Cinco e-books gratuitos para inovar no setor educacional

Veja obras em português que apresentam reflexões sobre como atuar de forma mais inovadora na área de educação

Redação, do , em 20.04.2015
Homem estudando anota em papeis [SMBC]

A tecnologia sozinha não faz nada. Quando o assunto é educação, provavelmente você já deve ter ouvido essa frase. Do que adiantam projeções, computadores, tablets e smartphones se a didática permanece a mesma?

Para explorar estratégias que promovem um uso eficiente da tecnologia na educação, o portal Porvir separou uma lista de e-books gratuitos que apresentam diferentes alternativas para quem trabalha no setor educacional.

De acordo com a pesquisa TIC Kids Online 2013, realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (CETIC.br), 77% das crianças e dos adolescentes brasileiros, com idades entre 9 e 17 anos, são usuários da internet. Entre os principais dispositivos utilizados por eles, estão o computador, notebook, celular, tablet e videogame. Trabalhando com esses recursos, os professores podem criar processos de aprendizagem mais colaborativos e alinhados com os interesses dos alunos.

Entre as publicações selecionadas, existem e-books que discutem a necessidade de inovar as práticas, o uso das tecnologias da informação e comunicação na educação, as aplicações da gamificação como um recurso motivacional e a integração das redes socais na rotina escolar. Todos os conteúdos estão disponíveis em português.

Confira as dicas:

1. Por que os educadores precisam ir além do data show – e como fazer isso

Desenvolvido pela Geekie, startup de tecnologia na educação, o e-book discute caminhos possíveis para promover integração da tecnologia no ensino. A publicação traça um panorama da educação atual e aponta a necessidade de inovar as práticas, colocando o aluno no centro do conhecimento. Entre outros tópicos, ele menciona possiblidades com o uso da tecnologia nas escolas e indica cursos para os professores se capacitarem. O e-book é um dos materiais que podem ser encontrados no InfoGeekie, novo portal interativo da empresa, que reúne materiais interativos, vídeos e notícias.

2. Gamificação na educação

Com o objetivo de reunir conceitos, questionamentos e aplicações sobre a gamificação (ou gamification) na educação, o e-book traz dez seções que foram escritas por diferentes especialistas na área. Publicado pela editora Pimenta Cultural, especializada na publicação de obras científicas que compartilham conteúdos livres, o material trata de temas como o recurso motivacional da gamificação, interface com ambientes de aprendizagem e os benefícios dessa estratégia no ensino a distância.

3. Tecnologias na escola – Como explorar o potencial das tecnologias de informação e comunicação na aprendizagem

Navegação, vídeo, som, blogs, redes sociais, jogos e simulações. Essas são algumas das possiblidades apresentadas na publicação, que pretende colaborar com educadores que desejam transformar as suas práticas. Com vários textos curtos, são apresentadas possiblidades de desenvolver atividades com os alunos que incorporam as tecnologias da informação e comunicação no processo de aprendizagem. O material é uma iniciativa do Instituto Claro e o Fronteiras do Pensamento.

4. Recriando a Educação – Transformando sistemas educacionais

O material apresenta reflexões e experiências sobre os processos de inovação e transformação. Versão em português do livro Redesign Education, elaborado pelo GELP (Global Education Leaders’ Program), que reúne equipes de líderes mundiais de sistemas educacionais, ele foi lançado em português com a parceria da Fundação Telefônica Vivo. Entre os tópicos apresentados, está transformação da educação, a construção de um novo ecossistema de aprendizagem e escalabilidade.

5. Educação e tecnologia: parcerias 3.0

Com doze capítulos, o e-book apresenta pesquisas sobre educação e tecnologia conduzidas em instituições públicas e privadas de todo o país. Organizado pela Universidade Estácio, o material apresenta diversos temas como uso de Recursos Educacionais Abertos, didática na sala de aula virtual, redes de aprendizagem online e a utilização do computador por alunos e professores.

Este artigo foi originalmente publicado em Porvir