Um Projeto: Fundação Estudar
processo seletivo do BCG

BCG tem processo seletivo com vagas de estágio e efetivas

Por Suria Barbosa

Nesta edição da seleção da consultoria estratégica Boston Consulting Group, há oportunidades de estágio, estágio de verão e efetivação. Formandos e recém-formados podem se inscrever online.

O Boston Consulting Group (BCG) abriu seu processo seletivo do primeiro semestre de 2019. Há vagas efetivas (Associates), para graduados desde 2016 (ou graduandos em 2019), de estágio, para os que tem previsão de formação até 2021 e de estágio de verão (Summer Intern), para estudantes que se formam até 2022. As inscrições estão abertas até 28 de agosto e podem ser realizadas pelo site do BCG

Fundado em 1963 e com escritórios em 90 cidades, 50 países, e mais de 14 mil funcionários, o BCG está entre as mais conhecidas empresas do ramo de consultoria de gestão e estratégia de negócios do mundo. No Brasil, possui escritórios em São Paulo e no Rio de Janeiro. Entre as indústrias com que trabalha estão a automotiva, de educação, instituições financeiras, energia e meio ambiente, bens de consumo, metais e mineração, saúde, tecnologia e mídia.

Como participar do processo seletivo do BCG

A primeira etapa do processo seletivo do BCG consiste em uma prova 100% online, que pode ser realizada nos dias 31 de agosto ou 1º de setembro, às 11h ou 15h. Para participar, no entanto, é preciso se inscrever pelo site até o dia 28 de agosto. 

Cursos da Fundação Estudar

Além disso, quem quer saber mais sobre a companhia, receber dicas para o processo seletivo e fazer networking pode comparecer a um dos eventos que o BCG promove em instituições de ensino pelo país no mês de agosto. Inclusive, voltados para grupos específicos, como mulheres, LGBTQ+, Master & PhDs. A presença também requer uma inscrição online própria, mas os eventos não são obrigatórios ou desclassificatórios na seleção.

Nesta edição, as cidades que receberão os eventos presenciais são: Belo Horizonte (MG), São Carlos (SP), São Paulo (SP), Campinas (SP), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Curitiba (PR). A consultoria também promove eventos virtuais, que visam atender àqueles que não puderem comparecer em nenhuma das ocasiões.

Para os que forem aprovados na prova, a segunda etapa consiste em uma análise de currículo, histórico escolar mais recente – da graduação, pós-graduação, mestrado, etc. – e envio de um vídeo. A terceira etapa, chamada de First Round, é composta por duas entrevistas presenciais (de 45 minutos cada), em formato de estudo de caso, realizadas por líderes de projeto ou consultores seniores. 

Por fim, a quarta fase, ou Decision Round, também inclui duas entrevistas de case, de 45 minutos cada. Nesta fase, porém, os candidatos são avaliados por sócios ou diretores da consultoria. Antes das entrevistas, quem participa do processo seletivo do BCG tem acesso a um treinamento, o Crack the Case. As entrevistas são presenciais, mas podem ser realizadas remotamente se houver necessidade, assim como todas as fases da seleção.

Leia também: Entenda o processo seletivo do BCG, uma das principais consultorias do mundo

Como se preparar

Concorrido, o processo seletivo do BCG requer preparação. Tanto que essa é a principal dica do estagiário Jonas Koch e da associate Carolina Boscarino.: estude desde a primeira prova, inclusive fazendo as questões de GMAT (Graduate Management Admission Test). “No meu caso, encontrei no clube de consultoria um espaço para treinar, evoluir minhas capacidades, de quebra, pode fazer novos amigos”, conta Carolina. “Para mim foi o que fez a maior diferença porque resolver cases interagindo com alguém é muito diferente que treinar solo.”

Para Jonas, um fator importante e valorizado nos candidatos é ter visão de mercado. “Eu procurei entender como os mercados funcionam e como as indústrias fazem dinheiro.” Em sua entrevista com um dos sócios, teve sua opinião sobre um mercado específico questionada.”Eu tinha algumas informações importantes que já tinha estudado. Além disso, foi interessante contar a história por trás de onde as consegui”, diz. “É claro que isso não vai acontecer sempre, mas quando você adquire noção de quatro ou cinco indústrias, existe uma grande possibilidade de você mostrar o seu conhecimento referente à elas.”

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo