Um Projeto: Fundação Estudar
Adam Steltzner

Como descobrir seu propósito, segundo um dos principais engenheiros da NASA

Por Redação, do Na Prática

De estudante mediano à líder de uma missão que pousou um veículo em Marte, Adam Steltzner explica como um curso informal mudou tudo; “A curiosidade mudou minha vida”, fala

Imagine conseguir uma vaga na NASA, a concorrida agência espacial americana. Agora imagine que, uma vez lá dentro, tudo fica muito mais difícil, porque seu trabalho é enviar coisas que custam entre milhões e bilhões de dólares para o espaço.

Esse é o cotidiano do engenheiro Adam Steltzner, americano que já participou de missões para Saturno, Júpiter e Marte (quando liderou a parte de entrada, descida e pouso do Curiosity, um veículo de US$ 2,5 bilhões).

O diferencial de sua trajetória é que, ao contrário de muitos colegas, ele foi um aluno mediano na escola e não se interessava por ciências desde cedo. Como encontrou seu propósito e se tornou uma das estrelas do time?

Inscreva-se no curso por e-mail: 5 reflexões essenciais antes de decidir sua carreira

“A curiosidade salvou minha vida”, disse ele em uma entrevista ao podcast Accidental Creative. Foi numa noite qualquer, quando voltava de um show e percebeu que as estrelas tinham mudado de lugar no céu, que decidiu se inscrever em um curso de astronomia numa faculdade próxima.

Este curso de astronomia exigia um pré-requisito: um curso de física, mas daqueles que não envolvem matemática. Achando que seria fácil, Steltzner aceitou – e se apaixonou pela física.

“Fui totalmente consumido por uma vontade de entender o universo e aplicar esse conhecimento de maneira prática”, explicou ele, que escreveu recentemente o livro The Right Kind of Crazy, em que traz suas lições sobre liderança, inovação e trabalho em equipe.

Depois de encontrar sua paixão, Steltzner se dedicou com firmeza a aprendê-la e começou sua carreira de sucesso, que culminou quando o Curiosity pousou usando uma nova técnica sua, apelidada de “guindaste do céu“.

Busca pelo propósito

Aos jovens de 20 e poucos anos que se sentem perdidos em relação à carreira, como ele mesmo fora até tropeçar na física sem querer, Steltzner pede calma.

“Se você está pensando nisso ou se sentindo estagnado nessa idade, olhe para dentro e veja de onde vem sua alegria, o que acende sua curiosidade – e siga isso.”

A chave para uma carreira de sucesso, continua, é seguir sua paixão e não ter medo. “O medo nos tranca frequentemente. Foi confrontando-o que consegui fazer escolhas ousadas.”

Leia também: ‘Ao fazer o que te interessa, você naturalmente faz bem’: veja nossa entrevista com o astronauta-chefe da NASA

 

Dica do Na Prática:

Ainda não sabe qual rumo dar para a sua carreira? Não deixe de conhecer bem de perto o mercado de trabalho antes de tomar qualquer decisão, pois um erro nesta etapa pode gerar grandes frustrações, te levando até caminhos que não fazem sentido para você. Mas fique tranquilo, foi pensando neste desafio que a Fundação Estudar criou o Carreira Na Prática, um curso no qual você irá visitar empresas, entender a rotina de trabalho e tirar dúvidas com profissionais para tomar decisões mais embasadas. Inscreva-se até este Domingo, 29/05, com 20% de desconto usando o cupom MINHACARREIRA. Clique aqui para saber mais!

 

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo