Um Projeto: Fundação Estudar

4 dicas de carreira de Chieko Aoki, presidente e fundadora do Blue Tree Hotels

Por Rafael Carvalho

Pelas dimensões do Blue Tree Hotels, grupo hoteleiro que criou, Chieko Aoki já foi considerada seguidas vezes uma das mulheres mais poderosas do país em listas elaboradas por publicações especializadas, como a Forbes

“Quando você pensa diferente e busca a perfeição, cria um legado”, diz Chieko Aoki. Para a fundadora e presidente da rede Blue Tree Hotels, esse processo é difícil porque “você tem que lutar com você mesmo todos os dias”. Formada em Direito, ela começou sua carreira na rede hoteleira na década de 80 e, em 1992, resolveu empreender e fundou o grupo que depois seria renomeado para Blue Tree Hotels – rede que hoje conta com 24 hoteis nas cinco regiões do país e emprega milhares de pessoas. 

Pelas dimensões do grupo que criou, já foi considerada seguidas vezes uma das mulheres mais poderosas do país em listas elaboradas por publicações especializadas, como a Forbes. Chieko também fez pós-graduação em Administração na Universidade de Sofia, no Japão, e cursou Administração Hoteleira na Universidade Cornell, nos Estados Unidos. “Com os japoneses, pude desenvolver habilidades comportamentais, como paciência e visão de longo prazo. Com os americanos, aprendi com sua praticidade e técnica”, diz.

A seguir, veja quatro dicas que ela compartilhou com exclusividade com os leitores do Na Prática, e que fazem parte do minicurso por email Conselho de CEO – Aprenda sobre a carreira em gestão empresarial com grandes líderes.

Conheça o Imersão Gestão Empresarial, veja as datas e participe

Dica 1: No fim, importa o que você faz (e não o que você sabe)

Chieko Aoki gosta da acróstico do CHÁ – conhecimento, habilidade e atitude – para se referir ao trio que compõe um bom profissional. No entanto, por mais que o conhecimento seja importante, a empreendedora reforça que no fim das contas o que interessa é o que você faz, e não o que você sabe. O conhecimento sem execução não gera valor para os clientes.

Dica 2: Mantenha aceso o espírito empreendedor

“Preencher a lacuna da oportunidade”. É assim que Chieko Aoki define a atitude empreendedora. Para ela, esse espírito é mais comum nos jovens, e começa a dar lugar a um comodismo conforme vamos crescendo na carreira – uma tendência que precisamos combater ativamente.

Dica 3: Não seja prisioneiro do hábito

Se você não questionar os seus hábitos, vai acabar caindo na armadilha do comodismo e, cedo ou tarde, estagnar na sua carreira. Quantas vezes você buscou novas formas de fazer as tarefas do seu dia a dia? É de perguntas assim que surge o legado.

Dica 4: Seja generoso

O ‘olhar da generosidade’ deve estar presente na visão do mundo do líder, para que ele consiga executar bem a sua tarefa de ajudar os clientes e facilitar a vida das pessoas.

Bônus: Como sobreviver às crises?

“Não adianta só ter competência”, alerta Chieko Aoki.

Assista à entrevista completa com Chieko Aoki

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo