Um Projeto: Fundação Estudar
Legisla Brasil

Pensa em carreira na política ou no governo? Organização seleciona talentos para trabalhar no legislativo

Por Suria Barbosa

Legisla Brasil está com inscrições abertas para processo seletivo de estagiários e assessores. Selecionados atuam no âmbito legislativo e participam de formação. Não há restrições de curso; inscreva-se até 9 de setembro!

A Legisla Brasil é uma organização suprapartidária, sem fins lucrativos, que busca facilitar o acesso de jovens à política a fim de, não só potencializar a entrada de quem busca ingressar no ramo, como oxigenar e qualificar a política brasileira com novos profissionais.  

Com objetivo de selecionar e desenvolver uma turma de pessoas engajadas, a Legisla Brasil está com seu processo seletivo aberto para o Programa de Talentos 2020. As inscrições podem ser realizadas até dia 9 de setembro, pelo formulário online. Aqui você encontra mais informações sobre a iniciativa. 

São duas oportunidades diferentes (e remuneradas):

Cursos da Fundação Estudar
  • Estágio: para trabalhar com parlamentares que se encontram na Região Metropolitana de São Paulo e
  • Assessoria parlamentar: para trabalhar com parlamentares que podem estar em qualquer casa legislativa do país.

Leia também: Como este movimento criado por jovens brasileiros pretende renovar a política no Brasil

Além da possibilidade de incrementar sua rede de contatos e dos aprendizados diários, em ambos os programas há um processo de desenvolvimento que inclui palestras, workshops, webinars, dentre outro formatos, e têm três focos principais: embasamento teórico/prático sobre o poder Legislativ, habilidades técnicas e instrumentais e habilidades interpessoais.

Clarissa Leão, assessora jurídica pelo programa da Legisla Brasil, considera que a formação foi muito enriquecedora. “Os professores foram excelentes e deram um panorama dos desafios que podíamos enfrentar ao mesmo tempo em que nos deram ferramentas e dicas para fazê-lo”, diz.

“Ao mesmo tempo, conhecer os selecionados foi uma experiência à parte: todos jovens inspiradores que me fizeram pensar em não desistir e seguir construindo esse Brasil melhor para todos que eu tanto acredito.”

No governo, considera que um grande aprendizado que teve é o de que “trabalhar em rede torna os desafios menores”.  “Um professor disse na formação e eu levo comigo como uma grande verdade: trabalhe com alguém que você confia e é capaz de defender – creio que se aplica para todo o tipo de trabalho, mas é especialmente verdadeiro para o legislativo.”

Perfil e elegibilidade

Para o programa de estágio da Legisla Brasil, a organização caracteriza o perfil como transformador, com propósito de mudar processos políticos do país, flexíveis e com foco na resolução de problemas, agentes de mudanças e, por fim, com determinação e resiliência para lidar com contextos rígidos.

Universitários de todos os cursos são aceitos, contanto que tenham formação prevista a partir de dezembro de 2020 e disponibilidade para morar em São Paulo ou na Região Metropolitana de São Paulo.

Entre os assessores, o perfil buscado é o mesmo de que os estagiários, com acréscimo de uma orientação por resultados e disposição para assumir riscos. Como requisitos: conclusão do ensino superior ou mestrado entre dezembro de 2015 e dezembro de 2019 e possibilidade de mobilidade regional.

Processo seletivo Legisla Brasil

A seleção se dá em algumas etapas. Primeiro, as inscrições online, que podem ser realizadas até 9 de setembro e incluem cadastro, informações socioeconômicas, sobre carreira e motivação, além do upload de um vídeo e currículo e preenchimento de testes.

Na segunda fase, os jovens passam por uma entrevista de competências online. No processo para assessor, os participantes contam com uma entrevista de caso. Por fim, os selecionados – para ambas as seleções – serão entrevistados por um legislador – etapa condicionada à demanda por vagas. Confira mais informações sobre os programas e processo seletivo da Legisla Brasil aqui

Clarissa destaca que é importante estudar e estar conectado consigo mesmo para a entrevista por competências. “[Também] não deixar a ansiedade dominar”, acrescenta, “a equipe é muito boa e preparada e está realmente querendo nos ouvir e nos conhecer melhor.”

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo