Um Projeto: Fundação Estudar
cidade de sao paulo vista aerea

Quais as melhores cidades brasileiras para se empreender?

Por Rafael Carvalho

Qual a melhor cidade do Brasil para começar um novo negócio? Pesquisa da Endeavor aponta as cidades mais empreendedoras do país!

Sabemos que o ambiente de negócios brasileiro é um dos mais desafiadores do mundo. Mas algumas empresas do país conseguem vencer esse desafio e crescer: as Scale-ups. Elas são menos de 1% do total de empresas brasileiras, mas crescem acima de 20% ao ano por três anos consecutivos e são responsáveis por gerar mais de 40% dos novos empregos da economia. As Scale-ups criam quase 100 vezes mais empregos do que a média das empresas no Brasil.

Incentivar o crescimento das empresas é urgente e, para isso, é imprescindível que tenhamos cidades mais preparadas. O ponto de partida é identificar as principais forças e os desafios de cada cidade para que o gestor público possa agir de forma precisa.

O Índice de Cidades Empreendedoras tem o objetivo de ser a base para que as cidades entendam como oferecer melhores condições para que seus empreendedores possam crescer. São eles que transformarão mercados, cidades e o mundo.

É nas cidades que os empreendedores estão. E é por isso que a Endeavor lançou a segunda edição do Índice de Cidades Empreendedoras: para estimular que municípios sejam cada vez mais férteis para o crescimento das empresas.

Conheça o Imersão Empreendedorismo, veja as datas e participe!

Esta segunda edição do estudo conta com algumas melhorias, como a adição de casos de melhores práticas internacionais que mostram onde as cidades do estudo poderiam se inspirar para vencer seus desafios. Além disso, o número de cidades avaliadas saltou de 14 para 32, em 22 estados. Por isso, nessa edição, o estudo analisou 55 indicadores em sete pilares: Ambiente Regulatório, Acesso a Capital, Mercado, Inovação, Infraestrutura, Capital Humano e Cultura Empreendedora. Veja os destaques das 5 cidades mais bem colocadas:

1. São Paulo: A força da capital econômica do país

O maior mercado do país e a maior oferta de capital para empreendedores estão em São Paulo. A capital paulista concentra mais de 60% de todos os investimentos de capital de risco do país. A superpotência econômica também é a terceira melhor no pilar de Inovação, com a terceira maior proporção de empresas de tecnologia.

Seu maior desafio está em Capital Humano, onde ocupa a 20ª posição de 32 cidades, ficando logo atrás de João Pessoa. Apesar de concentrar boa parte das melhores universidades do país, proporcionalmente a outras cidades, São Paulo não tem tantos alunos em cursos de alta qualidade. Como o número de empresas a procura de bons profissionais na cidade é grande, a mão de obra fica muito cara. O salário de um dirigente em São Paulo é de R$ 9.432, em média, cerca do dobro da média das 32 cidades pesquisadas.

2. Florianópolis: A ilha empreendedora

A capital catarinense é a cidade com o melhor capital humano do país. Contratar profissionais com boa formação e com salários até um pouco abaixo da média nacional é algo mais simples na cidade – 60% dos alunos formandos da cidade estão matriculados em cursos de alta qualidade pelo MEC, a mais alta taxa do estudo. A cidade também é líder em inovação, com a maior proporção de mestres e doutores do estudo.

O desafio da ilha está justamente no fato da cidade ser pequena. Mesmo crescendo, o mercado interno de Florianópolis é pequeno: a cidade tem o 27º maior PIB de 32 analisados. Principalmente na cidade o recado que vale para todo o país é urgente: os empreendedores precisam buscar o mercado externo. Em Florianóplis apenas 0,35% das empresas exportam.

3. Vitória: Equilíbrio dá resultado

Vitória não é líder em nenhum dos pilares do estudo, mas tem resultados expressivos em todos eles. A cidade é vice-líder em Capital Humano graças, por exemplo, a larga oferta de Ensino Profissionalizante na cidade: 3,7% da população com mais de 15 anos está matriculada nesses cursos, mais que o dobro da média do estudo, de 1,8%.

Apesar disso, a cidade precisa incrementar seus investimentos em inovação, já que foram poucos investimentos de organizações como BNDES e Finep e a cidade não tem, por exemplo, nenhum parque tecnológico.

4. Recife: A melhor do Nordeste está avançando

A melhor representante do Nordeste apresentou grandes avanços em alguns de seus indicadores. A cidade, 6ª colocada em Capital Humano, tem a maior proporção de inscritos no Ensino Técnico (5,5% da população acima de 15 anos). A cidade também tem impostos mais baixos e processos burocráticos menos complexos do que a média do estudo, dando a cidade a 7ª posição em Ambiente Regulatório.

O Recife, no entanto, ainda precisa melhorar a imagem que sua população tem a respeito do empreendedorismo. Um em cada quatro recifenses acredita que empreendedores exploram seus funcionários, a 3ª maior taxa do estudo.

5. Campinas: Números de capital em pleno interior

Por estar localizada no interior do estado de São Paulo, Campinas consegue ter a 4ª melhor Infraestrutura pesquisada. Com o maior centro de carga aérea do país e o 5º maior em passageiros, Viracopos tem potencial para ser o maior aeroporto da América Latina em carga. A cidade também é 4ª em inovação, com a segunda melhor média de investimentos da FINEP e do BNDES por empresa.

O principal desafio da cidade está no seu Ambiente Regulatório, já que a carga de ICMS estadual é um dos mais altos.

Todas as cidades ainda precisam avançar nos mais diversos indicadores. A Endeavor espera conseguir ajudar essas cidades a chegarem lá!

Para saber mais sobre esses resultados e conferir resultados das outras 27 cidades, faça download do relatório da pesquisa aqui.

 

Este artigo foi originalmente publicado em Endeavor

 

Dica do Na Prática:

Ainda não sabe qual rumo dar para a sua carreira? Não deixe de conhecer bem de perto o mercado de trabalho antes de tomar qualquer decisão, pois um erro nesta etapa pode gerar grandes frustrações, te levando até caminhos que não fazem sentido para você. Mas fique tranquilo, foi pensando neste desafio que a Fundação Estudar criou o Carreira Na Prática, um curso no qual você irá visitar empresas, entender a rotina de trabalho e tirar dúvidas com profissionais para tomar decisões mais embasadas. Inscreva-se até este Domingo, 29/05, com 20% de desconto usando o cupom MINHACARREIRA. Clique aqui para saber mais!

 

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo