Prêmio dará 100 mil euros para projetos sociais inovadores da indústria têxtil

Podem participar jovens de 18 a 24 anos do mundo todo, e que tenham desenvolvido inovações para criar e mapear uma indústria da moda mais justa

Rafael Carvalho, do , em 21.10.2015
cabides com roupa [PublicDomain]

Projetos inovadores sociais e sustentáveis da indústria têxtil podem concorrer a prêmio de até 100 mil euros no desafio on-line Tecendo a mudança: inovações para uma indústria têxtil sustentável, aberto a participantes do mundo todo. O concurso é uma parceria entre a C&A Foundation e a Ashoka, organização mundial de patrocínio à inovação social.

Podem participar jovens de 18 a 24 anos com inovações para criar e mapear uma indústria da moda mais justa. As inscrições vão até o dia 18 de novembro e são realizadas pelo site da Ashoka.

“O desafio convoca diversos atores a propor soluções para promovermos uma mudança sistêmica e construirmos um setor têxtil mais sustentável”, explica a diretora executiva do Instituto C&A, Giuliana Ortega. “O Brasil possui muitos talentos em diversas áreas de atuação que devem criar metodologias e técnicas motivadoras. Temos grandes expectativas”, enfatiza.

Assista ao bate-papo do Na Prática com Flávio Rocha, presidente da rede Riachuelo

O primeiro lugar da competição levará 50 mil euros, e o segundo e o terceiro receberão 20 mil cada. Além disso, todos os candidatos que se inscreverem até a próxima quarta-feira e que se enquadrarem no perfil do concurso serão premiados com 1.000 euros cada.

Outro benefício dado aos finalistas também diz respeito à visibilidade para o projeto, já que poderão apresentar suas ideias durante a Conferência Fabric of Change, em 2016, cujo local ainda será anunciado.