Um Projeto: Fundação Estudar
Biblioteca

Veja quais são as melhores faculdades de direito do mundo

Por Rafael Carvalho

O ranking teve como base três principais indicadores: reputação acadêmica, reputação do empregador e o impacto produzido pelas pesquisas publicadas

Todos os anos, os principais rankings internacionais publicam uma lista com as melhores universidades do mundo. No entanto, para algumas disciplinas específicas – como é o caso do Direito – é bom observar que esses rankings já podem vir de forma individualizada. Com isso, os candidatos conseguem identificar com muito mais facilidade quais são as principais escolas em sua área de estudo.

Conheça a Ene Jurídico, nova feira de carreiras do Na Prática voltada para os estudantes de Direito

Seguindo esta tendência, o grupo QS publicou recentemente uma relação com as melhores instituições do mundo para 36 áreas. A análise teve como base três principais indicadores: reputação acadêmica, reputação do empregador e o impacto produzido pelas pesquisas.

As melhores faculdades de direito do mundo estão em universidades norte-americanas e inglesas. Harvard lidera, seguida da Universidade de Cambridge, Universidade de Oxford, Yale e NYU. A surpresa ficou no 8o lugar, com a australiana Universidade de Melbourne. O ranking completo pode ser acessado aqui.

Vale lembrar, no entanto, que o processo de admissão para uma law school é bastante diferenciado, a começar pelo fato de que, no exterior, fazer um curso de Direito significa realizar uma pós graduação.

Veja, a seguir, detalhes das cinco escolas melhor classificadas e entenda por quê elas estão no topo:

Harvard Law School: localizada em Cambridge/MA, a HLS foi fundada em 1817 e é a mais antiga escola de direito dos EUA. Seu portifólio oferece mais de 400 cursos, seminários e grupos de pesquisa. A força da instituição é visível no dia a dia, na qualidade dos professores (são mais de 100 titulares e outros cerca 150 que anualmente visitam a escola) e na internacionalização de seus estudantes, que vem de mais de 70 países. Na última década, aproximadamente ¼ dos ministros da Suprema Corte Norte Americana se formaram na HLS.

Universidade de Cambridge/UK: localizada em Cambridge/UK, a University of Cambridge Faculty of Law conta com 24 professores titulares, seis professores assistentes e mais de 70 professores visitantes vindos do mundo inteiro. A instituição oferece cursos jurídicos que abrangem quase todas as áreas da legislação do Reino Unido, bem como leis de outros países (especialmente europeus). Isso sem falar no direito europeu comunitário, direito internacional público e privado, direito romano, filosofia jurídica e criminologia. Os egressos da Faculty of Law tendem a se tornar figuras proeminentes no cenário acadêmico, no Judiciário, e na advocacia. Dentre seus ex-alunos de destaque estão dois ex-presidentes do Tribunal Internacional de Justiça, dois ex-juízes do Tribunal de Justiça Europeu e vários membros do Supremo Tribunal do Reino Unido.

Oxford University/UK: Com dois cursos no mestrado (Bachelor of Civil Law e Magister Juris), a Oxford Faculty of Law tem alunos de diversos países, o que propicia um enriquecimento social e de opiniões bastante intenso. Na instituição estão alguns dos melhores professores e pesquisadores do mundo.

Yale University: é um ambiente de excelência educacional graças a seus renomados professores, às suas turmas pequenas, às diversas oportunidades durante a prática jurídica e ao vínculo estreito com os vários níveis de governo ao redor do globo. Embora pequena, seu impacto é medido pelo sucesso de seus ex-alunos: Presidentes dos Estados Unidos e juízes da Suprema Corte, docentes em escolas de direito ao redor dos EUA e no mundo, CEOs de indústrias variadas, fundadores de organizações não-governamentais e outras entidades sem fins lucrativos, empresários, funcionários de governos federais, estaduais e municipais do sistema judiciário.

NYU Law School: a NYU Law é uma potência intelectual. Em seu quadro encontram-se 103 professores, 329 cursos, 11 áreas de estudo, mais de 30 centros e 85 organizações estudantis. A instituição teve um papel de liderança na introdução de mudanças que redefiniram a educação jurídica e serviu, muitas vezes, como modelo para outras escolas. Recentemente, a faculdade lançou iniciativas, dentre as quais se destacam: NYU no Exterior; um núcleo de prática jurídica localizado em Washington/DC, um curso de orientação profissional que tem como objetivo tornar os alunos ainda mais competitivos no mercado de trabalho e um programa de liderança financeira.

 

Este artigo foi orinalmente publicado em Estudar Fora, o portal de estudos no exterior da Fundação Estudar

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo