O Instituto ProPague promove pela primeira vez o Prêmio ProPague, que tem objetivo de ajudar a expandir o debate e o conhecimento sobre o sistema financeiro, homenageando trabalhos acadêmicos sobre a área.

Para tanto, oferece prêmios em dinheiro (que vão de 2 mil a 15 mil reais) para os autores dos trabalhos, que podem participar individual ou coletivamente. As inscrições estão abertas até 19 de abril deste ano. Realize a sua pelo site do Instituto ProPague.

Categorias do Prêmio ProPague

Participantes podem se inscrever em duas categorias do Prêmio: Estudantes – alunos matriculados em curso de graduação autorizado ou reconhecido pelo MEC e  Profissionais – todos que possuem curso superior completo, ainda que matriculados em cursos de extensão e/ou pós-graduação.

 

 

A primeira edição da iniciativa premiará os melhores trabalhos que tenham foco principalmente na discussão de 6 temáticas. São elas:

  1. Competição no Sistema Bancário;
  2. Oferta de serviços financeiros;
  3. Tecnologia Disruptiva: promessas e desafios;
  4. Cidadania Financeira: a interação do cidadão com o SFN;
  5. Bancarização: conquistas e desafios e
  6. Análise de cases internacionais comparativos.

Também podem ser aceitos outros trabalhos que sejam relacionados ao Sistema Financeiro Nacional (SFN), mediante avaliação da Comissão Julgadora. Os projetos submetidos podem ser inéditos ou não e cada candidato poderá apresentar e/ou ter seu nome vinculado a até dois deles.

Leia também: As inovações que estão por vir no mercado financeiro brasileiro

Premiação

Na categoria Profissionais:

  • 1º lugar: R$ 15.000,00 (quinze mil reais)
  • 2º lugar: R$ 8.000,00 (oito mil reais)
  • 3º lugar: R$ 5.000,00 (cinco mil reais)

Na categoria Estudantes:

  • 1º lugar: R$ 2.000,00 (dois mil reais)

Inscreva-se para o Prêmio ProPague!

 

Os melhores conteúdos para impulsionar seu desenvolvimento pessoal e na carreira.

Junte-se a mais de 1 milhão de jovens!
Casdastro realizado, fique ligado para os conteúdos exclusivos!
Seu cadastro não foi realizado, tente novamente!

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: