Um Projeto: Fundação Estudar
plataforma Viva Volutário

Plataforma conecta interessados em trabalho voluntário com organizações

Por Suria Barbosa

Você sabia que experiências de trabalho voluntário podem ajudar a conseguir um emprego? Esta é a opinião de Marcelo Nonohay, especialista em voluntariado corporativo e diretor da MGN, consultoria focada na gestão de projetos de transformação social. Essas atividades, para ele, são diferenciais fortes.

“Quem é voluntário demonstra ser uma pessoa com capacidade de organização, que tem compromisso social, que sabe lidar com diversos públicos, entre outras características muito valiosas para o ambiente profissional.”

De fato, existem diversos benefícios do voluntariado para a carreira e, inegavelmente, para o país, tanto que este é um esforço, inclusive, do setor público.

De uma iniciativa do governo federal em Parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), surgiu a plataforma Viva Voluntário. O site é parte do Programa Nacional de Voluntariado “Viva Voluntário”, que tem três objetivos principais:

  • incentivar o desenvolvimento da cultura do voluntariado;
  • fomentar a participação ativa da sociedade na implementação da Agenda 2030 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS e
  • fortalecer o terceiro setor.

Leia também: 5 coisas que você precisa saber antes de trabalhar como voluntário

Como funciona a plataforma Viva Voluntário

Principal ferramenta do projeto, a Viva Voluntário conecta organizações privadas, do setor público e do terceiro setor com pessoas interessadas em trabalhar em iniciativas voluntárias pontuais ou contínuas.

A plataforma funciona em formato de rede social e indica como cada atividade proposta contribui para os ODS e para a Agenda 2030, das Nações Unidas. É possível doar materiais, tempo ou conhecimento para atividades presenciais ou virtuais.

Para se inscrever nos trabalhos publicados pelas organizações, basta se inscrever gratuitamente no site. Também é possível realizar cadastro como instituição e, assim, divulgar atividades que necessitem de voluntários.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo