Um Projeto: Fundação Estudar
Ambiente de trabalho do Google

EUA querem facilitar contratação de estrangeiros por empresas de tecnologia

Por Rafael Carvalho

Projeto de lei do Senado americano prevê aumento do número de vistos para funcionários dessas empresas de 65 mil para 115 mil por ano

Boa notícia para brasileiros que sonham em trabalhar em startups ou grandes empresas de tecnologia nos Estados Unidos, como Apple, Microsoft, Facebook e Google. Na última terça-feira (13/01), segundo relata a Reuters, senadores norte-americanos (republicanos e democratas) apresentaram um projeto de lei que tornará mais fácil para as empresas de alta tecnologia contratarem especialistas estrangeiros em ciência, tecnologia e engenharia.

Leia também: ‘Somos uma startup bem grande’, diz diretor da Google Brasil

O projeto propõe um aumento do número de vistos para funcionários de empresas de alta tecnologia de 65 mil para 115 mil por ano. Se a demanda por trabalhadores for ainda mais alta da que esses políticos esperam, esse número pode ser elevado para até 195 mil vistos anuais. Entre outras propostas, o projeto também prevê a diminuição das restrições para esse trabalhadores e seus dependentes conseguirem status de residentes permanentes no país.

Esse projeto havia sido apresentado pela primeira vez em 2013, e foi incorporado em um outro projeto de lei de imigração, porém que não chegou a ser analisado pela Câmara dos Deputados.

Leia também: Momento é o melhor da história para engenheiros

 

Dica do Na Prática:

Conhecer de perto as etapas de um processo seletivo e entender como acontece cada uma delas aumenta as suas chances de contratação. Se você ainda não se sente 100% confiante, não se preocupe, a Fundação Estudar reuniu as maiores referências no assunto em um curso online para te ajudar neste desafio. Inscreva-se agora pagando somente R$ 79 com o cupom PROCSEL_20 clicando aqui.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo