Um Projeto: Fundação Estudar
homem segurando curriculo

Como escrever uma carta de apresentação para conseguir um emprego

Por Tradução do LinkedIn

Com cada vez mais frequência, empregadores exigem uma carta motivacional para acompanhar o currículo; saiba o que ela precisa conter

Um dos recrutadores mais famosos da Europa, James Caan tem décadas de experiências lendo currículos e entrevistando candidatos.

Em um post recente no LinkedIn, ele escreveu sobre um dos aspectos mais estressantes na busca por emprego: a carta de apresentação.

Embora nem todas as empresas e processos seletivos exijam esse papel, ele tem se tornado cada vez mais comum – e mais um jeito de se destacar na multidão, se você souber o que fazer.

Confira a tradução feita pelo Na Prática abaixo:

A carta de apresentação

Primeiro, se você estiver pensando se vale a pena escrever uma carta de apresentação porque empregadores automaticamente ignoram qualquer coisa que leve mais de dois minutos para ler, está errado – e é provavelmente por isso que não conseguiu aquela entrevista que tanto queria.

Seu currículo é cheio de fatos, detalha com clareza sua experiência e como você agregaria valor ao papel.

Sua carta de apresentação, por outro lado, é onde você adiciona cor à experiência. É onde pode exibir sua personalidade e mostrar ao empregador que é mais que um punhado de notas e experiência de trabalho.

Como seu currículo, uma carta de apresentação precisa adereçar de maneira muito específica a descrição do trabalho para qual você está se candidatando. Ajuda ter uma cópia dessa descrição e destacar os critérios-chave para o empregador.

No entanto, enquanto seu currículo precisa ser conciso e pontual, a carta de apresentação é sua oportunidade para incluir todas as coisas que você gostaria de ter em seu currículo, aquele conteúdo que você relutantemente deletou para garantir que não estava muito longo.

Aqui está um exemplo do que incluir:

Quem, o que, por que

Abra a carta explicando de maneira clara quem você é, o que faz e por que está se candidatando para aquela vaga. Se você fosse o João, de vendas, aplicando para um papel de gerente de contas, poderia escrever:

“Como um contador sênior bem estabelecido com mais de 10 anos de experiência no setor financeiro, acredito que possuo a expertise, o conhecimento de mercado, a paixão e a agilidade para ser um excelente gerente de contas em sua organização.”

O que você conquistou e por que você é adequado

Em seguida, é hora de adicionar cor à experiência. Esse é o corpo de sua carta. Precisa ser um conteúdo cativante e direto – você realmente precisa se vender. Não tenha vergonha de deixar o leitor saber em que você se distingue, quais são suas conquistas pessoais e no que você é realmente bom.

Os critérios destacados na descrição da vaga vão comandar a estrutura aqui. É importante conectar sua experiência com o que o empregador está buscando.

Por exemplo, se eu quisesse que o gerente de contas administrasse uma pequena equipe de três pessoas, João poderia incluir algo como:

“Um dos principais objetivos em minha função atual é mentorar colegas e garantir que, como seu gerente, compreendo como posso apoiá-los e garantir que seus níveis d produtividade estejam sempre melhorando. Para fazer isso, peço relatórios em slides semanalmente, organizo reuniões frequentes para conversar e tenho uma política de portas abertas para que se sintam confortáveis me pedindo conselhos a qualquer momento.”

Ao ler isso, sei instantaneamente que o candidato tem a experiência de gerência exigida, então ele já está me impressionando.

O futuro

Faz sentido terminar sua carta de apresentação com ambições sobre o futuro. Aqui, eu reiteraria por que esse papel em particular lhe entusiasma e por que você merece uma entrevista.

Deixe que saibam que você está ansiosamente esperando para saber mais sobre a oportunidade e deixe seus contatos.

Uma vez que tenha enviado a carta de apresentação, é sempre bom fazer um follow up com uma ligação, uma semana depois.

Boa sorte!

Artigo originalmente publicado no LinkedIn.

Inscreva-se no curso por e-mail: O que ninguém te diz na hora de fazer um currículo excelente

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo