Um Projeto: Fundação Estudar
Mulher paga conta em restaurante, café sob a mesa

As possibilidades de carreira para quem sonha em trabalhar no varejo

Por Tiago Mittraud

Mercado contrata profissionais dos mais variados perfis, com o desafio de fazer o negócio crescer em vendas e abrir novas lojas

Para abrir novas lojas e continuar a crescer em vendas, o setor precisa cada vez mais de profissionais capacitados à frente das empresas. Jovens interessados em trabalhar no varejo encontram oportunidades de carreira dos mais variados perfis. O mercado costuma dar preferência a quem tem formação em administração de empresas, economia, engenharia ou marketing. Ter pós-graduação ou MBA em varejo ou gestão de negócios é outro atributo cada vez mais desejável para cargos de gerência.

Conheça as principais carreiras para quem quer trabalhar no varejo:

Comercial ou vendas: é o coração da atividade. Profissional faz os pedidos para a indústria; ajuda a definir quanto cada loja deve vender e trabalha para cumprir a meta; escolhe o que entra e o que sai do portfólio de produtos; e treina a equipe para vender mais e melhor.

Operações ou logística: sua responsabilidade é não deixar faltar ou sobrar produtos nas lojas. Para isso, funciona como elo entre a indústria, que entrega uma grande quantidade de produtos nos centros de distribuição dos varejistas – galpões usados como estoque –, e o abastecimento das prateleiras nas lojas.

Marketing e comunicação: estuda a concorrência e o que o consumidor da empresa deseja encontrar nas lojas; elabora campanhas publicitárias em parceria com agências; é responsável pela qualidade do atendimento nas lojas e responde pelos canais de relacionamento com o cliente, como o atendimento telefônico e via internet; também ajuda na criação de conteúdo e campanhas para engajar consumidores nas redes sociais.

Finanças e relações com investidores: planeja, organiza e controla as atividades financeiras da empresa. Para atingir as metas, define o que é prioridade no curto, médio e longo prazo para cada área da companhia. Empresas de capital aberto (ações negociadas em bolsa) têm área de relações com investidores, responsável por apresentar os resultados da companhia para o mercado e tirar dúvidas. Mais de uma dezena de varejistas brasileiras abriram capital na bolsa na última década.

Recursos humanos: é responsável pela organização dos funcionários da empresa; por definir e implantar políticas de remuneração, assim como de atração e retenção de talentos. Não se trata de um desafio trivial no caso do varejo, um dos setores que mais emprega no Brasil. Só o Grupo Pão de Açúcar tem 160.000 funcionários.

Esta reportagem faz parte da seção Explore, que reúne uma série de conteúdos exclusivos sobre carreira em negócios. Nela, explicamos como funciona, como é na prática e como entrar em diversas indústrias e funções. Nosso objetivo é te dar algumas coordenadas para você ter uma ideia mais real do que vai encontrar no dia a dia de trabalho em diferentes setores e áreas de atuação.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo