Um Projeto: Fundação Estudar

Apoiada pelo Fórum Econômico Mundial, rede Global Shapers seleciona novos membros brasileiros

Por Redação, do Na Prática

São mais de 6 mil voluntários em 170 países trocando experiências e impactando suas comunidades locais; saiba como se inscrever para atuar no país

Presente em onze cidades brasileiras, a comunidade Global Shapers quer ampliar sua presença nacional e convoca novos voluntários até 10/2.

Trata-se de uma rede mundial de jovens apoiada pelo Fórum Econômico Mundial (WEF) e que busca inovar e impactar positivamente suas cidades e seus países através de ideias, empreendedorismo, troca de experiências e networking.

Um exemplo dessa influência na prática é a plataforma brasileira de educação política Politize!, que distribui informações e ebooks explicativos e apartidários gratuitamente.

Juliana Teles, cofundadora do Impact Hub Manaus, é membro do Global Shapers desde 2014. “São pessoas com entre 20 e 30 anos que atuam em diferentes áreas e se unem para pensar em ações de impacto para a cidade”, explica.

Ela também atuou também como curadora do hub brasileiro, ajudando a delinear e liderar suas ideias e representando-o em Genebra, no encontro anual de Global Shapers.

Juliana Telles


[Juliana Teles / Acervo pessoal]

Hoje, mais de seis mil jovens participam da iniciativa em 170 países. Alguns hubs também são selecionados pelo WEF para participar de sua reunião anual em Davos, quando grandes políticos, empresários e intelectuais se juntam para debater temas importantes para o desenvolvimento mundial.

Jovens interessados, abertos ao diálogo e que moram nos municípios em que a rede já atua – Brasília, Salvador, Florianópolis, Joinville, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Manaus, Belo Horizonte, Salvador e Curitiba – podem se inscrever no processo seletivo.

As inscrições são feitas online através do site oficial.

Leia também: O que o Fórum Econômico Mundial tem a dizer sobre o futuro do trabalho


O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo