Um Projeto: Fundação Estudar
Grupo da Yunus & Youth posa para foto

Conheça a Yunus & Youth, que ajuda jovens a se tornarem empreendedores sociais

Por Rafael Carvalho

A organização foi criada sob mentoria do professor Muhammad Yunus e hoje impacta jovens do mundo inteiro e mantém seu principal escritório no Brasil

A Yunus & Youth, organização criada por jovens transformadores e inspirada no conceito de negócios sociais do economista Muhammad Yunus, está com inscrições abertas para o Fellowship Program – um programa que busca apoiar o desenvolvimento de jovens empreendedores sociais pelo mundo todo por meio de mentoria e treinamentos. Os interessados podem se candidatar até o dia 4 de abril.

O Na Prática conversou com Bozhanka Vitanova, uma das fundadoras da organização, para entender um pouco mais sobre a Yunus & Youth e o programa de fellowship.

Nascida na Macedônia, Bozhanka vivia como estudante na Alemanha quando teve o seu primeiro contato com negócios sociais, em uma palestra da Grameen Creative Lab – entidade ligada ao Yunus Centre, de Muhammad Yunus, considerado o pai do termo ‘negócio social’.

Alguns anos depois, em 2013, viajou para Kuala Lampur, na Malásia, para participar do principal evento organizado pelo Grameen Creative Lab: o Social Business Summit. Lá, encontrou diversos outros jovens em busca de uma carreira com impacto.

Leia também: Conheça a Artemisia, organização que investe alto em impacto social

“Percebemos que tinha muita gente nova com vontade de se envolver no mundo do empreendedorismo social, e no entanto quase não existiam oportunidades ou recursos para dar suporte a essas pessoas. Então tivemos a ideia de começar uma organização com esse objetivo: ajudar os jovens a se tornarem empreendedores sociais”, ela conta. Foi aí que surgiu a proposta de criação da Yunus & Youth, apresentada aos convidados da conferência a ao próprio professor Yunus.

Uma coisa interessante acontece quando jovens ambiciosos sobem em um palco e declaram que querem ajuda para moldar o futuro do planeta. Os quatro fundadores da organização logo perceberam que poderiam contar com o apoio de muita gente boa, de CEOs de empresas Fortune 500 a empreendedores de sucesso e até mesmo políticos, e que todas essas pessoas estavam dispostas a compartilhar suas experiências e expertise com a nova geração de empreendedores sociais.

O próprio Yunus ficou bastante interessado pelo projeto, e reuniu-se com os fundadores em Bangladesh algumas semanas depois da conferência. Ele ajudou na formulação de um plano de negócios para a Yunus & Youth (Y&Y), e foi assim que a organização começou a sair do papel.

Leia também: Veja a história do sócio de uma grande corretora de valores que criou um negócio social na área de finanças

Rede internacional O QG da Y&Y está no Brasil, para onde Bozhanka e outra fundadora se mudaram e deram início as atividades da organização, em parceria com a brasileira Maria Martinez e contando também com o apoio do Yunus Negócios Sociais, unidade brasileira ligada a empresa global Yunus Social Business initiatives (também fundada pelo economista que dá nome à organização). Hoje Bozhanka mora nos Estados Unidos, onde uma parte da equipe também está baseada. Há ainda escritórios locais em Marrocos, Malásia e Austrália.

O impacto, no entanto, é global. Isso porque o carro-chefe da organização, o Fellowship Program, consegue atingir jovens do mundo inteiro através do suporte oferecido de maneira virtual. “O programa acontece totalmente online, de forma que localização não é um problema”, explica Bozhanka. Ainda assim, a entidade também organiza eventos presenciais, a maioria em São Paulo, com a temática de negócios sociais.

“Os workshops e outros projetos presenciais que organizamos têm a intenção de ajudar os jovens a aprender sobre negócios sociais e se engajar com o tema de maneira mais profunda, o que é o primeiro passo”, ela explica. “É para as pessoas que já estão iniciadas tema que existe o Fellowship Program, que ajuda a fortalecer uma ideia de negócio que já existe”, complementa. 

Workshop da Yunus & Youth em São Paulo [Yunus&Youth]

Leia também: O que fazem as empresas mais inovadoras da América Latina?

Ao selecionar os fellows, ou seja, os jovens que vão receber o apoio da organização, a Y&Y busca pessoas que já estão com algum projeto de negócio social operando há alguns anos, porém ainda em estágio de vulnerabilidade, em que ainda é necessário um apoio externo. “Normalmente temos pessoas que estão trabalhando em suas cidades ao redor de todo o mundo e fazendo um trabalho incrível, mas não recebem muito apoio, não encontram muitas pessoas que acreditam na sua visão. Então o que fazemos aqui é ajudá-los a aprender algumas habilidades de negócios cruciais, como marketing, finanças e operações, levando o negócio para uma fase mais estável de sobrevivência”, continua Bozhanka. “Fazemos isso proporcionando a esses empreendedores acesso a uma rede de suporte internacional, que conta com mentores de diversas áreas”, conclui.

Na última turma do programa, foram selecionados 17 fellows de dez países diferentes. Destes, seis eram brasileiros. Para 2015, este número crescerá para 25 jovens empreendedores. “Ao proporcionar todo o conhecimento, toda a experiência, e conectá-los com uma rede de pessoas incríveis, também mostramos para esses jovens que eles são capazes de encontrar as soluções para os seus próprios negócios”, diz Bozhanka. Ela conta que um dos feedbacks que mais recebeu foi em relação à autoestima dos participantes: “Eles percebem que não estão sozinhos”.

Esta reportagem faz parte da seção Explore, que reúne uma série de conteúdos exclusivos sobre carreira em negócios. Nela, explicamos como funciona, como é na prática e como entrar em diversas indústrias e funções. Nosso objetivo é te dar algumas coordenadas para você ter uma ideia mais real do que vai encontrar no dia a dia de trabalho em diferentes setores e áreas de atuação.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo