Fundação Estudar - Na prática - Desenvolvimento pessoal e profissional de jovens

Publicidade e propaganda: saiba tudo sobre a esta carreira!

Em uma estreita relação com o segmento de Negócios, quem segue a carreira de Publicidade e Propaganda se ocupa da divulgação de produtos ou serviços por meio de estratégias específicas. Os publicitários costumam trabalhar em agências, mas também podem atuar em meios de comunicação, políticos etc. Neste post, falaremos sobre a rotina dos profissionais, por quais caminhos podem enveredar, quais os cursos mais renomados etc.

Acesse o curso gratuito Decisão de Carreira Na Prática e descubra se esta é a carreira correta para você

Afinal, o que faz um publicitário?

Pesquisa de mercado e criação de campanhas são as principais atribuições de quem trabalha com Publicidade e Propaganda (ou PP). O objeto central de um publicitário é, portanto, um produto ou serviço que precisa ser divulgado, ou até mesmo uma ideia que deve ser disseminada entre determinado público. 

O profissional desta área precisa dominar as estratégias para uma efetiva divulgação, seja qual for o meio em que isso ocorra (anúncio na mídia impressa, audiovisual, online etc). O publicitário também precisa oferecer um cabedal de especialidades que envolvam criatividade, dinamismo, métricas de resultado e um eficiente atendimento ao cliente. Normalmente, os trabalhos ocorrem em equipe, sendo que cada integrante do time atua em uma frente diferente do negócio. A seguir, vamos explicar melhor o que um publicitário pode fazer.

Principais áreas de atuação

O departamento de Criação é um dos mais conhecidos nesta carreira – tanto é verdade que ser criativo é praticamente um sinônimo de ser publicitário. Na área em que atuam designers, redatores e diretores de arte, o objetivo é criar, efetivamente, as campanhas, do ponto de vista textual e visual. Sabe aquela frase genial de um banner, ou aquele jingle que não sai da cabeça e que é associado imediatamente a determinada marca? Foi criado neste departamento!

Entretanto, um segmento fundamental para o sucesso de uma peça publicitária é o Atendimento, cujos profissionais são responsáveis por intermediar as conversas entre o cliente e a agência, garantindo que o cronograma estipulado seja cumprido, que o briefing seja seguido etc. Há, ainda, a área de Planejamento, que cuida de toda a estratégia da campanha (da definição de público-alvo à maneira certa de atingi-lo), entre outros ramos dentro da Publicidade e Propaganda. Há alguns anos também tem sido indispensável nas agências a figura do Social Media, que gerencia as divulgações das marcas nos canais digitais. 

Como é o curso?

Assim como Relações Públicas e Jornalismo, o curso de Publicidade e Propaganda é entendido como uma habilitação da Comunicação Social. Nesse sentido, os alunos da graduação (que é do tipo Bacharelado) em PP têm contato, ao longo dos quatro anos (ou oito semestres) de estudo, com disciplinas gerais da área (como Teoria da Comunicação, Técnicas de Redação etc) e, também, com matérias mais específicas da rotina profissional de publicitários. A faculdade também aborda fundamentos do Marketing e noções de Administração e Economia.

Melhores faculdades de Publicidade e Propaganda do Brasil

Um dos levantamentos mais conhecidos para mapear a qualidade do ensino superior conforme as áreas de atuação é o Ranking Universitário Folha (RUF), elaborado pela Folha de S. Paulo. A lista, no entanto, não traz um recorte específico para Publicidade e Propaganda, mas classifica os melhores cursos de Comunicação. As universidades públicas ocupam o topo do ranking de 2019. Baseado nesta pesquisa, o Na Prática reuniu informações sobre os cursos de PP nas instituições com melhor classificação (com exceção da UFSC, que está no top 3, mas não oferece este curso específico em sua grade).

# Curso de Publicidade e Propaganda da UFRGS

Na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a Publicidade faz parte da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. O curso da instituição gaúcha tem como objetivo formar profissionais para atuarem no campo da comunicação estratégica e persuasiva, seja de interesse público ou privado. A estrutura curricular envolve experiências em laboratórios, estúdios de produção, agência experimental, grupos de pesquisa e projetos de extensão.

# Graduação em PP na UFMG

A ideia do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Federal de Minas Gerais é oferecer aos alunos a capacidade de criação, produção, distribuição, recepção e análise crítica referentes às mídias e suas práticas profissionais e sociais. Nos períodos iniciais, o estudante tem contato com disciplinas introdutórias e, a partir do terceiro período, além das disciplinas de seu percurso, pode transitar pelas de outros cursos da área de Comunicação Social – Jornalismo e Relações Públicas -, além de matérias de outras áreas de conhecimento. 

# Bacharelado em Publicidade e Propaganda na USP

O curso de Publicidade e Propaganda da USP faz parte da Escola de Comunicações e Artes da instituição. Segundo a descrição da USP, a graduação foi pioneira na criação de um projeto pedagógico a partir de diretrizes humanistas e interdisciplinares em São Paulo e serviram de parâmetro para a maioria dos cursos de PP pelo país. As matérias não são atreladas somente à experiência e mercado, mas também à pesquisa acadêmica e reflexões sobre as políticas nacionais em Publicidade.

Quanto ganha uma pessoa formada em Publicidade e Propaganda?

 

Busca cursos gratuitos de aperfeiçoamento profissional?

Então se liga nessa curadoria que a Fundação Estudar fez para você! Com aulas 100% online
e a participação de grandes nomes do mercado de trabalho, esses materiais vão te ajudar
desde a entrevista até os desafios que aparecerão na sua carreira!

Clique para garantir seu acesso gratuito!

 

Assim como em outras carreiras, o piso de uma categoria (que é o valor mínimo que um profissional de determinado segmento pode receber mensalmente) é determinado por sindicatos profissionais e varia conforme a área de atuação, segmento, porte da empresa etc. No caso de São Paulo, por exemplo, a convenção coletiva de 2022 estabelece como remuneração mínima na capital paulista o montante de R$ 1.773,00 para agências com até 40 empregados e de R$ 1.900,00 para empresas com quadro de funcionários acima de 40 pessoas. Já segundo informações de sites de empregos e divulgação de salários, a remuneração média nacional de um publicitário gira em torno de R$ 2.700 para cargos plenos e acima de R$ 4 mil para profissionais sêniores. 

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

MAIS DO AUTOR

EM DESTAQUE

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!