Um Projeto: Fundação Estudar
como não levar críticas para o lado pessoal

Feedback negativo? 5 conselhos para não levar as críticas para o lado pessoal

Por Tatyane Mendes

Receber um feedback negativo pode ser difícil, mas é parte importante do desenvolvimento profissional. O Na Prática separou dicas de escritora Beth Skwarecki psicóloga Harriet Lener para lidar bem com a situação.

Em um ambiente corporativo é comum que gestores deem feedback para seus colaboradores, ou seja, avaliem ações e resultados e deem um retorno sobre a performance. O intuito é fazer com que cada pessoa possa se desenvolver dentro da empresa, melhorando suas fraquezas e fortalecendo suas habilidades. 

Contudo, é possível receber um retorno negativo em forma de crítica. Não é fácil lidar com o criticismo, principalmente para as pessoas mais sensíveis. Para sobreviver a esse tipo de situação, o Na Prática separou 5 conselhos da escritora Beth Skwarecki e da psicóloga Harriet Lener para não se apegar ao feedback negativo. 

5 conselhos para não levar as críticas para o lado pessoal

#1 Aceite que, eventualmente, irá acontecer

Beth afirma que a única maneira de evitar as críticas é se ninguém souber que você existe. Ela argumenta que assim que você expõe para o mundo, as pessoas irão criar opiniões sobre você. Ninguém, não importa quão bem sucedido seja, é amado por todos e quando você pensa dessa maneira, ser criticado é um sinal de que alguma coisa você está fazendo certo, garante Beth. 

#2 Observe quem está te criticando

Ela ainda recomenda avaliar se a opinião da pessoa que te critica é relevante para você. É diferente receber uma crítica do seu chefe ou de um amigo próximo do que de uma pessoa desconhecida que esbarrou com você em uma rede social. 

#3 Escute calmamente 

Harriet afirma que quando escutamos algo que discordamos tendemos a nos colocar na defensiva. Portanto, é importante respirar fundo, não focar no que parece errado, avaliar se existem pontos nos quais você possa concordar, não argumentar ou interromper a pessoa. Ao fim da conversa, informe que você vai avaliar os pontos discutidos. 

Leia também: 3 estratégias para lidar com chefes difíceis

#4 Entenda que opiniões não são fatos

Mesmo que a pessoa tenha boa intenção ao fazer uma crítica, o julgamento dela é humano e, portanto, falho. Sem levar em conta que o outro interpreta e reage de forma pessoal. Como isso chega em você, pode não ser 100% como de fato ocorreu. Com o que lhe é passado, você ainda tira suas próprias conclusões. Tente não se fixar em uma única interpretação do porquê alguém te deu determinado retorno. 

#5 Seja verdadeiro com você mesmo

Se depois de avaliar com calma você perceber que não concorda com a crítica, mostre gentilmente para o outro como você enxerga as coisas. Não abra espaço para insultos. Caso eles ocorram, o melhor a fazer é se retirar e continuar em outra oportunidade. 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo