Falta proximidade entre administração e tecnologia nas universidades brasileiras

Por meio de parceria inédita, USP e FGV inauguram curso conjunto para ensinar tecnologia e administração aos estudantes empreendedores

Rafael Carvalho, do , em 21.05.2015
homens trabalhando em grupo se divertindo [Queen'sUniversity]

A FGV (Fundação Getúlio Vargas), considerada a melhor escola particular de administração do país, e a Poli­-USP, melhor pública em engenharias, firmaram parceira para oferecer uma disciplina conjunta em empreendedorismo. A ideia do curso, denominado Criação de negócios tecnológicos, é capacitar alunos de graduação das duas escolas para a criação de novos negócios de base tecnológica, ou seja, startups e novas soluções que evolvem tecnologia.

Assista ao bate-papo do Na Prática com Rodrigo Kede, o mais jovem presidente da IBM Brasil

As duas escolas já tinham feito uma experiência anterior, em caráter embrionário, com trinta alunos das duas escolas,  mas as aulas aconteciam só na FGV e os docentes também eram apenas da escola de administração. Dessa experiência, participaram também mentores com uma trajetória empreendedora já solidificada. Entre os negócios que estão em desenvolvimento pelos alunos do grupo “embrionário” estão, por exemplo, uma solução de otimização de uso da água para irrigação agrícola e uma solução para monitoramento remoto de saúde de pacientes.

Leia também: Consultorias de tecnologia representam possibilidade de carreira para os ‘antenados’

Dessa vez, no entanto, a ideia é incentivar mais uma troca: cada semana o curso será em uma das instituições, e os professores serão das duas universidades. Para Sabine Righetti, especialista em políticas de educação e ciência e autora do blog Abecedário (onde a notícia foi primeiramente publicada), a experiência conjunta das duas escolas é interessante porque aproxima duas áreas que ainda estão separadas por muros nas instituições de ensino superior do Brasil: o conhecimento em administração e em tecnologia. Segundo ela, a união desses dois tipos de conhecimento é imprescindível para boa parte dos empreendedores. Juntas, uma escola se beneficia do conhecimento da outra. Quem já empreende sabe o quanto é importante aliar administração e tecnologia.