Um Projeto: Fundação Estudar
Praça do Relógio da USP, considerada uma das melhores universidades brasileiras em ranking da Times Higher Education

Quais universidades brasileiras estão entre as melhores do mundo?

Por Redação, do Na Prática

Novo ranking da Times Higher Education destaca 21 instituições nacionais. Brasil também ocupa as primeiras posições no ranking latino-americano

De acordo com uma nova avaliação do Times Higher Education (THE), um dos mais prestigiados rankings acadêmicos, há 21 universidades brasileiras entre as 1000 melhores do mundo.

A mais bem colocada entre elas é a Universidade de São Paulo, que ficou entre 251 e 300 melhores (abaixo da posição 200, a classificação é feita em grupos).

Em seguida vieram Universidade Estadual de Campinas (entre as 500 melhores) e Universidade Federal de São Paulo (entre as 600 melhores).

Baixe o ebook: Como Fazer A Diferença Ainda Na Graduação

Entre as cinco melhores do mundo estão University of Oxford, University of Cambridge, California Institute of Technology, Stanford University e Massachusetts Instituto of Technology (MIT).

Já entre as melhores da América Latina, o Brasil se destaca e ocupa as duas primeiras posições com a Unicamp e a USP, respectivamente. UNIFESP, UFRJ e PUC-Rio completam o top 5 brasileiro das instituições mais bem colocadas.

Os rankings da THE levam em contam qualidade de ensino, pesquisas, citações, visão internacional e transferência de conhecimento.

Confira abaixo a lista completa das universidades brasileiras entre as melhores do mundo:

As melhores universidades brasileiras

  • Universidade de São Paulo (entre as 251 e 300 melhores)
  • Universidade Estadual de Campinas (entre 401 e 500)
  • Universidade Federal de São Paulo (entre 501 e 600)
  • Universidade Federal o ABC (entre 601 e 800)
  • Universidade Federal de Itajubá (entre 601 e 800)
  • Universidade Federal de Minas Gerais (entre 601 e 800)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (entre 601 e 800)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (entre 601 e 800)
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (entre 601 e 800)
  • Universidade Estadual de São Paulo (entre 601 e 800)
  • Universidade de Brasília (entre 800 e 1000)
  • Universidade Federal do Ceará (entre 800 e 1000)
  • Universidade Federal de Pelotas (entre 800 e 1000) 
  • Universidade Federal de Pernambuco (entre 800 e 1000)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (entre 800 e 1000)
  • Universidade Federal de Santa Catarina (entre 800 e 1000)
  • Universidade Federal de São Carlos (entre 800 e 1000)
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (entre 800 e 1000)
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (entre 800 e 1000)
  • Universidade Estadual do Rio de Janeiro (entre 800 e 1000)
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa (entre 800 e 1000)

Leia também: Acabou a faculdade. E agora, o que fazer?

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo