Um Projeto: Fundação Estudar
Jim Mckelvey palestrando

Jim McKelvey desmitifica seis ‘verdades de ouro’ do empreendedor

Por Rafael Carvalho

‘Não acredito em invenção, sempre suponho que uma tecnologia já existe', diz o cofundador da startup de pagamentos Square, uma das mais dinâmicas do Vale do Silício

“Inovação e criatividade significa fazer as coisas de modo diferente, o que nem sempre é algo confortável”, explica Jim McKelvey. De personalidade excêntrica e cheio de energia, ele é um dos empreendedores mais respeitados do Vale do Silício além de premiado artista de esculturas em vidro.

Ele está por trás de startups como a Square, de pagamentos mobile, a Launchcode, que ensina programação gratuitamente, e a Mira Digital Publishing, empresa que fez emergir Jack Dorsey, o criador do Twitter.

Onde o Vale do Silício errou Nesta segunda-feira (9/11), em participação no evento HSM Management, que contou com a presença do Na Prática, o empreendedor refletiu sobre como a inovação e a criatividade podem ser orientadas para o mercado. Para isso, ele começou questionando seis crenças da cultura empreendedora que surgiu no Vale do Silício e se espalhou entre diversos empresários no mundo todo ao longo das últimas décadas.

A seguir, veja esses seis mitos mais recorrentes sobre atitudes empreendedoras, e veja por que Jim acha que você deveria ser exatamente o oposto do que o Vale do Silício tradicionalmente prega:  

Mito: O empreendedor deve sempre buscar oportunidades
Verdade: O empreendedor deve sempre buscar resolver problemas

O discurso corrente sobre inovação diz que a função do empreendedor é olhar para o futuro, saber o que vai acontecer e agir em cima disso. Assim, o empreendedor deve ter sempre essa visão de longo prazo e buscar as oportunidades que vão surgir. “Todo mundo acha que devemos começar tendo essa visão do que vai acontecer, mas a verdade é que eu nunca fui bom em adivinhar o futuro”, conta Jim. Enquanto as oportunidades estão no futuro, e por isso mesmo são incertas, Jim enxerga prefere olhar para o presente.

Assim, troca a máxima por outra, mais urgente: resolva problemas. Quando começou a Square, startup que revolucionou serviços financeiros nos EUA, Jim pensava em resolver o problema de um amigo que tinha dificuldade de acesso a crédito. “Eu não estava pensando em algo revolucionário, estava pensando no meu amigo Bob.”

Mito: O empreendedor deve oferecer grandes produtos
Verdade: O empreendedor ter um produto bom o suficiente e melhorar rápido

Pensando que o empreendedor deve estar sempre focado em melhorar, surge a noção de que o produto não deve ser oferecido para o mercado até que esteja perfeito. Só assim, com um ‘grande produto’, será possível fazer uma empresa estourar. Jim, quando foi mostrar o seu produto a Steve Jobs, acabou passando tanto tempo aprimorando o design de seu leitor de cartão para chegar a um ‘grande produto’ que acabou atrapalhando o próprio funcionamento do aparelho. A lição foi aprendida: “Deixe o mundo reagir ao seu produto primeiro, e assim você passará por um ciclo rápido de aprimoração”. No final das contas, empreendeder não é sobre perfeição.

Mito: O empreendedor deve inventar algo
Verdade: O empreendedor deve aproveitar a tecnologia

Para ser um ‘grande produto’, não basta ser só perfeito, deve ser também inovador. Realmente inovador. Inventado, não copiado. “Mas eu não acredito em invenção. Invenção é sempre meu último recurso”, ele explica. “Sempre suponho que a tecnologia que eu preciso já existe”, completa. O conselho de Jim é: aproveite o que já existe. Segundo ele, a tecnologia existente hoje é capaz de ser utilizada de diversas maneiras inusitadas e inovadoras para fazer o que o empreendedor precisa. Somente se você se deparar com algo que realmente não pode ser feito, daí a invenção é o caminho.

Mito: O empreendedor deve trabalhar super rápido
Verdade: O empreendedor deve saber o timing certo

Atualmente, tudo deve ser feito em tempo de internet ou seja, na velocidade de nanossegundos. Qualquer respiro é uma perda de tempo que vai te impedir de chegar com a ‘next big idea’ antes de seus competidores. Pelo menos parece ser esse o clima no agitado e caótico universo do empreendedorismo tecnológico! Para Jim, tudo isso é bobagem. Ele usa o exemplo das redes sociais: a primeira não foi a que estourou. Assim, saber o “quando” e tão importante quanto o “como”. Fazer a coisa certa na hora errada não traz bons resultados.

Mito: O empreendedor deve estudar grandes líderes
Verdade: O empreendedor deve questionar grandes líderes

Quando Jim ouviu de um colega dinamarquês que, em seu país as teorias de Jack Welch não funcionavam, ele se deu conta: mesmo o aprendizado dos maiores líderes está preso a realidade de suas épocas e de suas empresas sem contar o fator sorte, que está por trás de muitas boas decisões. Assim, a mesma fórmula que deu certo para os maiores empresários não vai poder ser replicada para resolver os problemas do seu negócio… Mesmo se forem as lições do ex-CEO da GE, eleito melhor executivo do século. Ouça o que os grandes executivos têm a dizer, mas não hesite em tomar o caminho contrário.  

Mito: O empreendedor deve ser ousado
Verdade: O empreendedor deve ser perseverante

Sabe aquela ideia de que o empreendedor é aquele cara que quem tem algo a mais, algo especial? Alguém ousado, que tem apetite para tomar altos riscos e apostar no que ninguém mais teve coragem? Para Jim, nem todo empreendedor é assim. “Eu já abri seis empresas, e cinco se deram bem”, ele conta. “Por mais vezes que eu tenha acertado, eu sempre volto a essa mesma sensação, que é basicamente medo”. O que importa aqui é continuar em frente, apesar do medo e dos obstáculos. É essa perseverança que determinará o quão longe você vai chegar e não a ousadia do seu primeiro passo.

 

Dica do Na Prática:

Ainda não sabe qual rumo dar para a sua carreira? Não deixe de conhecer bem de perto o mercado de trabalho antes de tomar qualquer decisão, pois um erro nesta etapa pode gerar grandes frustrações, te levando até caminhos que não fazem sentido para você. Mas fique tranquilo, foi pensando neste desafio que a Fundação Estudar criou o Carreira Na Prática, um curso no qual você irá visitar empresas, entender a rotina de trabalho e tirar dúvidas com profissionais para tomar decisões mais embasadas. Inscreva-se até este Domingo, 29/05, com 20% de desconto usando o cupom MINHACARREIRA. Clique aqui para saber mais!

 

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo