito relevante”, conta.

Pensando na construção da sua carreira até aqui, a gerente da Votorantim S.A. acredita que gostar de desafios foi o fator que teve maior relevância dentro da sua trajetória.

“Tanto na vida pessoal quanto na profissional, estar disposta para encarar desafios é realmente importante. Vamos enfrentar vários obstáculos e ter a persistência necessária para conseguir vencer é fundamental. Dedicação é algo que faz parte da minha história!”

Além disso, ela destaca a necessidade de ter muita vontade de aprender, a curiosidade para correr atrás de assuntos que ainda são desconhecidos e o autoconhecimento.

“Outro ponto essencial é saber exatamente no que você é bom e no que ainda tem que melhorar. Só assim você consegue se aprimorar, pedir ajuda quando não sabe e reconhecer quando errou… Todos esses pontos foram essenciais para eu chegar até aqui.”

Leia também: Qual é o perfil buscado pelas áreas de finanças?

Dicas para quem está no início de carreira

Se você está entrando no mercado agora e tem como objetivo alcançar um cargo de liderança no futuro, nada melhor do seguir as dicas de quem já teve sucesso diante dessa meta.

Mariana destaca três pontos importantes:

#1 Buscar por empresas que você se identifique pessoalmente

“Minha melhor decisão foi nunca desistir de encontrar um lugar com que eu me identificasse. Não adianta estar em uma empresa e todo dia ser um sacrifício sair da cama.”

#2 Permitir-se errar

“É importante buscar por gestores que entendem que o erro é bem-vindo. Óbvio que não dá para errar sempre, você aprende e não erra mais”, brinca. “Mas as falhas fazem parte para você alcançar algo maior.”

#3 Buscar conhecimento (inclusive para além da sua área)

Continuar estudando tem que ser parte da rotina de qualquer profissional. Na internet tem muito conteúdo bom que pode ser visto de casa. O jovem tem que aproveitar essa oportunidade.

Mesmo em Finanças, você tem que conhecer um pouco de tudo. Não adianta ser ótimo em cálculo e em planilhas, se você não entende um pouco de política, de economia, de questões globais. Estar conectado com tudo é super valioso e acredito que seja um diferencial para um bom profissional.”, conclui.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo