Um Projeto: Fundação Estudar
Homens de camisa social socializam em sala

Confira seis dicas para otimizar o networking em eventos

Por Rafael Carvalho

Os eventos de networking são ótimas oportunidades para conhecer pessoas interessantes, futuros parceiros de negócios e manter um relacionamento com o mercado

É cada vez mais comum a realização de eventos com foco na ampliação de networking pessoal. São meet-ups, happy hours e encontros que fazem bastante sucesso por facilitar o contato presencial com um grande número de pessoas de uma mesma área de atuação.

É possível fazer muitos contatos em apenas um evento. Por isso mesmo, são uma ótima oportunidade para conhecer pessoas interessantes, futuros parceiros de negócios e manter um relacionamento com o mercado. Quer saber como otimizar sua participação nesse tipo de evento? Confira algumas dicas para fazer bonito:

1. Defina um objetivo: quem você quer conhecer?

A primeira dica para otimizar sua participação em eventos de networking é muito simples: Saiba o que vai fazer lá! É comum nesse tipo de evento ficar conversando qualquer coisa com pessoas aleatórias, simplesmente por não saber o que falar e com quem. Sempre é proveitoso, mas ter um objetivo claro em mente é melhor.

O ideal é focar em conhecer as pessoas que tenham algo a ver com seu negócio ou carreira, para depois abrir o leque de conversação. Por exemplo, se você já tem uma empresa operando e quer trocar experiências com donos de negócios na web, não gaste 1h conversando com responsáveis por incubadoras de negócios logo no começo do evento. Deixe para abrir o leque depois de realizar alguns contatos dentro do que está buscando.

Leia também: Veja sete hábitos de pessoas altamente produtivas

2. Cartão de visita: o básico

Por incrível que pareça, muitas pessoas não levam cartão de visita para um evento de networking. A não ser que não faça questão de ampliar seus contatos (nesse caso nem precisaria ir ao evento), esteja preparado. Se não tem cartão, essa é a hora. Faça um especial para o evento.
Outro erro comum é levar poucos cartões e ter que falar a famosa frase “Meus cartões acabaram”. Se você chegar cedo, pode falar com mais de 50 pessoas em uma noite! Por tanto não tenha medo de carregar volume no bolso.

Outro detalhe importante é: Cartão de Visita não é panfleto. Se você quer apenas passar distribuindo material, não é a melhor situação. O objetivo é fazer contato e não trocar papel. O cartão serve apenas como um lembrete da conversa que iniciou com a pessoa. Outra dica é utilizar o próprio cartão da pessoa para anotar algo e lembrar do que falaram. Anotar no celular também ajuda.

3. Circulação no salão: mova-se!

A não ser que você seja uma pessoa super procurada, uma celebridade, procure manter certa mobilidade no salão do evento. Ficar parado, sentado em uma mesa, aguardando a chegada das pessoas, pode atrapalhar (e muito). O básico é: Se não está conversando com ninguém algo está errado, movimente-se e encontre seu novo contato.

Leia também: Seis lições inspiradoras de Jorge Paulo Lemann

4. Vencendo a timidez: dê o primeiro passo

Se você é tímido, essa é uma ótima oportunidade para desbloquear seu potencial de comunicação. Nesse tipo de evento, todos estão ansiosos para iniciar uma conversa e conhecer pessoas novas, portanto, você sempre será bem recebido ao se apresentar. Iniciar o contato é mais simples do que pensa. Aproxime-se e comece… “Oi, tudo bom? Eu sou o Tiago, qual seu nome?”, “O que sua empresa faz?”. Pronto, conversa iniciada!

5. Na medida: tenha em mente o que deseja saber e o que precisa falar

É comum perder o foco em uma conversa presencial. Muitas pessoas pensam que para gerar empatia é necessário conversar sobre futebol ou o clima. Lembre-se, eventos com foco em networking são diferenciados. As pessoas estarão lá para fazer contatos e falar de negócios. Portanto não fique preocupado em deixar o “papo leve”, deixe fluir, sempre lembrando que o tempo é limitado.

6. Pós evento: ative seus contatos

“Ativar o contato” quer dizer falar com a pessoa novamente após o evento. Durante o evento, você estará em contato com muitas pessoas em pouco tempo, podendo não se lembrar de algumas. É comum no dia seguinte ao evento você ter o cartão de alguém que não se lembra quem é. O mesmo vale para seus contatos, nem todos possuem grande memória. Não adianta se apresentar, conhecer novas pessoas e trocar cartão sem que depois seja aberto um diálogo fora do evento. Separe os contatos que você acha interessante e envie um e-mail ou adicione em alguma rede social. Não foque em quantidade e sim em relevância. Apenas um bom contato feito no evento e ativado posteriormente pode ajudar muito seu negócio e carreira.

Leia também: Confira as histórias de sete grandes empreendedores brasileiros

Tiago Asevedo é idealizador e apresentador do Circuito Startup, série de eventos pelo Brasil que estimulam o empreendedorismo de alto impacto, integrando pessoas, empresas e localidades.

Este artigo foi originalmente publicado em Endeavor 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo